30.3.12

BBC admite zombar de Jesus, mas nunca de Maomé, de acordo com Mark Thompson

Mark Thompson, chefe da BBC admitiu que a rede jamais zombaria de Maomé como zomba de Jesus. Thompson justificou dizendo que o cristianismo suporta tudo, mas zombar de Maomé teria o mesmo peso emocional da pornografia infantil, já que Jesus tem pouca relação com questões étnicas.

Thompson também alega que a BBC jamais teria levado ao ar “Jerry Springer – The Opera” — um polêmico musical que zomba de Jesus — se o alvo fosse Maomé. As declarações polêmicas foram feitas durante entrevista para um projeto de pesquisa da Universidade Oxford.

“A questão é que, para um muçulmano, uma representação teatral, especialmente se for cômica ou humilhante, do profeta Maomé tem o preso emocional de uma grotesca peça de pornografia infantil”, afirmou Thompson. O porta-voz da BBC não quis comentar as declarações.

No ano passado, o ex-âncora da BBC Peter Sissons disse que é permitido insultar os cristãos na rede, mas que os muçulmanos não podem ser ofendidos. Sissons, cujas memórias foram publicadas numa série no Daily Mail, afirmou: “O Islã não pode ser atacado sob nenhuma hipótese, mas os cristãos, sim, porque eles não reagem quando são atacados”. O ex-apresentador disse também que os profissionais têm suas respectivas carreiras prejudicadas se não seguem essa orientação da BBC. Com informações de O Verbo

29.3.12

Experiências religiosas vívidas são alucinações não psicóticas



Dalane Santos, na HypeScience
Pesquisadores da Universidade Stanford (Califórnia), nos Estados Unidos, resolveram abordar o estudo das alucinações por um ângulo diferente. Ao invés de focar em pessoas com perturbações clinicamente comprovadas, como a esquizofrenia, eles se concentraram em indivíduos saudáveis que também têm experiências de saída do estado normal da mente. Analisando os casos, eles descobriram que há relação entre visões de cunho religioso com determinadas condições cerebrais.
O estudo foi parte da pesquisa de campo de uma antropóloga americana, Tanya Luhrmann. Ela entrevistou centenas de membros de uma comunidade evangélica. Alguns deles afirmam terem vivenciado conversas reais e autênticas com Deus, e Luhrmann se dedicou a descobrir o que há de comum entre estas pessoas.
A autora cita o caso de Hannah (nome fictício), jovem integrante da comunidade que é perfeitamente saudável neurologicamente. Em suas visões, ela alega comunicar-se diretamente com Deus, em algumas vezes vê-lo de maneira clara e senti-lo dentro dela própria. Mais de 30 membros da comunidade se encaixam na mesma situação de Hannah.
Luhrmann conseguiu encontrar muito em comum entre aqueles que referiram tais alucinações. Ela identificou que existe um mecanismo mental (ainda desconhecido, em grande parte) pelo qual todos os seres humanos estariam sujeitos a ter um sonho excessivamente real, por exemplo, em que uma entidade espiritual muito forte (que pode ser a figura de Deus como também a do Diabo ou outro ente) visita a pessoa dentro de sua consciência.
Esta tendência, conforme explica a antropóloga, é mais comum do que parece: de 10% a 15% dos adultos dos Estados Unidos e do Reino Unido já vivenciaram uma experiência parecida. A principal questão que ela ressalta é que não se trata de um quadro psicótico.
Na psicose, existe uma perda diagnosticável de contato com a realidade, o que não se aplica às alucinações religiosas. O que predomina, neste caso, são as experiências culturais e históricas de cada pessoa, que condicionaram o cérebro a um estado específico. É o que a autora chama de “absorção” de um ambiente imaginativo, o que facilita a criação das imagens presentes nas alucinações.
Tanya Luhrmann oferece, em suma, uma orientação para que psicólogos e outros profissionais da saúde estudem melhor estas alucinações no futuro: investigar padrões mentais de vivências passadas, e focar na bagagem cultural que se instala na consciência de cada um. [Science News, foto de Claude Renault] Com informações do PAVABLOG

28.3.12

Conar suspende propaganda de Jesus tomando Red Bull

Enviado por FOLHA GOSPEL


Depois de mais de 200 reclamações o Conar (Conselho Nacional de Autorregulação Publicitária) determinou a suspensão da propaganda.


A propaganda de TV mostra Jesus Cristo andando sobre as águas e um apóstolo afirmando que ele só consegue a façanha porque bebeu o energético.


Mais de 200 reclamações de consumidores levaram o Conar a determinar hoje a suspensão da propaganda de TV da Red Bull.


Em sua maioria, as reclamações eram de evangélicos, que dão mais um sinal de que os cristãos estão mais ativos do que nunca no Brasil.


O Conar decidiu que o anúncio não pode ficar no ar porque ele “fere a respeitabilidade religiosa”.


Comercial suspenso na África do Sul


Após pressão da Igreja Católica , a Red Bull determinou, no dia 15 de março, a retirada do anúncio, também, na África do Sul.


A Red Bull não resistiu às pressões da Igreja Católica da África do Sul e determinou a sua subsidiária naquele país que suspenda na TV o anúncio da bebida enérgica no qual Jesus revela como consegue andar sobre as águas.


A CNBB informou que está examinando a possibilidade de recorrer à Justiça contra a exibição e há pastores dizendo que a Red Bull debochou de um milagre.


Assista ao anúncio suspenso:


Fonte:  Veja on-line

27.3.12

"Não sou a favor de alguns preceitos da igreja" diz Sandy

Em entrevista ao ao jornal O Globo, do último sábado (24), a cantora Sandy declarou que é a favor da descriminalização do aborto, apoia o casamento gay.

Sandy, que faz uma participação na série As Brasileiras exibida pela Globo interpretando uma personagem com forte preconceito contra homossexuais, afirma ao jornal defender a união entre pessoas do mesmo sexo."Vejo como uma coisa natural. Sou a favor do casamento gay. Acho que todo mundo tem os mesmos direitos: de ser feliz. O problema maior hoje é a homofobia, crime hediondo, cruel. A gente, às vezes, fica focada nos grandes centros, e esquece que no interior do país, nos redutos atrasados, a homofobia está presente de forma muito mais selvagem, diante da ausência do Estado”, explicou.

Quando questionada sobre o aborto ela foi enfática ao responder: "Aborto, sob o ponto de vista jurídico, é crime. Eu defendo a descriminalização, principalmente quando a gravidez representa risco para a mãe ou o bebê”.

Católica não praticante a cantora afirma ser contra o posicionamento da igreja. “Eu me casei na igreja católica e luterana, que é a do meu marido. Não sou a favor de alguns preceitos da igreja. Sou contra o celibato, por exemplo, e acho muito retrógrado não usar camisinha”.
Fonte: Guia-me

26.3.12

Tibetano ateia fogo ao corpo contra visita do presidente chinês

(Foto: Reuters)
Protestante tibetano ateia fogo no próprio corpo
Por Keyla Cezini | Colaboradora do The Christian Post
Um exilado tibetano ateou fogo contra o próprio corpo nesta segunda-feira (26), em Nova Déli, Índia. O ato foi um protesto contra a visita do presidente da China, Hu Jintao, que em breve estará na Índia.

