12.8.10

A UNIÃO ENTRE OS IRMÃOS






“Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos!”. 
Sl 133.1

Uma casa dividida não prevalece. Ela se desarticula e desmorona (Mt 12.25). A divisão, a inveja e a intriga são sinais de infantilidade e carnalidade (1 Co 3.1-3). Porém, a união entre os irmãos é uma bênção singular. A palavra bom traz a idéia de belo. Uma família unida é um retrato vivo e eloquente do que há de mais belo na terra.

Uma igreja unida pelo amor é a maior demonstração do evangelho no mundo. Somos conhecidos como discípulos de Cristo pelo amor. A união do povo de Deus reflete a glória de Deus e atrai a simpatia das pessoas. Onde reina o amor, Deus habita. Onde Deus habita há união. Onde há união entre os irmãos o ambiente torna-se aconchegante, agradável e acolhedor.

Onde há união, há amor, confiança e alegria. Onde prevalece a comunhão, as pessoas crescem num ambiente saudável de muita compreensão e perdão. Há solidariedade, comprometimento e ajuda. Há um só sentir. Há uma só alma e um só coração.

Ore


Obrigado pela tua igreja, ó Pai. Sei de sua importância para minha vida. Nunca permita que situações adversas maculem a pureza da noiva de Cristo e impeçam a sua comunhão. Nele. Amém.

Pense


Uma igreja unida e coesa é uma igreja forte e poderosa.

Nenhum comentário: