28.8.09

Brasil pode ter sua primeira Presidente evangélica

A ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, encaminhou, na quarta-feira, o pedido de desligamento do Partido dos Trabalhadores (PT), pelo qual militou por quase 30 anos, para filiar-se no Partido Verde (PV). O PV quer contar com a senadora pelo Acre no seu palanque e inclusive já busca eventuais alianças para reforçá-la na disputa ao Palácio do Planalto, em 2010. A mais de ano da eleição, o ingresso de Marina Silva na corrida à presidência da República altera o tabuleiro de xadrez que vinha se desenhando até aqui.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vinha apostando numa eleição plebiscitária, em que, entendia, seriam avaliados os oito anos do governo de Fernando Henrique Cardoso, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), em comparação aos oito anos do governo do PT. Mesmo sem o aval de convenção partidária, Lula já tem candidata definida: a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Além de ter uma concorrente que não contava, a ex-companheira Marina Silva, Lula ainda terá que demover o deputado Ciro Gomes, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), da base aliada do governo, que também tem planos de disputar o Planalto. A pressão de Lula é que Ciro concorra ao governo do Estado de São Paulo no próximo ano. Numa disputa presidencial plebiscitária, Dilma enfrentaria o governador de São Paulo, José Serra, que viria pelo PSDB. Uma vez candidata, Marina certamente tira votos de Dilma, que, nas intenções de voto aparece empatado com Ciro Gomes.

Brasil pode ter sua primeira Presidente evangélica Nas conversas que vem mantendo com o PV, Marina insiste na defesa da sustentabilidade ambiental aliada ao desenvolvimento econômico, o qual, assinala, deve ser estratégico para o Brasil. Sua candidatura, segundo o colunista Ancelmo Góis, de O Globo, agrada católicos de peso, como frei Betto e Leonardo Boff. Dos evangélicos, nada se ouviu até o momento. A filiação de Marina ao PV deverá ocorrer no final do mês, quando da convenção do partido. O colunista de O Globo, Ilimar Franco, anunciou que o PV incluirá no seu estatuto uma “cláusula de consciência”, permitindo aos seus filiados adotarem posições conflitantes com o programa partidário por razões religiosas. Com a medida, o PV se ajusta às convicções da Marina Silva, pois ela é evangélica e contra a legalização do aborto.

Fonte: ALC

DISCIPLINA MÚTUA

Ensinem e instruam uns aos outros com toda a sabedoria.
Cl 3:16


A aplicação da disciplina na Igreja é difícil e dolorosa, mas necessária. Mas há outro tipo de disciplina igualmente difícil e penosa: é a disciplina mútua entre irmãos na fé, membros da Igreja. Se ela fosse exercida responsável e fielmente, talvez a disciplina diante dos oficiais da Igreja pudesse ser evitada.

A maioria mostra-se indecisa ou tímida ante a delicadeza de ter de admoestar um irmão ou irmã, pelo fato de sermos nós mesmos vulneráveis e termos nossos próprios pecados ocultos.

Não admoestar quem está em pecado se revela falta de amor cristão, pois a pessoa que se desvia da verdade corre um sério risco, que pode estender-se a outros membros da família. Nós, os possíveis admoestadores, não temos poder espiritual para restaurar o faltoso, pois esta é a obra do Espírito Santo.

Paulo nos dá a receita para a disciplina: amar uns aos outros com amor fraternal, “pois o amor une perfeitamente todas as coisas”; perdoar de antemão; admoestar, isto é, corrigir, usando a Palavra de Deus, o testemunho e a oração; ajudar na sua restauração, oferecendo-se para reintroduzi-lo na comunidade, se for o caso. Sobretudo, ore antecipadamente, mostre compaixão, sinceridade, discrição, humildade — e não se vista de anjo ou de juiz.



Ore

Senhor da graça, dá a tua Igreja amor, humildade e compreensão para guiar, admoestar, confortar e mostrar o caminho de volta aos que se afastam da verdade. Oramos em nome de 
Jesus. Amém.

Pense

Ir atrás de uma ovelha desgarrada é tão 
importante quanto levar alguém a Cristo.


27.8.09

Apocalipse 16 ( Último Dia )

A FAMÍLIA DE JESUS AINDA EXISTE

Mateus 12.46-50

Toda família tem seus costumes. E a família de Deus, como é, quais são seus COSTUMES?

A verdadeira família de Jesus tem o costume de…

1. FICAR DO LADO DE DENTRO DA CASA (vs 46)
Somente os visitantes ficam “por fora”.
Quem é da família se envolve, trabalha.
Chora, mas também se alegra.
Intercede, aprende, ensina, corrige e é corrigido.
É consciente das lutas e desafios da casa. Contribui.
Quem é da família “chega junto”.
Quem é da família defende os seus e por eles é defendido.

2. FICAR À VONTADE NA CASA DE DEUS (vs 47)
Somente os visitantes precisam de convite especial.
Quem é da família não precisa ser anunciado. Vai entrando, pois é de casa.
Quem é da família não tem cerimônias, mas, goza dos prazeres e dos afazeres da casa.

3. FICAR NO CENTRO DA VONTADE DO PAI (vs 50)
Somente os visitantes não têm compromisso com a vontade do Pai de família.
Quem é da família obedece o Pai.
Quem é da família faz questão de ficar no centro da vontade do Pai.

CONCLUSÃO
Os discípulos são a verdadeira família de Jesus, pois, eles têm o costume de ficar por dentro dos assuntos da casa do Pai, ficar à vontade em Sua presença e ficar no centro da Sua vontade.

Aleluia.
Deus seja louvado!

www.gospelprime.com.br


Sociedade Bíblica lembra bicentenário do nascimento de Braille

Concerto do Allegro Coral e Orquestra, nesta capital, abriu, no domingo 23, as comemorações preparadas pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) pelo bicentenário de nascimento de Louis Braille, o criador do sistema de leitura e escrita por pontos em relevo utilizadas por pessoas portadoras de deficiência visual.

A SBB produz e distribui, desde 2002, a Bíblia Sagrada em Braille na língua portuguesa, gratuitamente para os cadastrados no Programa Inclusão do Deficiente Visual. Atualmente, mais de 2,5 mil pessoas participam do programa.

Uma série de seis palestras mensais, com início na quarta-feira, 26 de agosto, sobre “A produção do livro em Braille”, integra a comemoração da SBB sobre os 200 anos de nascimento do inventor francês.

Louis Braille nasceu no dia 4 de janeiro de 1809, na cidade francesa de Coupyray, pequena aldeia a leste de Paris. Após acidentar-se na oficina de seu pai, Louis ficou cego aos 3 anos de idade. Em 1825, Louis apresentou a primeira versão do sistema de leitura e escrita com pontos em relevo.

O sistema de Braille permite a formação de 63 caracteres que representam as letras do alfabeto, números, símbolos aritméticos, fonética e musicografia. A escrita que desenvolveu é baseada na combinação de seis pontos, dispostos em duas colunas de três pontos.

26.8.09

LOUVOR NA IGREJA

Glória a Deus por meio da Igreja e de Cristo Jesus, por todos os tempos e para sempre!
Efésios 3:21


A Igreja tem sido mobilizada para a política, para as cruzadas morais, para empreendimentos sociais e outras campanhas revestidas de boas intenções. Mas, entre todas as muitas prioridades, há, por assim dizer, uma prioridade suprema para a qual ela foi criada: o louvor e a glorificação de Deus.

Por meio da Igreja. Este é realmente o único lugar em que isto pode acontecer, pois somente por meio da Igreja, onde a experiência da redenção teve lugar, podem os homens descobrir o que significa dar glória a Deus. Ela é o reflexo dessa glória e glorificar é sua ocupação central.

A “glória a Deus por meio da Igreja” é induzida pelo conhecimento, embora ainda impreciso aos nossos olhos espirituais, da majestade do seu ser, do poder de suas obras, da graça de sua salvação, da sabedoria de sua providência, pelo esplendor de seus propósitos, pela grandeza de suas bênçãos.

Diante do supremo Senhor, cabe a nós reconhecer sua santidade ainda incompreensível e derramar a seus pés nossa gratidão pela nossa eleição em Cristo Jesus. Ao Pai de toda a dádiva seja toda a glória, poder e majestade “por todos os tempos e para sempre!”



Ore

Pai glorioso, de ti emana todo o bem e o dom perfeito. Nossos cálices transbordam de bênçãos. Acima de tudo, damos-te graças por teu indizível dom, Jesus. Que possamos ser generosos como tu és. Amém.

Pense

A igreja é o reflexo da glória de Deus 
e glorificar é sua ocupação central


www.cadadia.com.br

25.8.09

Juíza autoriza permanência de símbolos religiosos em órgãos públicos

A juíza federal Maria Lúcia Lencastre Ursaia, da 3ª Vara Cível Federal de São Paulo, determinou, em decisão liminar, que símbolos religiosos (crucifixos, imagens, entre outros) poderão permanecer nos órgãos públicos federais de São Paulo. Ela indeferiu o pedido do Ministério Público Federal para a retirada dos símbolos. O MPF ingressou com ação civil pública depois de uma representação feita pelo cidadão Daniel Sottomaior Pereira, que teria se sentido ofendido com a presença de um crucifixo num órgão público. O MPF argumentou que a imagem feria os princípios da laicidade do Estado, da liberdade de crença, da isonomia e da impessoabilidade da Administração Pública.

Para Maria Lúcia Ursaia, no entanto, o Estado laico não deve ser entendido como uma instituição anti-religiosa ou anti-clerical.
"O Estado laico foi a primeira organização política que garantiu a liberdade religiosa. A liberdade de crença, de culto e a tolerância religiosa foram aceitas graças ao Estado laico e não como oposição a ele. Assim sendo, a laicidade não pode se expressar na eliminação dos símbolos religiosos, mas na tolerância aos mesmos".

A juíza afirmou que, num país como o Brasil, de formação cristã, a presenta de símbolos religiosos é natural e isso não significa "qualquer ofensa à liberdade de crença" e que, para os agnósticos ou que professam crença diferenciada, o símbolo cristão nada representa, "assemelhando-se a um quadro ou escultura, adereços decorativos". Para ela, não ocorreu a alegada ofensa à liberdade religiosa. "A laicidade prevista na Constituição veda à União, Estados, Distrito Federal e Municípios estabelecerem cultos ou igrejas, subvencioná-las, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com elas ou seus representantes relação de dependência ou aliança, previsões que não implicam em vedação à presença de símbolos religiosos em órgão público", explicou.

Fonte: Globo

Rabinos querem combater gripe A em Israel com jejum e orações

Bençãos, jejum e o som do tradicional shofar, um instrumento judeu de sopro feito a partir do chifre de um animal, são alguns dos métodos escolhidos pelos rabinos em Israel para espantar a gripe A. O rabino chefe sefardita, Shlomo Amar, pediu aos judeus devotos para que guardem jejum nesta quarta-feira e dediquem o dia à oração, a fim de prevenir a expansão do vírus A(H1N1) pelo país.
Entre o pôr do sol desta terça-feira até o cair da noite de hoje, os fiéis devem “estudar a Torá (livro sagrado judeu) e olhar para dentro de si para refletir sobre sua conduta para com seus irmãos e com Deus”, segundo um comunicado divulgado pela chefia rabínica.

Aqueles que não puderem jejuar por um dia completo deverão pelo menos tentar fazê-lo durante metade do dia, para fazer sua contribuição ao esforço espiritual coletivo destinado a combater a ameaça da nova gripe. O jejum poderá ser trocado por um voto de silêncio ao longo de toda a quarta-feira para aqueles fiéis que não podem ficar sem comer, segundo as instruções da chefia rabínica sefardita para conseguir o favor divino e evitar uma epidemia da gripe A em Israel. Segundo o rabino chefe sefardita, o jejum, a oração e a boa conduta podem influir para que “o Deus todo-poderoso, que tem o poder de curar, nos abençoe e nos alivie desta doença”.
A proposta de Amar para tanto foi apoiada por algumas das mais importantes autoridades religiosas judaicas do país, atentas ao risco da gripe A , que já deixou nove mortos e contaminou mais de duas mil pessoas em Israel.