O manifestante foi identificado como JanphelYeshi, de 27 anos. Segundo a agência de notícias Associated Press, o jovem foi levado para o hospital, onde se encontra em estado crítico, com 85% do corpo queimado.

No último ano, ao menos 30 tibetanos atearam fogo ao corpo em protesto contra o controle chinês na região do Tibete e pela volta do Dalai Lama. Destes, 20 morreram.

O protesto ocorre dias antes da abertura da Quarta Cúpula dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). O encontro acontece nos dias 28 e 29 de março, em Nova Déli, e terá também a presença da presidente Dilma Rousseff.

Quarta Cúpula dos Brics

No encontro que acontece esta semana estarão em pauta assuntos como a criação de um banco único de desenvolvimento para os Brics, a parceria entre Brasil e Índia para o programa Ciência Sem Fronteiras (que prevê bolsas de estudo no exterior) e formas de estimular o crescimento de forma sustentável e equilibrada.

A cúpula também irá avaliar a atuação dos países no Conselho de Segurança da ONU e os desdobramentos no Oriente Médio e no norte da África.

A presidente Dilma Rousseff chega à Índia no dia 28 e permanece até o dia 31 de março. Além de participar da cúpula, ela vai assinar atos bilaterais entre Brasil e Índia.

Segundo a embaixadora e subsecretária-geral de política do Ministério das Relações Exteriores, Maria Edileuza Fontenele Reis, devem ser assinados acordos de assuntos de cooperação técnica, meio ambiente, cultura, promoção da igualdade de gênero e avanços na área científica e tecnológica. Com informações do 
The Christian Post. 

25.3.12

JARDINEIROS & JARDINS!


“Rogai, pois, ao Senhor da seara que 
mande trabalhadores para a sua seara.”
Mt 9.38

O escritor Rubens Alves disse que no início de todas as coisas, Deus não criou uma cidade, mas um jardim. Na medida em que ia construindo percebia sua beleza e encantamento. Pessoalmente, portanto, Deus resolveu “habitar” o jardim, tão maravilhado que ficara com sua obra. O homem vivia seguro, no lugar certo, com todas as condições necessárias para uma vivência digna e feliz, experimentando a presença de Deus.

Ele pergunta: “o que vem primeiro? O jardim ou o jardineiro?”. Ele responde: é o jardineiro. Ele é quem sonha com o jardim antes que ele exista. O jardim começa no coração, no sonho. A missão do jardineiro é sonhar e levar os outros a sonharem com ele. Logo, se não sonharmos não conseguiremos criar jardins.

Como jardineiros temos a semente do sonho, da esperança – o evangelho de Jesus Cristo. Temos também o campo, o lugar onde lançar as sementes – o coração dos homens e mulheres. Parece tudo perfeito. Mas onde estão os jardineiros? Onde estão os semeadores? Nossa simples missão é semear sonhos e esperanças nos corações humanos.


ORE
Senhor, primeiramente rogo que me tornes um trabalhador mais comprometido com o crescimento de teu reino. Depois, oro para que tu levantes mais semeadores nessa seara. Em Jesus. Amém.

23.3.12

Em entrevista, Marcos Pereira comenta sobre as acusacões de crime e estupro


Consagrado por seu jornalismo investigativo, Roberto Cabrini resolveu investigar as acusações contra o Pr. Marcos Pereira, líder da Assembleia de Deus dos Últimos dias.

O Conexão Repórter, exibido pelo SBT, da última quinta-feira (22), o jornalista seguiu os passos do homem que interrompe bailes em comunidades dominadas pelo tráfico e derruba criminosos com um simples toque.

Apesar de ser visto como um Deus por muitos, ele é acusado de ordenar atos criminosos, cometer estupros dentro de sua própria igreja e até torturar crianças.
Em trechos do programa Marcos aparecer pregando, expulsando demônios e também comenta com Cabrini sobre as acusações que recebeu.
Assista o programa na íntegra, clicando aqui.

22.3.12

Padre afirma que apenas a Igreja Católica pode perdoar os pecados

Em uma entrevista para a agência de notícias Zenit, com sede no Vaticano, o padre Hernán Jiménez afirmou que apenas a Igreja Católica pode perdoar os pecados, o que pela lógica condenaria os evangélicos que não passam pela confissão.

A afirmação foi dada quando o repórter José Antonio Varela Vidal questionou o padre a respeito da ligação direta com Deus, mas ele afirma que essa ligação acontece somente com a oração e não com a confissão dos pecados. “Com Deus há uma comunicação direta com a oração e a meditação interior, mas nunca a remissão dos pecados. Segundo o mandamento do Senhor somente os apóstolos e seus sucessores, os sacerdotes, o fazem”, disse.

Jiménez é um padre da ordem dominicana, que é confessor da Igreja Santa Maria Maior (em italiano Basilica di Santa Maria Maggiore), de Roma, essa igreja pertence aos quatro templos papais encarregados do rito da confissão, por isso o pároco afirma que somente a Igreja Católica pode perdoar os pecados.

“A base está nos Evangelhos, em João 20: 22 – 23. O sacerdote atua em nome de Deus e o faz por meio do mandato da Igreja, que recebe a ordenação sacerdotal. O sacerdote redime todo o pecado a fórmula: “em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”, diz.

Nesse caso quem não passa pelo confessionário Católico não estaria perdoado e, portanto, estaria condenado ao inferno.

O Papa Bento XVI também tem afirmado em suas declarações que a nova evangelização precisa passar pelo confessionário, ou seja, a pessoa evangelizada só estará completamente salva se fizer a confissão de seus pecados para um padre.
Traduzido e adaptado de Acontecer Cristiano
Fonte: Gospel Prime

21.3.12

Religiosos dominam lista de discos mais vendidos no Brasil


Foi publicado nesta semana, no site da Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD), o relatório sobre o mercado brasileiro de música gravada em 2011.

Na lista de discos mais vendidos do ano, os destaques foram os artistas que cantam músicas de conteúdo religioso.

Entre os dez CDs de melhor desempenho no ano, cinco fazem parte desse segmento: Padre Marcelo Rossi, Padre Robson, Padre Fábio de Melo, Padre Reginaldo Manzotti e a cantora gospel Damares. "Ágape musical", do Padre Marcelo, lidera o ranking.

Padre Robson foi o quinto colocado, com "Nos Braços Do Pai". Fábio de Melo conquistou o sexto lugar com "No Meu Interior Tem Deus". Manzotti (sétimo colocado), Damares (nona).


Damares participa do festival Promessas, em dezembro, 
no Rio de Janeiro (Foto: Alexandre Durão/G1)
Fonte: G1

Valdemiro desafia repórter a mostrar patrimônio de Edir Macedo

Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, desafiou o repórter Marcelo Rezende (foto), da TV Record, a mostrar o patrimônio de Edir Macedo, chefe da Igreja Universal e dono da emissora. 

No programa "Domingo Espetacular" desta semana, da Record, Rezende apresentou reportagem de 26 minutos na qual denuncia que Valdemiro comprou com dinheiro dos fiéis duas fazendas no Mato Grosso, pagando o total de R$ 50 milhões, incluindo gado e benfeitorias.