O rabino Ovadia Yosef, líder espiritual do partido ultra-ortodoxo sefardita Shas e os juízes da Grande Corte Rabínica Rabi Ezra Bar Shalom e Zion Boeron se uniram à proposta de Amar e a divulgaram entre seus fiéis. O jejum como penitência para combater epidemias tem uma base bíblica, argumentam estes quatro rabinos. Eles lembram que o Talmude (que reúne as discussões rabínicas sobre leis judaicas) narra como o rabino Yehuda decretou o jejum de seu povo após ter conhecimento de uma praga entre os porcos. Na semana passada, 50 rabinos e fiéis, em sua maioria cabalistas, também deram sua contribuição para afastar a gripe do Estado judeu ao sobrevoar o país em círculos entoando orações e tocando o shofar. Enquanto seu avião dava voltas em torno de Israel, os passageiros tocaram o shofar por sete vezes e fizeram orações destinadas a espantar as doenças.

Esta é a terceira vez desde o nascimento do país, em 1948, em que acontece um voo deste tipo para afastar algum tipo de perigo. Antes, houve voos fretados em 1991, durante a Guerra do Golfo, e em 1996, após uma onda de ataques terroristas. Um grupo de rabinos e médicos também recomendaram aos fiéis que tomem outros cuidados para não se contaminarem com o vírus A(H1N1), como abrir mão de beijar a mezuzá, um pequeno artefato que é colocado nas portas com um pequeno rolo de pergaminho dentro e no qual uma bênção judaica está escrita. Beijar este objeto antes de atravessar uma porta é um costume entre os judeus mais religiosos que, a partir de agora, poderão substituir o gesto por “um beijo no ar” ou por “um beijo sobre sua mão situada sobre a mezuzá”, segundo as instruções rabínicas.

Fonte: EFE

24.8.09

Bíblia tem edição para ser lida sobre as ondas

As entidades Sociedade da Bíblia e Surfistas Cristãos lançam a nova edição da Bíblia dos Surfistas na cidade de Sydney, Austrália, informa o portal Surfers Today. A obra conta com uma capa à prova d’água para não estragar quando for levada ao mar. A versão destinada aos surfistas do livro sagrado incluiu o Velho Testamento, o Guia dos Surfistas para Deus e uma versão em tamanho de bolso do Evangelho de Marcos. Segundo a entidade Surfistas Cristãos, os surfistas são conhecidos por venerar a criação, e o objetivo da obra seria conectá-los com o criador. A edição anterior da obra, lançada em 2002, vendeu 75 mil cópias no mundo todo.

Fonte: Terra

Roqueiros, surfistas, lutadores e afins são o novo fenômeno evangélico

No Brasil, a tradição da fé católica perdurou e, até o século XIX, era a única reconhecida oficialmente. Naquela época, quem não era católico não podia trabalhar para o Estado. Entretanto, os outros cultos eram permitidos, desde que não fossem praticados dentro de edificações cujas arquiteturas lembrassem uma igreja.

Atualmente, com o crescimento dos evangélicos no país, surgem templos para as mais diferentes tribos urbanas, que vão dos adeptos do heavy metal aos lutadores de jiu jitsu e surfistas. São igrejas voltadas para públicos que se diferenciam pelo visual, como tatuagens e o uso de piercings. Uma aparência que, muitas vezes, incomoda o conservadorismo presente no catolicismo e nas tradicionais denominações evangélicas.

De acordo com a antropóloga e professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Léa Freitas Perez, o surgimento dessas novas igrejas é uma expressão religiosa de um fenômeno cultural contemporâneo. É o chamado pluralismo da religião. “A religião, como qualquer outro elemento da cultura, precisa se adaptar ao tempo. Isso é importante para o fortalecimento da crença. As igrejas tradicionais perdem fiéis porque não se adaptam às mudanças do tempo”, explica.

O fato de compartilharem da mesma fé e gostarem de rock’n roll, usarem roupas pretas e terem cabelos grandes foi um dos motivos que levou um grupo de jovens a criarem sua própria igreja: a Caverna de Adulão, que, desde 1992, funciona em Belo Horizonte. “A caverna surgiu da necessidade de se compartilhar a mensagem do evangelho com uma geração de jovens que era rejeitada nas igrejas oficiais por questões culturais”, explica o pastor Geraldo Luiz da Silva.

É entre os evangélicos que surgem as propostas de igrejas flexíveis. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, uma prancha de surfe virou púlpito para uma igreja descolada: a Bola de Neve, criada inicialmente para os surfistas. Em Fortaleza, há cerca de um ano, a Igreja Evangélica Congregacional desenvolve um projeto com alunos de jiu jitsu. No local, os jovens “Lutadores de Cristo” oram, sobem no tatame para lutar e assistem à pregação do pastor.

“Essa foi a maneira que encontramos para alcançar os jovens que nunca entraram em uma igreja. Aqui pregamos a paz, e uma das nossas regras de conduta é não se envolver em brigas nas ruas”, diz o coordenador do projeto, lutador e seminarista Elder Pinto.

A diversidade de igrejas mostra que a religiosidade é nômade. “As igrejas que mais têm sucesso são aquelas receptivas, festivas, que não exigem uma exclusividade dos fiéis”, diz a antropóloga Léa Perez.

Caverna de Adulão: Bateria, baixo, tatuagens, piercings e muito amor a Deus

Cânticos em ritmo de rock, ao som de bateria e baixo, dão início ao culto na igreja Caverna de Adulão. Aos poucos, os jovens e casais com tatuagens no corpo, piercing no nariz e alargadores de orelha começam a chegar. Com uma linguagem informal, o pastor Magno Vieira começa a pregação do Evangelho. “É o maior barato a vida com Jesus. Sabemos que erramos, somos vacilões, mas estamos aqui para perdir perdão”, diz.

A reunião da comunidade cristã é realizada nas noites de quarta-feira e domingo na rua Aimorés, no bairro Funcionários, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.Há 17 anos, o historiador e tatuador Giordano Augusto Toniolo, 29, se tornou um frequentador assíduo da Caverna de Adulão. “Eu me converti muito cedo, aos 8 anos de idade. Comecei a frequentar a caverna junto com meus irmãos, em 1992. Aqui, aprendi que o importante para Deus é o nosso interior, e não o visual que temos”, afirma.

Para Toniolo, o grande diferencial da comunidade é a simplicidade no relacionamento com o próximo, sem discriminação. “Todos são recebidos de braços abertos, desde skinheads até travestis”, ressalta.

Entre o público que frequenta a Caverna de Adulão, além dos adeptos do heavy metal, estão homens e mulheres sem o visual estereotipado. “Não estamos preocupados com costumes. As pessoas só precisam mudar seu coração e não o jeito de vestir para estar perto de Jesus”, diz o pastor Vieira.

Bola de Neve: Avalanche de surfistas leva o Evangelho aos quatro cantos

Na Igreja Bola de Neve, com sede em São Paulo, a prancha de surfe virou marca registrada. Em um altar despojado, ela serve de púlpito para a Bíblia. A comunidade foi criada há dez anos pelo surfista Rinaldo Luiz de Seixas Pereira, 37, que se tornou evangélico após contrair hepatite, em 1992.

“O púlpito em forma de prancha foi algo que aconteceu por acaso. Os nossos primeiros encontros eram realizados no salão de uma loja de materiais para surfistas. Não tínhamos uma mesa para colocar a Bíblia e improvisamos uma prancha”, explica Seixas, que hoje também é pastor.

De acordo ele, a igreja surgiu com o objetivo de aproximar os jovens da religião. Hoje, o cultos na comunidade são embalados com músicas de louvor em ritmo de reggae e rock. “A Bola de Neve leva a mensagem do Evangelho de uma forma descontraída. Aqui, a palavra de Deus é pregada para um público alternativo, com uma linguagem mais informal. Esse é o nosso grande diferencial”, diz.

Atualmente, a Bola de Neve paulistana realiza cinco cultos por semana e reúne um público de 2.500 pessoas, de 20 a 35 anos, entre surfistas, jogadores de futebol e adeptos de outros esportes.E a aceitação da igreja tem crescido. Hoje, ela está em sete países, além do Brasil: Austrália, Peru, Índia, Rússia, Canadá, Estados Unidos e Espanha. Em todos, conforme Seixas, um dos princípios é levar a palavra do Evangelho a todas as pessoas, sem discriminação de cor ou classe social.

Fonte: O Tempo

Padre agride menina de 11 anos que não comeu hóstia

Os pais de uma menor de 11 anos acusaram um padre católico de ter agredido a menina por ela ter recebido a hóstia e, em vez de consumi-la, levou-a aos irmãos para mostrar a eles como era, em episódio registrado no norte da Colômbia. Em entrevista a televisões locais, Samuel Martínez, o pai da menina, disse que a situação aconteceu na igreja Santíssimo Cristo, em La Loma, no departamento de Cesar, norte.

“A menina não consumiu a hóstia, mas foi mostrá-la a seus irmãos, e o padre a perseguiu, pegou-a e lhe deu um tapa”, afirmou Martínez, que lamentou a forma como o sacerdote Ramón Muñoz agiu.

A mamãe da menina disse que, assim como a filha, ficou paralisada pelo pânico e não pôde reagir. Ela acrescentou que a menina foi incapacitada e que atualmente recebe tratamento psicológico pelo episódio e não quer retornar ao colégio nem falar com ninguém além das pessoas mais próximas.Os pais da pré-adolescente levaram o caso às autoridades. A imprensa local informou que embora tenham procurado o padre, não conseguiram encontrá-lo.

Fonte: Yahoo

21.8.09

Começa hoje o Ramadã, período de jejum muçulmano

Muçulmano em orações durante o Ramadã

MUNDO MUÇULMANO - De 21 de agosto a 19 de setembro de 2009, 1 bilhão de pessoas que professam o islamismo estarão envolvidas em uma das principais festas religiosas praticada pelos muçulmanos: o jejum do Ramadã.

O Ramadã é um feriado não fixo que se movimenta a cada ano e se localiza no nono mês do calendário muçulmano. Acredita-se que no mês do Ramadã o Alcorão sagrado foi enviado do céu como uma orientação aos homens e como um meio de sua salvação. É durante este mês que os muçulmanos jejuam. O Ramadã é um período quando os muçulmanos se concentram na sua fé e gastam menos tempo nas suas preocupações cotidianas. É um período de adoração e contemplação.

Dentre os cinco pilares do islamismo, o Ramadã é aquele que inspira maiores cuidados por parte da Igreja Perseguida. Esse jejum é um dos pilares mais obedecidos pelos muçulmanos. Durante esse período há uma grande preocupação quanto ao desenvolvimento espiritual. É por causa disso que os cristãos oram para que esses muçulmanos tão ávidos na busca encontrem o verdadeiro Deus e conheçam Jesus Cristo.

Durante o Ramadã, a Portas Abertas criou uma página especial para quem quiser saber mais sobre esse jejum, com testemunhos de nossos irmãos e pedidos de oração em favor dos países islâmicos.
Acesse e saiba mais.

Missão Portas Abertas

CRESCIMENTO ESPIRITUAL

Continuem a crescer na graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
2 Pedro 3:18


Quando falamos do modo como o crescimento em graça e o crescimento em conhecimento se inter-relacionam, devemos ser cautelosos. Pedro não considera ambos como experiências isoladas ou paralelas, mas como duas experiências que fluem juntamente.

O crescimento na graça de Cristo vem através do conhecimento, mas o crescimento em conhecimento não assegura necessariamente o crescimento em graça. Uma pessoa pode ter um cabedal de conhecimentos bíblicos, e no entanto dispor de pouca graça. Pedro não desejava que a verdade ou conhecimento cristão ocupasse o intelecto sem tocar na vida, o que resulta em esterilidade espiritual.

Entretanto, o conhecimento é a chave para crescer em graça quando permitimos que ele seja absorvido pela alma através da fé e, assim, a alimente; então, ele agirá como uma vitamina na corrente sanguínea. A fé deve exercitar o conhecimento conscientemente e agir sobre ele. O conhecimento da Bíblia não deve ser acadêmico, mas espiritual; somente assim ele se torna transformador.

O conhecimento vem unicamente por uma via — a Bíblia. Os membros da Igreja devem ser o povo do Livro, saturando-se de verdades por meio dele. Aí então se dará o milagre da renovação e da graça.



Ore

Pai celestial, obrigado pela nova vida sob a graça pelo verdadeiro conhecimento de Jesus. Alimenta-nos com tua Palavra para que cresçamos espiritualmente. Por Jesus. Amém.