Valdomiro disse que Rezende mentiu ao mostrar uma fazenda e aviões teco-tecos que não são da Mundial. Falou que o repórter “vai ter de provar tudo na Justiça”.

“Você [Rezende] é burro. Como é que eu poderia ir até a África com um monte de teco-tecos?” O pastor tem pelo menos um avião com autonomia para voos internacionais.

O religioso falou que a TV Record vale R$ 4 bilhões, quantia que não veio de “dinheiro de cafezinho”. “Foi dinheiro da igreja (Universal)”, disse. “Chame o seu patrão e mostre o patrimônio dele.”

O fundador da Mundial acusou Rezende de ter dois contratos empregatícios com a Record, um “por fora”, para pagar menos pela pensão alimentícia de seu filho.

Disse que o profissional está sendo usado por Macedo e que um dia vai ser descartado. "É o seu último trabalho". Falou que está orando pelo repórter porque soube que ele está com Aids.

No "Domingo Espetacular", Rezende prometeu fazer nas próximas semanas outras revelações sobre o fundador da Mundial.

A reportagem ocorreu na sequência de uma série de ataques de Macedo a Valdemiro. Ambos são concorrentes em um segmento do mercado de fiéis evangélicos, o das classes C e D.
Fonte:  Paulopes

20.3.12

Sites de humor satirizam rivalidade entre denominações


A rivalidade entre a Igreja Universal e Igreja Mundial virou motivo de piada pela internet. Sites de humor satirizam a situação criando piadas envolvendo o bispo Edir Macedo e o apóstolo Valdemiro Santiago.
O blog humorístico Mukamatrix, incluiu recentemente um post intitulado "Fúria do titãs", nele uma montagem mostra Macedo e Santiago vestidos como lutadores de UFC e a chamada:  O Duelo dos milhões de reais.
A montagem - que já é viral na internet -  espalhou pelas redes sociais e vem causando grande repercussão. Com informações Guia-me

Itapetinga: Pastor é preso após estuprar adolescente

Um pastor da Igreja Batista do Brasil foi preso na manhã desta segunda-feira (19), em Itapetinga, no sul baiano, acusado de estuprar uma adolescente de 16 anos. Ivan Souza Silva, de 50 anos, é responsável por congregações evangélicas nos municípios de Itororó, Itati, Dias D'Ávila e membro do Conselho Diretor Estadual da entidade religiosa. De acordo com o delegado Jorge Luiz, a polícia chegou ao acusado após denúncia da mãe da vítima. Ele foi encontrado em um ônibus a caminho do município vizinho de Itororó. "A princípio, ele se apresentou com um nome falso, mas depois que solicitamos os documentos aos passageiros do ônibus, ele foi identificado e preso em flagrante por estupro de vulnerável e cárcere privado", explicou o delegado, em entrevista ao Correio. Ainda segundo reportagem, o pastor é casado, tem filhos e reside em Itororó, mas mantinha um apartamento para a amante, Débora Sampaio Bispo, em Itapetinga. Ela é vizinha da adolescente e teria sido a responsável por atraí-la ao seu apartamento, onde o pastor estuprou a jovem, segundo a polícia. Com informações do Bahia Notícias;

19.3.12

O Ministério do Apóstolo Paulo – Parte I


Em nosso Alimento Bíblico Semanal, temos abordado diversos aspectos no Livro de Atos, mas iremos agora ressaltar um importante aspecto do ministério do apóstolo Paulo: escrever cartas. Essa fase de seu ministério foi escrita durante o seu serviço ao Senhor para as Igrejas que o Senhor estabeleceu através de seu chamado. A presença do apóstolo nas igrejas era de muita importância, mas por meio de suas cartas os irmãos desfrutavam o cuidado e a exortação de Deus para o correto viver cristão. Essas cartas, até hoje nos orientam e expressam parte da imutável Palavra de Deus.
          Barnabé e Saulo foram comissionados a pregar o evangelho aos gentios. Tudo isso estava sendo feito segundo a permissão de Deus de tal forma que em sua primeira viagem ministerial, eles saíram revestidos do poder de Deus e os sinais de Marcos 16:17 e 18 os acompanharam: “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados”. Dessa forma, muitos foram salvos e curados. Entretanto, eles sofreram muita perseguição. Em Listra, ocorreu outra tentativa de assassinato do apóstolo Paulo e ele foi apedrejado de tal forma que perdeu “os sentidos”, ficando “quase morto”. (At 14:19). Mas os planos de Deus para o apóstolo só estava no seu começo e o Senhor novamente preservou sua vida.
         Em Atos 14:27-28 está escrito: “Ali chegados, reunida a igreja,relataram quantas coisas fizera Deus com eles e como abrira aos gentios a porta da fé. E permaneceram não pouco tempo com os discípulos”. (grifo meu). O fato de ter ocorrido esse relato, mostra que as coisas de Deus são feitas com seriedade e não de qualquer forma; prestar contas do que é feito na igreja faz parte da comunhão entre os irmãos.
         Nesse inicio da igreja primitiva, havia alguns ensinos que indicavam um retorno à Dispensação da Lei. Podemos perceber um desses ensinamentos em Atos 15:1: “Alguns indivíduos que desceram da Judéia ensinavam aos irmãos: Se não vos circuncidardes segundo o costume de Moisés, não podeis ser salvos”. (grifo meu). Entretanto, Paulo e Barnabé, tinham o ensinamento correto, eles pregavam que Jesus Cristo foi crucificado e derramou o Seu precioso sangue por nossa causa e em nosso lugar; em conseqüência, todo aquele que nEle crê tem o perdão de seus pecados e é salvo do reino das trevas (Colossenses 1:13). Não devemos voltar a exigir as ordenanças da lei, como alguns ainda fazem hoje.  O conteúdo de nossa pregação deve ser centrado em Cristo como nosso único e suficiente Salvador. Todavia, o que percebemos quando “descemos a Judéia” é que o ensinamento será baseado na Lei (não há distinção entre Lei Moral e Lei Cerimonial – não consigo perceber isso na Bíblia) que foi abolida pela Graça de Cristo.
          Ainda continuamos lendo em Atos 15:2: “Tendo havido, da parte de Paulo e Barnabé, contenda e não pequena discussão com eles, resolveram que esses dois e alguns outros dentre eles subissem a Jerusalém, aos apóstolos e presbíteros, com respeito a esta questão”. (grifo meu). “Subir a Jerusalém” é o oposto de descer a Judéia. Isso indica que precisamos permitir que o Senhor resolva nossas questões. Não devemos procurar respostas em outros escritos ou pessoas. A Bíblia interpreta a própria Bíblia. Portanto, amados irmãos, nesses dias de inquietações sobre se essa ou aquela “igreja” é correta, precisamos voltar ao Manual do Fabricante, a Bíblia, na busca de respostas. “Subir a Jerusalém” é buscar a comunhão de irmãos mais experientes a fim de resolver problemas e obter crescimento em vida. Precisamos depender unicamente do Senhor e irmos a Jerusalém. Quando formos a Jerusalém, teremos condições de desfrutar muito mais da vida de Deus, cooperando com a vida normal de uma igreja com propósitos.“Promovendo-lhes, em cada igreja, a eleição de presbíteros, depois de orar com jejuns, os encomendaram ao Senhor em quem haviam crido (At 14:23)”.
          Paulo ao passar por Atenas ficou muito perturbado ao ver a idolatria que predominava na cidade, (sobre esse episódio, falaremos em outra ocasião). Em seguida, partiu para Corinto e lá houve uma forte amizade com Priscila e Áqüila, um casal que na vida secular tinha o mesmo oficio de Paulo: fazer tendas. Paulo então passou a morar e a trabalhar com esse distinto casal. Todos os sábados, o apostolo ia à Sinagoga e pregava a todos, tanto judeus como gregos. Não resta dúvidas que a entrega do apóstolo foi total e incondicional à Palavra de Deus – ele estava demonstrando a todos que “O Cristo é Jesus” (At 18:1 à 5). Paulo permaneceu um ano e seis meses em Corinto; ensinou de forma correta a Palavra de Deus e levou os irmãos a um verdadeiro crescimento espiritual.
  • Afirmativa-Chave: As coisas de Deus devem ser feitas com seriedade e não de qualquer forma; prestar contas do que é feito na igreja faz parte da comunhão entre os irmãos.
  • Pergunta Padrão: Muitas igrejas hoje em dia têm “descido à Judéia”. Para você, o que representa “Subir a Jerusalém”? E como fazê-lo?