Pense

O conhecimento da Bíblia não deve ser acadêmico, mas espiritual; somente assim ele se torna transforma

19.8.09

Você é especial

REV. HERNANDES DIAS LOPES

Você pode não ter sido planejado por seus pais, mas foi planejado por Deus. Sua vida não é um acidente. Ela tem um propósito sublime. Deus não precisava ter criado você, mas escolheu criar você, para que você fosse o seu deleite. Deus amou você e se afeiçoou de você antes mesmo de criar os céus e a terra. Ele nunca desistiu de você e por isso, atraiu você com cordas de amor e conquistou o seu coração. Deus adotou você em sua família. Agora, você é filho e herdeiro de Deus. Você é ramo da Videira verdadeira, ovelha do rebanho de Deus, templo da habitação de Deus, membro do corpo de Cristo, menina dos olhos de Deus, a herança de Deus e sua delícia.
Deus criou você para que você o conhecesse, o amasse e nele se deleitasse. Glorificar a Deus e desfrutar da sua intimidade é o maior propósito da sua vida. A busca do ter, a procura pelo sucesso e a sede de satisfazer seus desejos não é o verdadeiro propósito da sua existência. Você foi criado à imagem e semelhança de Deus e somente Deus pode preencher o vazio do seu coração. Coisas não satisfazem a sua alma. Ainda que você tivesse o mundo inteiro aos seus pés e pudesse tomar posse de todos os tesouros do mundo, sua alma ainda continuaria em extrema pobreza sem um relacionamento pessoal com Deus. Somente em Deus seu coração pode encontrar abrigo. Só nele você pode encontrar um porto seguro para a sua alma. Só nele há copiosa redenção. Adorar a Deus é a sua mais sublime vocação. Você foi criado para se deleitar em Deus.
Deus criou você também para que ele mesmo pudesse se deleitar em você. Você foi criado e remido para fazer Deus sorrir. Assim como o noivo se alegra com a sua noiva, assim o Senhor se alegra em você. Sua vida trás alegria para o coração de Deus quando você o ama sobre todas as coisas. Deus é digno de sua maior devoção. Ele merece o seu amor mais profundo. Você deve amá-lo mais do que a família, o dinheiro, a saúde e os amigos. Deus se alegra em você quando você confia nele completamente. Sem fé é impossível agradar a Deus. Ele tem prazer quando seus filhos crêem na sua palavra e se agarram em suas promessas fiéis. Deus tem prazer na sua vida quando você o obedece inteiramente. Devemos honrar a Deus não somente com nossas palavras, mas, sobretudo, com nossas vidas. Deus não busca adoração, mas adoradores que o adorem em espírito e em verdade. Deus sorri quando você o louva continuamente e usa os dons que ele lhe deu para a edificação do Corpo de Cristo.
Deus concedeu-nos o sublime privilégio de sermos seus filhos por adoção e também por natureza. Nascemos do Espírito e somos co-participantes da natureza divina. Além de servos do Deus Altíssimo, somos também seus amigos. Podemos ter íntima comunhão e livre acesso ao Deus soberano que governa os céus e a terra. Quando pecamos contra ele e desobedecemos a sua Palavra, seu perdão nos alcança e sua graça nos restaura. Quando nos sentimos fracos, ele nos fortalece. Quando caímos, ele nos levanta. Quando não temos mais forças para caminhar, ele nos carrega no colo. Ele é o nosso Pai, a fonte da nossa consolação, o nosso refúgio, a nossa alegria e a nossa maior recompensa. Devemos, portanto, nos gloriar não em nossa força, conhecimento, riqueza ou poder, mas em conhecer ao Senhor. Conhecê-lo, amá-lo e viver para o seu inteiro agrado deve ser a grande bandeira da nossa vida. O povo que conhece a Deus é forte e ativo. Conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor!

17.8.09

Taça da época de Jesus com inscrição misteriosa é descoberta em Jerusalém

Uma inscrição misteriosa gravada uma taça de pedra que remonta ao primeiro século do cristianismo foi descoberta em Jerusalém, indicou no início de agosto um dos arqueólogos que participam nas escavações realizadas nas proximidades do palácio de Herodes, o Grande, e do Templo de Jerusalém, destruído no ano 70 pelos romanos.

"Descobrimos uma inscrição de dez linhas em hebreu antigo ou em aramaico em uma taça que aparentemente servia para um ritual de purificação", indicou à AFP o arqueólogo britânico Shimon Gibson.

"As letras são legíveis, mas o significado é muito difícil de decifrar", afirma o pesquisador da Universidade da Carolina do Norte, autor do recente livro "Os últimos dias de Jesus: as provas arqueológicas".

"É possível que este tipo de taça tenha servido a Jesus para lavar-se ritualmente antes de sua última ceia", aventou, enfatizando a raridade da inscrição que consta do objeto.

As escavações dirigidas pelos professores Gibson e James Tabor, também da Universidade da Carolina do Norte, são realizadas no Monte Sion, fora das muralhas da Cidade Velha, no limite entre Jerusalém Oriental e a parte oriental da cidade anexada depois de sua conquista por Israel em junho de 1967.

Fonte: AFP

Louvor enquadrado

Ordem dos Músicos cria Delegacia Cristã, que pretende filiar até quem toca em igreja

Não foi uma cerimônia às escuras. Pelo contrário – a solenidade ocorrida na tarde do dia 12 de março no auditório do Conselho Regional de São Paulo da Ordem dos Músicos do Brasil (OMB), no centro da capital paulista, teve até cobertura da imprensa, com a presença de jornalistas e equipes de tevê. No pequeno ambiente, pastores, músicos – alguns conhecidos e consagrados no meio evangélico – e representantes de parlamentares assistiam a inauguração da primeira Delegacia Musical Cristã, uma espécie de departamento da OMB-SP cuja responsabilidade é sair pelas igrejas à procura de músicos que estejam em situação irregular com a autarquia federal. Entenda-se por situação irregular a falta de pagamento da anuidade ou mesmo a ausência de vínculo com a entidade, uma vez que, de acordo com a Lei 3.857, de 22 de dezembro de 1960, somente quem estiver registrado na OMB pode exercer a profissão de músico.

15.8.09

Palavra para a Igreja

por Morris Cerullo

Muitos anos atrás, Deus entregou-me uma palavra profética para a igreja. Estava em minha casa, orando de manhã, e senti a sua maravilhosa presença. Aquela tão conhecida unção do Espírito Santo manifestou-se ao meu lado: senti como se alguém tivesse colocado a mão em meu ombro direito.

Ergui os olhos e vi a manifestação da presença de Deus em seu resplendor. Então Ele falou comigo:

"Diga ao meu povo que tudo que estiver fraco será abalado. Diga a todos que se preparem e fortaleçam a fé. Se eles não estiverem fortalecidos quando a crise sobrevier, não se manterão de pé. Eles devem basear a fé naquilo que é infalível e invencível: a minha Palavra."

Desde então, temos experimentado esse abalo. Temos visto problemas políticos e crises econômicas. A estrutura do poder mundial tem sido abalada. Entretanto, ainda não experimentamos a grande crise que sobrevirá a este mundo. Uma crise sem precedentes está por vir, e Deus fará com que TUDO que esteja fraco seja abalado. Não é o diabo quem o fará, mas Deus.

De acordo com o plano de Deus para os últimos dias, a terra será abalada "ainda uma vez". Essa expressão refere-se à última remoção. “Isso nos diz que esse abalo, essa crise está por vir. Ela chegará durante a colheita dos últimos dias, na "plenitude dos tempos", quando Deus reunirá todas as coisas em Cristo” (Ef. 1.10).

Esse abalo afetará todas as denominações cristãs. Todos o sentirão. Não será satanás que fará isso, mas Deus. A minha advertência é para que você se prepare.

Qual é o propósito de Deus com essa crise? Existem coisas na Igreja que Deus precisa remover para que sejamos capazes de apresentar-nos sem mancha e sem ruga, sem defeito, diante do trono de Deus.

A nossa experiência cristã será abalada. Temos hoje todo tipo de doutrina e ensino teológico. Isso se dá por dois motivos: os líderes e os liderados. Não culpe o pregador se você é ingênuo o suficiente para aceitar tudo que ouve na igreja. É muito fácil criticar o pregador que o desvia do caminho. Entretanto, se você sabe para onde está indo, jamais será enganado.

Hoje há muitos crentes preguiçosos ou ocupados demais para estudar a Palavra e "permanecer" nela. Apóiam-se em certos pregadores e mestres e aceitam qualquer ensino que eles transmitem. É muito fácil depender de alguém, em vez de estudar as Escrituras e ver se o que ouvimos realmente é a Palavra de Deus, pura e sem adulterações. Esses crentes não conseguirão permanecer de pé.

Alguns cristãos costumam repetir: "Jesus voltará em breve!", mas não colocam em prática o que pregam. Crêem no fato de que Cristo está voltando, mas estão tão envolvidos com os cuidados desta vida que não têm tempo de testemunhar nem de orar a favor dos perdidos. Não têm tempo para se dedicar ao jejum e à oração. Não se comprometem nem dedicam o seu tempo, as suas forças nem as suas finanças para alcançar os não-crentes. O coração deles ainda está preso a este mundo.

Deus não tolera esse tipo de espiritualidade, Esses cristãos serão abalados. Só uma coisa nos ajudará a permanecer firmes enquanto tudo ao nosso redor for sacudido pela crise: a Palavra INFALÍVEL E INVENCÍVEL de Deus.

O vocábulo "infalível" significa "sem margem para erro", "incapaz de enganar ou de desviar alguém do caminho".

Nenhuma doutrina ou teologia humana é infalível. Poucos ensinamentos permanecem. Vivemos um estado de constante aprendizado e mudança.

Agora preste atenção: não podemos dar-nos o luxo de experimentar constantes mudanças espirituais. Precisamos ter certeza absoluta do que cremos! E, para alcançar essa certeza, temos de apoiar a nossa fé no que é infalível.

Não deposite a sua confiança no ser humano.

Não deposite a sua confiança em doutrinas humanas.

Não deposite a sua confiança em denominações. Todos estão sujeitos a mudança e a erro. Todos PODEM enganar-nos e desviar-nos do caminho, se não estivermos convictos acerca da verdade.

Deposite a sua fé e a sua confiança na Palavra de Deus, que é INFALÍVEL!

A Palavra de Deus, além de jamais nos enganar e desviar-nos do caminho, é também INVENCÍVEL, o que significa que não pode ser atacada nem derrotada. Nada pode dominá-la. Deus e sua Palavra são inseparáveis!

Danni Carlos de A Fazenda surpreende-se com as Revelações da Bíblia


danni-carlos-a-fazendaA Bíblia – um livro nem tão antigo assim – tem surpreendido a roqueira Danni Carlos, em A Fazenda. Conversando com Carlinhos da Silva nesta madrugada de terça-feira, a caipira do rock confessou estar “chocada” após ter tido algumas revelações graças à leitura dos textos bíblicos.

Cara, eu não sabia que a Bíblia era tão interessantes, porque umas guerras, umas sagas. Tem umas coisas assim, estratégias de ’se esconde no monte tal’, ‘vai e entra’. E você não consegue mais parar (de ler) de curiosidade. Muito legal”, revelou surpresa a caipira do rock, para continuar: “Tem umas coisas incríveis. Não sabia que era tão dinâmico assim.”

“É, né! Saindo daqui eu vou começar a ler”, disse Mendigo, que explica querer uma versão para iniciantes. “Você nunca leu também? Ler por ler, né?”, quis saber o comediante.

Danni Carlos contou não ser uma assídua leitora da Bíblia. “Eu lia, mas eu lia mais assim pra pedir um conselho. Tô lendo as histórias agora. Lia pra pedir uma orientação. Até hoje eu faço isso. Mas agora eu peço a orientação, leio. Mas depois eu tô lendo historicamente, as histórias”, confessou a roqueira, demonstrando surpresa.

A cantora admirou-se ainda com a atualidade contida nas Escrituras Sagradas. “Tem coisa tão atuais e tem tanto tempo atrás. Nossa, há mais de dois mil anos. E tem questões e coisas políticas tão atuais. Nada muda, sabe? É impressionante. Cara, tô chocada!”