Unidos na mesma unção, na esperança da salvação.
Gilvan Silva Santos, servo do Deus Altíssimo em espírito, alma e corpo (I Tes 5:23)

15.3.12

“Eu só quero viver em paz”. Pastor diz não rejeitar seu passado e que quer ser livre do sistema religioso

Depois de vários anos sumido do noticiário nacional, o pastor Caio Fábio D’Araújo Filho voltou às manchetes no fim do ano passado. Réu na ação movida contra ele por conta do episódio conhecido como Dossiê Caimã – conjunto de documentos falsos que, pouco antes da eleição presidencial de 1998, acusava altas figuras do governo de ter contas secretas naquele paraíso fiscal –, Caio foi condenado por uma juíza federal a pouco mais de três anos de reclusão. Cabe recurso, e o pastor já avisou que vai até às últimas instâncias. “A juíza quer aparecer”, ataca, sustentando a mesma versão que conta desde o início do imbróglio: a de que foi envolvido inocentemente numa conspiração política. Essa parte de seu passado, bem como muitas outras, já não são conhecidas pelas novas gerações de crentes. Contudo, os evangélicos mais maduros sabem que Caio foi a mais destacada liderança evangélica já surgida no país, cuja visibilidade, catapultada por uma ação ministerial intensa – como a criação da organização Visão Nacional de Evangelização, a Vinde, e da Fábrica de Esperança, megaprojeto social que atendeu centenas de milhares de carentes num conjunto de favelas do Rio –, marcou época entre os anos 1970 e 90. 

Hoje, Caio olha para esse passado com serenidade. Ele diz que não repudia nada do que fez, mas que não quer mais saber de ser a figura pública, aclamada e requisitada de outrora. “Esse tempo acabou definitivamente para mim. Minha alma não tolera mais a possibilidade dessa vida itinerante”, diz, em sua casa em Brasília. Cercado de árvores, jardins e recantos, é dali que ele grava os programas que exibe pela internet, parte importante das atividades do Caminho da Graça, ministério que hoje capitaneia. Tida como uma igreja de perfil alternativo, o grupo reúne-se em várias cidades brasileiras e, segundo Caio Fábio, procura restaurar o sentido da comunhão cristã. “Ele é um movimento conduzido pela Palavra e pelo Espírito Santo. Queremos que invada a massa, abranja tudo e se torne incontrolável como o vento que sopra onde quer”, diz, com a retórica privilegiada que conquistou milhões de admiradores e fez sucesso em mais de 100 livros publicados. De certas experiências do passado, ele não esconde a dor – como a separação de sua primeira mulher, Alda Fernandes, com quem teve quatro filhos, e a trágica morte de Lukkas, o terceiro deles. Contudo, embora muito criticado e contestado ao longo desses anos todos, ele assegura, “diante de Deus”, que não sente mágoa de ninguém. Aos 57 anos de idade, casado com Adriana Ribeiro, Caio Fábio D’Araújo Filho se diz em paz. “Eu sou livre. Sou nascido do Evangelho, nascido de Jesus. Hoje, sirvo ao Senhor e não preciso perder o meu ser, a minha saúde, a minha paz, o meu convívio familiar. Isso é graça de Deus para mim!” Confira a entrevista em Cristianismo Hoje  

14.3.12

Ex-pastor cria “O Jardim do Amor”, um “sex shop” voltado ao publico “religioso”


Na Holanda um ex-pastor criou na Internet um “sex shop” para cristãos, iniciativa pioneira na Europa que enfoca o “erotismo sem pornografia” a partir de um ponto de vista “religioso”, informou nesta quarta-feira a imprensa do país.

Marc Angenent, ex-pastor, passou dos sermões às fantasias eróticas, que vão desde preservativos a produtos para melhorar a ereção e insinuantes vibradores.

 “O amor o erotismo e o sexo foram criados por Deus e oferecidos às pessoas, por isso devemos dar a eles um lugar importante em nossas vidas”, diz uma mensagem no site do sex shop, batizado de “O Jardim do Amor”. 

O ex-pastor explica que os compradores podem ver os produtos “sem se confrontarem com imagens pornográficas, fotos de pessoas nuas ou uma linguagem agressiva e vulgar”. 

“O Jardim do Amor” foi objeto de grande atenção em seu primeiro dia de funcionamento, com reportagens em várias cadeias de televisão e rádio holandeses. Com informações Agência EFE
Fonte: O Verbo

13.3.12

Não virou jogador e processou a Igreja

“Abandonei o futebol para seguir a igreja"
Arquimedes Nganga domina a bola na entrada da área. Os 76 mil espectadores em Old Trafford ficam de pé na expectativa do gol. O meia invade a área e acerta o ângulo. A torcida explode. É a glória...

O que está descrito acima jamais aconteceu. Mas o sujeito em questão garante que poderia ter sido verdade. O ex-jogador da Terceira Divisão (é... Terceira Divisão) de Portugal está processando a Igreja Batista do país em R$ 30 milhões. Alega que os 19 anos como religioso fervoroso arruinaram suas chances de jogar pelo Manchester United.

Hoje morando em Londres, Nganga está com 46 anos. A conta é simples. Ele acredita que “facilmente” teria recebido R$ 60 mil por semana (mesmo jamais tendo embolsado mais de R$ 600 nos tempos de jogador) na Premier League. “Abandonei o futebol para seguir a igreja aos 25. Poderia ter tido longa carreira. Vejo hoje muita gente, que não é melhor do que eu era, ganhando fortunas. Os meias hoje são defensivos ou ofensivos. Eu era diferente. Fazia as duas coisas”, jura. Com informações do IG.

Jovens Que Oram

"No Big Brother Deus não existe", avisa Boninho


Traição, brigas, bebedeiras, sexo, falsidade, essas coisas é que dão audiência ao Big Brother Brasil e essa é a intenção. Quanto mais baixaria e confusão, mais os mandantes do reality ficam satisfeitos.

Mas quando acontece o contrário, o ‘mandachuva’ precisa tomar alguma atitude e foi o que o Boninho fez na última quinta-feira.

Pouco antes da prova do líder, cinco confinados se reuniram, deram as mãos e fizeram uma oração.

Isso foi o suficiente para Boninho cortar o som do pay-per-view e mandar o seguinte aviso aos jogadores: “Não adianta rezar, porque no Big Brother Deus não existe”.

A 12ª edição do BBB já criou polêmica logo no início por suspeitas de abuso sexual dentro da casa. com informações da veja.abril
Fonte: GUIA-ME

12.3.12

Cientista da NASA é despedido devido a fé no criador

Por Val Green | Repórter do The Christian Post 
O ex-cientista da Nasa, David Coppedge, será ouvido nesta segunda-feira, 12, pela justiça de Los Angeles, pelo processo que move contra a Agência alegando ter sido despedido por ter proclamado a sua crença na teoria da “Criação Inteligente”.

A teoria em questão, que também recebe o nome de “Designe Inteligente”, defende que o universo e a raça humana são complexos demais para terem surgido somente pelo processo evolucionista, tendo tido, dessa forma, uma inteligência “superior”, logo, um Deus.

David acredita ter sido vítima de discriminação. Ele era um dos líderes do grupo Cassini Mission, responsável pela exploração de Saturno e suas luas, e, segundo ele informou à Associated Press, foi demitido após conversas com seus colegas de trabalho sobre ‘Criação Inteligente’ e distribuiu DVDs sobre o assunto.

Sua demissão é datada há dois anos, após trabalhar para a Agência de Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço por 15 anos.

O Grupo cristão The Alliance Defense Fund e o Discovery Institute, instituição não partidária que conduz pesquisas em tecnologia, ciências, cultura, economia e assuntos estrangeiros, são suas maiores fontes de apoio. Ambos acreditam na Criação Inteligente.

“Ha uma guerra contra qualquer pessoa que contradiz Darwin,” diz John West, diretor do Centro de Ciências e Cultura do Discovery Institute. “Esse caso é sobre a liberdade de expressão e de consciência.”

A defesa vai além da denúncia de discriminação por religiosidade. O advogado de David alega que ele foi marcado por seus chefes depois que eles concluíram que sua fé na Criação Inteligente era de origem religiosa.

Ele disse também que a reputação de David era de ser um cristão evangélico e que alguns até já o tinham rotulado de ser um cristão conservador.
David, em seu processo judicial contra seu ex-empregador, alega ainda que seu apoio à votação da lei que limitava o casamento entre casais heterossexuais e seu pedido de mudar o nome da ‘festa de feriado anual’ para ‘festa de natal’, foram causas de sua demissão.

“Apesar de David não sair evangelizando em seu trabalho, ele tinha a reputação de ser um cristão que vivia de acordo com os princípios cristãos,” disse Becker. “Ele não está pedindo desculpas por ser um cristão evangélico.”

Nos papeis judiciais a NASA alega que David teria recebido uma carta de alerta devido a reclamações de assédio de seus colegas de trabalho e que o cientista teria sido demovido porque não combinava com seus colegas e havia um corte no orçamento que forçava a demissão de empregados.

O pai de David é autor de um livro escrito contra evolução e também membro de uma companhia cristã, Illustra Media, que produz vídeos e documentários que analisam evidencias da Criação Inteligente. Esses eram os vídeos que David estava distribuindo para seus colegas. O julgamento ainda não tem previsão de conclusão. Com informações 
The Christian Post.

10.3.12

CADA DIA: ESPIRITUALIDADE & VAZIO



“E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, 
o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”
Jo 17.3

Assistimos e, muitas vezes, praticamos uma espiritualidade centrada na superficialidade da vida. O nosso tempo não suporta nada profundo. Coisas profundas são intrigantes para o homem moderno. Não há tempo e nem disposição para orações mais profundas, mais centradas na pessoa de Deus. Orar durante cinco minutos torna-se uma eternidade para o homem superficial.

Percebemos em nosso tempo uma dificuldade enorme de rendição de nossa vontade a Deus. Ninguém pode se expor, declarar-se frágil, dependente, necessitado do outro etc. O homem se esconde no próprio anonimato. Hoje tudo é instantâneo e rápido. As pessoas estão cada vez mais sozinhas, isoladas uma das outras, fruto de um individualismo que afeta profundamente os relacionamentos. Tudo é muito fugaz, rápido, passageiro, sem raiz, efêmero.

A Escritura diz: “Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! ...” (Rm 11.33). Eis o desafio: vencer a superficialidade de nosso tempo e adentrar nas profundezas de Deus através de seu Filho Jesus Cristo.


Ore
Senhor, assumo que o espírito de meu tempo afeta diretamente a maneira como me relaciono contigo. Estou cansado de relações superficiais. Quero conhecer-te mais! Em nome de Jesus. Amém.

9.3.12

“Amor eterno amor” parece peça de propaganda místico-religiosa

Foto: Divulgação
Mauricio Stycer, no UOL

Da forma como a Globo apresentou “Amor Eterno Amor” em repetidas publicidades antes da estreia, o tema principal da novela de Elizabeth Jhin parecia dos mais batidos: a procura de uma mãe pelo filho desaparecido 30 anos antes e o sonho deste mesmo rapaz em reencontrar a menina a quem jurou amor eterno quando tinham sete anos.

Mas havia outro tema, deixado em segundo plano pela publicidade, que se revela agora, depois de quatro capítulos, tão ou mais importante que o velho clichê dos encontros e desencontros das pessoas queridas. Trata-se das chamadas “crianças índigo”.

Sem embasamento científico, mas respaldo na parapsicologia e no espiritismo, “crianças índigo” são consideras especiais, com dons intangíveis, sensíveis, intuitivas, visionárias.

A autora de “Amor Eterno Amor” apresentou uma verdadeira salada mística nesta primeira semana da novela. No prólogo, Elizabeth Jhin fez recitar: “Será fácil reconhecê-los. Palavras não serão necessárias, nem mesmo será preciso saber seus verdadeiros nomes. Saberá encontrá-los pela afinidade de suas energias, pelo chamado de seus corações e pela profunda identificação com os seus sentimentos”.

Ainda no capítulo de estreia, um espírito, Lexor (Othon Bastos), apareceu de roupa branca sob luz brilhante para abençoar o “casamento” das crianças Carlos e Elisa.

O garoto, na verdade Rodrigo, desapareceu aos três anos no Rio de Janeiro, foi criado em Minas por uma mulher bondosa e um padrasto cruel, e fugiu para Marajó, onde cresceu e vive até hoje.

Carlos-Rodrigo, vivido por Gabriel Braga Nunes, tem um dom desde criança. Conversa com animais. Não prende o cavalo. “Falei para ele esperar quieto, ele vai esperar”. Acalma um búfalo indomável. Pede para a onça deixá-lo a sós com um amigo e é atendido.