Fonte: Terra / TV Record

Gripe A(H1N1) leva rabinos a mudança de hábito de beijar objeto santo em Israel

O alastramento da gripe A (H1N1)-- em Israel está levando líderes religiosos a rever costumes profundamente arraigados na tradição judaica e instruir os seguidores a mudá-los para impedir a propagação da doença. O rápido aumento no número de casos de gripe suína em Israel gera dilemas de caráter religioso. Um deles se refere a um antigo costume da tradição judaica, de beijar a mezuzah, um objeto instalado no umbral das portas de residências judaicas que contém um pergaminho dobrado, em hebraico, com trechos da principal oração do livro Deuteronômio, do Velho Testamento. Pessoas religiosas costumam beijar a mezuzah ao entrar e sair de casa e o objeto também é colocado nos umbrais de portas de instituições públicas, inclusive em hospitais.
O beijo não é direto, as pessoas costumam tocar na mezuzah com a mão e depois levá-la aos lábios.

De acordo com o medico Ilan Yungster, do hospital Assaf Harofeh, a mezuzah pode ser uma "colônia de bactérias" e portanto o costume não é recomendável. O médico também afirmou que, "por ser um objeto religioso, existe um receio de desinfetar a mezuzah". Segundo o site de notícias Ynet, vários médicos afirmaram que bactérias podem sobreviver por longos períodos na superfície de todos os tipos de objetos, mas se negaram a mencionar especificamente a mezuzah, "por não querer complicações com os rabinos". O grão-rabino de Israel, Shlomo Amar, afirmou que pessoalmente pretende continuar com o costume mas disse que "se há perigo, deve-se beijar ''o ar''".

O rabino mencionou a possibilidade de que as pessoas não toquem diretamente no objeto e afirmou que, se o Ministério da Saúde emitir uma instrução oficial contra o beijo à mezuzah, "recomendo colocar a mão perto dela e depois beijar, para não perder esse costume bom e importante".

Hospitais

Com o agravamento da gripe suína, as autoridades médicas recomendaram que o público evite visitas aos hospitais. Essa recomendação também gera um dilema para o público religioso, que costuma seguir outro preceito bastante arraigado na tradição, que é o de visitar os doentes.

A rádio religiosa Kol Hai informou que vários rabinos autorizaram seus seguidores a cumprir as instruções das autoridades médicas e não ir visitar os doentes nos hospitais. De acordo com o Ministério da Saúde, nas últimas duas semanas, o número de infectados pela gripe suína em Israel aumentou mais de três vezes.

Desde julho passado, as autoridades instruíram os hospitais a realizarem exames específicos da gripe apenas em caso de doentes crônicos ou de mulheres grávidas, portanto não se sabe o número exato de pessoas infectadas no país. Foram registrados sete casos de morte pela doença desde o início da epidemia e atualmente 13 doentes infectados encontram-se hospitalizados em estado grave.

Fonte: Folha on-line

Compositor agora convertido, esclarece polêmica sobre a música Ilariê tida como do diabo

Quem nunca ouviu a música Ilariê? Interpretada pela apresentadora Xuxa, a música causou muita polêmica após seu lançamento. Dizia-se sobre ela ter sido composta e consagrada ao diabo. Para comprovar esta afirmação, muitos veículos de comunicação exploraram a polêmica rodando a música ao contrário. Enquanto a música era rodada ao contrário, o diabo estaria, supostamente, falando através da composição. Mas o que o compositor de Ilariê tem a dizer sobre a polêmica? Afinal de contas, Cid Guerreiro fez ou não um pacto com o demônio para compor esta música?

Em entrevista ao programa Balaio, Cid Guerreiro esclareceu a história. Convertido ao evangelho de Cristo, o cantor afirma já ter feito parte de outras religiões, como macumba, candomblé, seicho-no-ie e espiritismo. Guerreiro afirma, porém, que ele passou por todas essas religiões em busca de Deus.

Na época em que a polêmica sobre Ilariê estourou, Cid Guerreiro tomou “birra” do evangelho. Um pastor afirmou que estava do lado de Cid quando ele fez um pacto com o diabo. Mas o cantor negou a afirmação. A polêmica rendeu sérias consequências para a vida de Cid. “Fiquei conhecido como filho do demônio, comecei a perder shows, as crianças não queriam mais ouvir minha música”, contou. “Quando eu via uma igreja evangélica ou um pastor na rua, ficava irado”.

Cid Guerreiro conta que sempre teve intimidade com Deus, mesmo antes de se converter. “Eu perguntava pra Deus por que tudo aquilo estava acontecendo e dizia que não merecia aquilo, que eu era um cara do bem”, disse.

Segundo o cantor, a apresentadora Xuxa também ficou chateada com as afirmações sobre Ilariê. “Quando ocorreu um incêndio no programa da Xuxa, começaram a dizer também que era coisa do diabo”, disse. “Ela ficou muito brava na época”.

Para Cid Guerreiro, ficar rodando discos ao contrário para procurar falas do demônio é “falta do que fazer”. “Para o cara pegar o disco e voltar ao contrário, no mínimo, faltou bateria na radiola dele”, brincou. “Deus nos deu dois ouvidos, uma boca e, dentro dela, a maior arma do mundo: pode edificar e pode destruir”.

Cid Guerreiro fez um convite à reflexão: “Precisamos fazer um exercício diário: olhar no espelho todas as manhãs. Se conseguirmos ver Jesus Cristo podemos, então, pensar em julgar alguém. Enquanto virmos nossa própria cara, temos que lembrar que somos pecadores. Deus deu o único filho dele para pagar nossos pecados. Quem somos nós pra julgar alguém?”.

Fonte: Lagoinha.com

Um australiano que ficou tetraplégico depois de ser atropelado por um carro ganhou, nesta sexta-feira, o direito de recusar tratamento e morrer em Per

Um australiano que ficou tetraplégico depois de ser atropelado por um carro ganhou, nesta sexta-feira, o direito de recusar tratamento e morrer em Perth, na Austrália. A Suprema Corte do Oeste da Austrália decidiu a favor de Christian Rossiter, de 49 anos, que pediu que fosse retirado o tubo que o alimenta, hidrata e o mantém vivo na Casa de Saúde Brightwater. Em uma declaração lida na corte por sua advogada, Rossiter disse: “Não consigo realizar nenhuma função básica. Não consigo assoar meu nariz. Não consigo secar as lágrimas dos meus olhos”.