No Rio, sua mãe, Verbena (Ana Lucia Torre), ainda sonha encontrá-lo. A menina Clara (Klara Castanho), filha do médico Gabriel (Felipe Camargo), que cuida de Verbena, também tem dons especiais. Ela “vê” pessoas e situações e acredita que Rodrigo vai encontrar a mãe.

Já no segundo capítulo, a jornalista Mirim (Letícia Persiles), irmã de Clara, propõe fazer uma reportagem sobre “crianças índigo”. “Acho muito importante trazer essa discussão ao grande público”, ela diz à editora Laura (Giulia Gam).

Na fala seguinte, Elizabeth Jhin se entrega: “Pode ficar tranqüila porque não vou levantar bandeira nenhuma. Minha pretensão aqui é fazer com que as pessoas reflitam sobre este momento que a gente está vivendo, que a humanidade está vivendo”, diz Miriam à editora.

No quarto capítulo, Verbena dá outra lição mística à irmã, a malévola Melissa (Cássia Kis Magro): “Morrer com mágoas é péssimo. A gente sempre precisa voltar para resolver o que ficou para trás”.

Toda novela apresenta, de alguma forma, a visão de mundo de seu autor – um arco muito amplo, que inclui valores, princípios e ideias sobre a realidade, capazes de serem compreendidos pelo maior universo de pessoas.

Fé e religião fazem parte dos valores de cada um. Personagens têm religião, e suas crenças devem ser respeitadas, mas não são um bom assunto para proselitismo em novela.

Até o momento, pelo sua insistência no tema e pela forma como está sendo abordado, “Amor Eterno Amor” parece uma peça de propaganda místico-religiosa. Para quem tem crenças diferentes ou, simplesmente

Fonte: PAVABLOG

8.3.12

Estreia do seriado “Boas Prostitutas Cristãs” gera protestos de comunidade evangélica

“Good Christian Bitches” vai ao ar pelo canal ABC

Baseada no livro “Good Christian Bitches” [Boas P... Cristãs], a nova série da ABC recebeu críticas mesmo antes de ser lançada. A emissora primeiro mudou o nome para “Good Christian Belles” [Boas e Belas Cristãs], depois decidiu usar somente as iniciais e o programa foi ao ar com o nome de “GCB”.

A trama principal é a história de Amanda Vaughn (interpretada por Leslie Bibb), uma dona de casa e mãe de dois filhos, que se vê obrigada a voltar para sua cidade natal no Texas depois da morte de seu marido. Na verdade, ele era um golpista que acabou caindo com o carro em um precipício enquanto fugia com a amante.

Humilhada, o último lugar do mundo que Amanda gostaria de ver é a casa da sua mãe alcoólatra em Dallas. Sem outro lugar ou pessoa a recorrer, ela vai com os filhos para a cidade onde cresceu. A partir daí várias outras situações se desenrolam, mas o ponto de encontro das mulheres fofoqueiras, maliciosas e venenosas é justamente a igreja onde congregam semanalmente.

Não demorou para setores cristãos conservadores pedirem um boicote ao seriado. O vereador nova-iorquino Peter Vallone Jr., por exemplo, reclamou da tentativa da ABC em mudar o nome do programa.

“Eles não estão enganando ninguém com isso”, disse Vallone. ”Você não pode mudar algo que já está em sua cabeça… não somos idiotas”.

“Eu não posso imaginar que eles iriam pensar em usar essa linguagem ofensiva contra qualquer outra fé”, reclamou Vallone, um católico fervoroso que disse ter se sentido ofendido pela maneira como os cristãos foram retratados.

O vereador pede mais, quer que a rede ABC mude o título e faça um pedido público de desculpas. “O fato de que a ABC considera normal esse tipo de ofensa para um programa de TV é realmente uma declaração triste sobre o quão baixo nossa sociedade chegou… Eu acho que todas as religiões devem ser respeitadas e nenhuma deve ser atacada – devemos estar juntos nesta”, disse.

Ele não está sozinho, logo que a ABC anunciou que produziria a série, a Associação de Famílias Americanas afirmou que o show “ridiculariza todas as pessoas que têm fé”. Imediatamente começou a fazer um abaixo-assinado que reuniu mais de 200.000 assinaturas.

“Nosso boicote realmente teve eco entre os telespectadores – especialmente na comunidade cristã – que estão chocados e horrorizados porque a ABC/Disney realmente pretende colocar no ar esse programa. É intolerância anticristã. Esse tipo de programa é um insulto a todos nós. O nome do programa é ofensivo, um insulto e uma humilhação. Uma falsa representação da comunidade cristã – não apenas isso, acho que é um insulto a todas as mulheres”, disse o porta-voz da associação.

Pó outro lado, a atriz e cantora Kristin Chenoweth, uma das protagonistas, está defendendo a série “GCB”, dizendo que as pessoas não deveriam julgar o que não viram.

“Eu certamente não faria nada que pudesse ridicularizar a minha própria fé”, ressaltou. Kristin é uma atriz premiada, tendo um Emmy no currículo. Ela se considera uma “cristã liberal” embora venha de uma tradicional família batista.

Ela conta que desde criança cantava no coro da igreja e acredita que ali começou sua carreira artística. “Minha primeira apresentação foi aos sete anos, quando fiz um solo. Eu lembro das pessoas aplaudindo em pé no final e eu pensei, ‘Oh, eu acho que vou gostar disto. Foi assim que tudo começou”.

Por duas décadas, a estrela de 43 anos de idade, fez teatro, televisão e cinema. No seriado “GCB”, ela interpreta Carlene Cockburn, uma ex-rainha da beleza colegial que hoje tem um casamento conturbado.

Ela acredita que o objetivo não é atacar os cristãos, mas mostrar um outro lado “só porque você é cristão não significa que seja perfeito. Somos todos humanos. Este show mostra a humanidade deles, e eu adoro isso. Eu sou um deles [cristãos]. Eu cresci nesse mundo… a história poderia se passar em qualquer comunidade, mas acabamos escolhendo como ponto central uma igreja”.

Mesmo com esses protestos a ABC produzirá a primeira temporada e a distribuirá em outros países com seu título original, “Good Christian Bitches”. Os episódios vão ao ar todos os domingos pela ABC, às 9 da noite.

Poucos dias depois do início da campanha pelo boicote, a Philadelphia, maior produtora de cream cheese dos EUA, decidiu retirar sua propaganda do ar. Ela era uma das patrocinadoras de GCB. Em nota, a empresa explicou “Temos recebido algumas queixas de consumidores e
suas opiniões sobre a nossa publicidade é importante para nós. Por isso decidimos redirecionar nossa publicidade a outros programas.” Traduzido e adaptado de Christian Post e NY Dail News

Fonte: Gospel Prime

Inflação evangélica

Ser crente, hoje em dia, está pela hora da morte.

Ou melhor, crente brega.


Pulseirinha de crente da Renascer, vendida pelo Apóstolo Estevam custa R$ 1.000,00, na joalheria on-line do fabricante custa só R$ 140,00, mas não é ungida né, meu irmão?



Ou melhor, crente enganado.

E com uma pulseira destas no pulso, só mesmo a Bíblia Apostólica da Sociedade Bíblica do Brasil (Eu podia ter morrido sem esta!) debaixo dos braços, cujo exemplar está na casa dos R$200,00, mas a afronta de fazer um sanduiche ungido com as palavras torpes do Estevam e do Terra Nova, esta não há dinheiro que pague.


  
Ou melhor, crente estúpido.

Nada comparado a Bíblia Financeira do Malafaia, que já vem ungida pelo Morris Cerulo e com três promessas incluídas, com a exceção de “Eu quero deixar de ser estúpido, meu Deus!”, afinal, se esta estivesse no pacote, a clientela acabava. 


Ou melhor, crente idólatra.

Por estas e por outras que o povão prefere a meia de R$ 153,00 do Valdemiro Santiago, que mesmo custando o preço de um terno popular tem lá as suas vantagens, é elástica e resiste aos cascos dos usuários.




Os demais tipos de crente, seguem pela hora da vida, pois Ele morreu por nós.
 

Fonte: Genizah

7.3.12

MP ENTRA COM AÇÃO CONTRA OBRIGATORIEDADE DO PAI NOSSO. LEI É CHAMADA DE “MEDIEVAL”

Do Pimenta na Muqueca
O Ministério Público estadual propôs Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra a lei que obriga aluno da rede pública municipal em Ilhéus a rezar o Pai Nosso antes das aulas. De autoria do vereador Alzimário Belmonte (PP) e sancionada pelo prefeito Newton Lima, a lei 3.589/2011 começou a vigorar na última segunda (27) com o início das aulas da rede.

O MP entrou com pedido liminar no Tribunal de Justiça da Bahia para derrubar a lei. Os promotores Rômulo de Andrade Moreira e Cristiano Chaves de Farias, solicitam, em medida cautelar, que sejam suspensos os efeitos da lei e declarada a inconstitucionalidade da mesma. O texto da lei, no entendimento dos representantes do MP, “desconsidera toda uma evolução política e sociocultural na defesa de um Estado laico consagrado na Constituição”.

- É por demais evidente que a oração Pai Nosso faz parte da liturgia do cristianismo, sendo, portanto, indiferente a outras crenças e religiões. Por isso, é mister fazer críticas ao parecer do relator da Comissão de Justiça da Câmara de Vereadores de Ilhéus que aprovou a tramitação da lei ao afirmar: ’Independente de crença ou religião, o Pai Nosso é a oração que todos devem fazer antes de iniciar suas atividades’. Logo, a imposição de um determinado culto religioso por parte do Estado ofende de forma manifesta os direitos individuais e a dignidade da pessoa humana – citam os promotores.

Na Adin, os promotores classificam a Lei do Pai Nosso de “medieval” e fazem alusão à obra de Jorge Amado ao lembrar que “a expansão do direito à liberdade religiosa e de culto foi maximizada pelo patrocínio do imortal escritor Jorge Amado”. Os autores citam na ação, no entanto, que o maior escritor baiano é “ilheense”. Jorge Amado nasceu em Itabuna. Com informações do Pimenta.blog.br 

6.3.12

"Pratico a adoração a cada dez minutos"diz Ana Paula Valadão

Cantora ministrou sobre ansiedade em 1º Encontro de Mulheres Diante do Trono
Ana Paula Valadão, a apresentadora Márcia Resende, do Programa Sempre Feliz, da Rede Super de Televisão e a pastora Iara Diniz conversaram sobre como controlar a ansiedade durante o 1º Encontro de Mulheres Diante do Trono, realizado na quarta-feira (29), em Belo Horizonte. Durante o encontro - que reuniu mais de seis mil pessoas - Ana Paula contou como faz para lidar com a ansiedade. “Confesso que pela manhã é o momento que fico com mais ansiedade”, comentou Ana Paula sobre o sentimento que acomete a maioria das pessoas atualmente. Como “remédio” para o problema, ela falou que passou a praticar a adoração a cada dez minutos durante o dia, atitude que lhe deu forças para o controle da ansiedade. Com isso, segundo Ana Paula, até seu marido, Gustavo Bessa, notou diferença em seu comportamento. O evento foi marcado por muitos louvores entoados por Ana Paula Valadão, palestras e ministrações, em que o tema ansiedade foi um dos mais abordados.
Assista a ministração de Ana Paula:

Fonte: GUIA-ME

5.3.12

Será que ainda existem apóstolos nas igrejas de hoje?


Qualquer servo de Jesus deve se preocupar em fazer a vontade de Deus da forma que Ele estabeleceu e não da nossa. O Senhor Jesus nunca trabalhou com multidões e Ele próprio escolheu doze apóstolos que seriam treinados diretamente por Ele para fazer conhecido o Eterno Propósito de Deus. Os doze discípulos/apóstolos (aprendiz) estão listados em Mateus 10:2-6: “São estes os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado de Pedro, e o seu irmão André; Tiago e o seu irmão João, filhos de Zebedeu; Filipe, Bartolomeu, Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeu; Tadeu e Simão, o nacionalista; e Judas Iscariotes, que traiu Jesus. Jesus enviou esses doze homens, dando-lhes a seguinte ordem: - Não vão aos lugares onde vivem os não-judeus, nem entrem nas cidades dos samaritanos. Pelo contrário, procurem as ovelhas perdidas do povo de Israel”.  Essa mesma lista é também apresentada no Evangelho deMarcos 3:16-19 e Lucas 6:13-16, com algumas variações de nomes: Tadeu também era conhecido como “Judas, filho de Tiago” (Lucas 6:16), Simão, o Zelote também era conhecido como Simão, o cananeu. Judas Iscariotes, que traiu Jesus, foi substituído entre os doze apóstolos por Matias (Atos 1:20-26). Este não mais aparece em nenhum relato bíblico e ao que me parece representar um tipo de crente que predomina nas igrejas de hoje: o que não coopera com Jesus e não trabalha na Obra. Isso justifica a escolha de mais um apóstolo para compor a lista dos doze: o apóstolo Paulo.
         No nosso estudo do Livro de Atos, vemos que o Espírito Santo designou um grupo de homens, além dos doze, para desempenharem ministério específico na edificação do Corpo de Cristo. Isso deve ser conferido em Atos 13:2 “Certa vez, quando eles estavam adorando o Senhor e jejuando, o Espírito Santo disse: - Separem para mim Barnabé e Saulo a fim de fazerem o trabalho para o qual eu os tenho chamado.Entretanto, quero enfatizar que a origem de qualquer chamado não é pela vontade do homem, mas pelo próprio chamado específico do Senhor. Não quero polemizar, mas será que Deus ainda “separa” apóstolos hoje?
          Lemos no Manual do Fabricante, na Bíblia que a igreja é "edificada sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a principal pedra da esquina; no qual todo o edifício bem ajustado cresce para templo santo no Senhor, no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito" (Ef 2:20 à 22). Nesta passagem da Escritura percebemos claramente que o lugar dos apóstolos é o de fundação da igreja. Eles foram diretamente usados pelo Senhor para estabelecer a igreja no princípio. Acredito não ser mais necessário apóstolos para a igreja de hoje porque o Senhor Jesus não está mais construindo a fundação de sua igreja. Ela já foi bem firmada na Rocha – na verdade,estamos ajudando na edificação da Casa de Deus aqui na Terra e já está quase tudo pronto – as pedras vivas estão sendo colocadas.
          Além dos 12, somente duas pessoas são mencionadas explicitamente como sendo apóstolos no Novo Testamento: Paulo e Tiago, o irmão de Jesus e líder da igreja em Jerusalém (Gl. 1:19; 2:9). Paulo menciona claramente que Jesus apareceu ressurreto a Tiago (1 Co. 15:7), e sua liderança em Jerusalém evidencia que os apóstolos tinham reconhecido seu comissionamento direto por Jesus. Quanto a Barnabé (At. 14:4; 14)
          Seria impossível para alguém hoje ser um novo apóstolo, porque Paulo foi o último a ver o Senhor (1 Coríntios 15:7-9), e alguém tinha que ver o Senhor para ser qualificado, para ser escolhido pelo Senhor como um apóstolo (Atos 1:22). A presença de impostores modernos não nos deveria surpreender (2 Coríntios 11:13), mas precisamos testá-los e rejeitá-los(Apocalipse 2:2). Não temos novos apóstolos hoje em dia, cuidado com os que aparecem dizendo ser.   
          Aos que querem ser apóstolos na igreja de hoje, precisam satisfazer, no mínimo, os seguintes pré-requisitos:
1)    Eles precisariam ter visto o Senhor Jesus pessoalmente (1 Co 9:1, 2 Co 12:2). 
2)    Eles precisariam ser escolhidos e enviados diretamente pelo Senhor (Lc 6:13, Jo 6:70, At 9:15, 22:21). 
3)    Eles precisariam ser uma testemunha da Sua ressurreição (At 1:22, 1 Co 15:8, 15).
        De acordo com a Palavra de Deus, Paulo foi o último apóstolo e os dons ministeriais que ainda permanecem nas igrejas de hoje (ainda que haja diversos ministérios) são os de pastor (ou presbítero, ou bispo – os três termos significando o mesmo ofício no Novo Testamento) e de diácono.
          Lemos em João 7:3-4: Dirigiram-se, pois, a ele os seus irmãos e lhe disseram: Deixa este lugar e vai para a Judéia, para que também os teus discípulos vejam as obras que fazes. Porque ninguém há que procure ser conhecido em público e, contudo, realize os seus feitos em oculto. Se fazes estas coisas, manifesta-te ao mundo”. A própria família de Jesus, Seus irmãos, O aconselharam  a tornar-se conhecido de todos. A situação dos irmãos de Jesus durante Seu Ministério terreno era a seguinte: “Pois nem mesmo os seus irmãos criam nele” (João 7:5). Eles tinham o conceito que ainda perdura em muitos lideres hoje: fazer as coisas para divulgar a si próprio. Isso é totalmente oposto ao padrão de Jesus, que sempre buscava ocultar-se (Jo 7:6-10) e manifestar a glória de Deus. O Senhor Jesus não veio para Se exaltar, totalmente diferente do conceito presenciado em muitos “cultos shows”. Ele veio para Se humilhar e ser obediente até a morte, e morte de cruz (Fp 2:5-8).
          Mais tarde, dois entre os irmãos de Jesus, tornaram-se também Seus seguidores: Tiago e Judas (Mt 13:55; Tg 1:1; Jd 1), e foram autores das epístolas de Tiago e Judas respectivamente. Em ocasião mais adiante, mostraremos como ela acabou exercendo a liderança entre os apóstolos e presbíteros em Jerusalém (At 12:17; 15:2; 21:17-18).
          O Senhor está fazendo uma grande obra no meio daqueles que permitem Sua ação. Para isso, Ele não precisa de holofotes nem de nossa ajuda. Ele apenas necessita de corações quebrantados, disposto a obedecer. Foi Ele mesmo quem disse: “Porque a minha mão fez todas estas coisas, e todas vieram a existir, diz o SENHOR, mas o homem para quem olharei é este: o aflito e abatido de espírito e que treme da minha palavra (Is 66:2).
  •  Afirmativa-Chave: Não temos novos apóstolos hoje em dia, cuidado com os que aparecem dizendo ser.   
  • Pergunta Padrão:  Como ajudar na edificação da Casa de Deus aqui na Terra e colocar, nesse edifício, a Igreja, as pedras vivas, o homem espiritual?.

Unidos na mesma unção, na esperança da salvação.
Gilvan Silva Santos, servo do Deus Altíssimo em espírito, alma e corpo (I Tes 5:23)

3.3.12

“Esqueça Jesus”, pede Miley Cyrus no Twitter


A cantora e atriz adolescente Miley Cyrus ficou famosa pelo programa Hanna Montana, da Disney. Filha do cantor Billy Ray Cyrus, ela foi criada em uma família cristã. Porém, seu pai reclamou ano passado que Satanás estava atacando sua família e criticou publicamente o comportamento de Miley.
Esta semana, ela travou uma “guerra” com seus fãs cristãos depois de usar sua conta oficial no Twitter @MileyCyrus para postar uma citação ateísta.
Trata-se de parte de um famoso discurso do físico teórico Lawrence Krauss. Suas palavras são constantemente usadas por livres pensadores e ateus, afirmando que devemos ser gratos às estrelas pela nossa existência e não a Jesus. Veja o texto que Miley classificou de “lindo”:
Cada átomo de seu corpo veio de uma estrela que explodiu e os átomos em sua mão esquerda provavelmente vieram de uma estrela diferente da dos átomos de sua mão direita. Essa é realmente a coisa mais poética que eu conheço sobre física: vocês são todos poeira de estrelas.
Vocês não poderiam estar aqui se as estrelas não tivessem explodido, porque os elementos, o carbono, o nitrogênio, o oxigênio, o ferro, todas as coisas que importam para a evolução foram criados no começo dos tempos. Eles foram criados nas fornalhas nucleares das estrelas e a única maneira de eles chegarem ao seu corpo é se as estrelas forem gentis o suficiente para explodir.
Então esqueça Jesus, as estrelas morreram para que você estivesse aqui hoje.— Lawrence Krauss – físico teórico
Rapidamente surgiram tweets mostrando a indignação de muitos cristãos:
@MileyCyrus como assim você deixou de ser cristã? Esqueça Jesus?? Sério? O que aconteceu com você depois que ficou tão famosa? O que??
@MileyCyrus Soa poético. mas eu não estou muito empolgada com a parte de “esquecer Jesus”. Ele é a verdadeira razão por que nós todos ainda estamos aqui.
Por outro lado, vários livres pensadores e ateus comemoraram, afinal a cantora tem mais de cinco milhões de seguidores no microblog. Miley ainda não emitiu uma resposta oficial às críticas que seu tweet gerou.
Porém, desde o final de fevereiro, no cabeçalho de sua conta do Twitter há uma citação de Buda: “A felicidade não depende do que você tem ou quem você é, depende apenas do que você pensa.” Para muitos, isso mostra que a cantora não pode mais ser considerada cristã.
Traduzido e adaptado de Examiner.com