Ele teria descrito sua situação como um “inferno em vida”.

A casa de saúde consultou a Justiça sobre as consequências de suspender o tratamento, depois do pedido de Rossiter, que mantém suas faculdades mentais. A advogada do paciente argumentou que não há qualquer lei, ou precedente, que permita à casa de saúde ignorar o pedido de Rossiter. A decisão do juiz Wayne Martin, de que o paciente tem direito a recusar tratamento médico, isenta a casa de saúde de qualquer responsabilidade. Na Austrália, ajudar alguém a morrer é crime e pode ser punido com prisão perpétua.

Tratamento

A expectativa é de que Rossiter morra dentro de uma ou duas semanas depois de retirado o tubo. Ele poderá decidir recusar o tratamento quando quiser e também poderá mudar de ideia a qualquer momento. Segundo a mídia local, Scott Blackwell - presidente de uma ONG sobre tratamentos paliativos no fim da vida na região, (Palliative Care WA) – disse que a decisão foi “sã e razoável”. Segundo Blackwell teria dito à imprensa, “este tipo de morte não envolve muita dor ou estresse, e o paciente morre lentamente, depois de entrar em coma".

“As pessoas acham que é uma péssima maneira de morrer, mas ela não envolve muito sofrimento, desde que as medidas paliativas apropriadas estejam em vigor para mantê-lo confortável”, disse Blackwell.

Fonte: BBC Brasil

7.8.09

Bedel 'obriga aluno a fumar 42 cigarros' na Malásia



Cigarros (arquivo)

Garoto foi levado ao hospital com lábios inchados após punição

Um aluno teria sido obrigado a fumar 42 cigarros como punição por ter sido flagrado com tabaco em uma escola secundária na Malásia.

Segundo a imprensa local, outros estudantes e professores testemunharam a aplicação da pena por cerca de duas horas em um dormitório de estudantes na ilha de Pulau Tuba, no noroeste do país.

"Fui forçado a fumar quatro cigarros por vez até chegar a 42", disse o adolescente Mohd Alif Arifin, 16, ao jornal malaio New Straits Times.

A rigorosa medida foi tomada depois que cigarros e um isqueiro foram encontrados no armário do adolescente.

Segundo o jornal britânico The Times, o rigor foi ainda mais severo porque, até então, o garoto era um modelo de bom comportamento na escola.

Após a punição, o garoto, que mora com os tios, foi mandado de volta para casa. Eles perceberam que o menino tinha os lábios inchados. Quando souberam do episódio, deram queixa na polícia.

"Ele não pôde comer por cinco dias", disse a tia aoNew Straits Times.

A escola já pediu desculpas à família, que aceitou o pedido. Uma autoridade educacional malaia confirmou que a punição não foi "apropriada" e que uma sindicância foi aberta no departamento de Educação para estudar possíveis medidas.

Em 2007, houve indignação junto à opinião pública da Malásia depois que uma professora obrigou quase 150 alunas a permanecer por uma hora dentro de um lago fétido e a passar a noite na chuva do lado de fora do dormitório, porque ninguém assumiu a culpa por entupir os canos dos banheiros.

Segundo correspondentes, uma forma de punir indisciplina nas escolas do país são palmadas com bastões de junco cobertos com sal.

6.8.09

PROCURADORIA QUER VETAR SÍMBOLOS RELIGIOSOS

Reprovada pela Igreja Católica, a ação do Ministério Público Federal de São Paulo pedindo a retirada de símbolos religiosos de repartições públicas federais no estado encontra defensores entre evangélicos e igrejas cristãs históricas. No final de julho, a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão em São Paulo ajuizou ação civil pública pedindo à Justiça que obrigue a União a retirar símbolos religiosos, como crucifixos e bíblias, de áreas públicas de órgãos federais. O argumento é o de que os objetos ofendem a liberdade de crença e sua permanência fere o princípio do estado laico. A decisão caberá à juíza Maria Lúcia Lencastre, da 3ª Vara Federal, que irá ouvir a União antes de tomar uma decisão. A ação da Procuradoria teve origem com uma representação do grupo Brasil para Todos, que defende a laicidade do estado e a impessoalidade da administração pública.

Os templos Mórmons são cristãos?

A igreja mórmon, oficialmente conhecida como A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, opera com numerosos templos sagrados em todo o mundo. Ela afirma que estes impressionantes edifícios e os rituais incomuns neles realizados (tais como o batismo pelos mortos e o casamento eterno) são uma extensão do templo de Jerusalém descrito na Bíblia. Também afirma que a igreja primitiva estabelecida por Jesus Cristo e Seu apóstolos praticava esses rituais.

Como você está visitando este templo mórmon, considere, por favor, estas perguntas:

· Há base bíblica e histórica para afirmar que os templos e seus rituais fossem parte do cristianismo original?

· É fundamentada a afirmação de que a igreja mórmon é a única igreja cristã, verdadeira e “restaurada”?

Este folheto responde a estas questões. Nele, analisa-se o que a Bíblia ensina sobre a origem e o propósito do templo do Antigo Testamento. Analisaremos o que a Bíblia ensina sobre a origem e o propósito do templo do Antigo Testamento, bem como a predição de Jesus sobre a iminente substituição daquele pela adoração cristã no Novo Testamento. Com base nessas evidências, cremos que torna-se claro que os templos mórmons e os rituais neles realizados não têm qualquer fundamento no verdadeiro evangelho de Jesus Cristo.

Leia mais>>

5.8.09

O fascí nio por Jesus Cristo

PR. DAVI LAGO

Nunca podemos perder o fascínio pelo evangelho. Houve um grande pregador do evangelho chamado Gypsy Smith.

Esse homem proclamou a mensagem de Cristo por 70 anos. Certa vez perguntaram para ele: “Como o senhor conseguiu pregar o evangelho durante 70 anos sem esmorecer ou desanimar”. O velho pregador respondeu sucintamente: “Eu nunca perdi o encanto!”. Nunca podemos perder o encanto pela mensagem de Jesus.

Houve outro homem que estava viajando de trem. Logo que a máquina começou a andar e adentrar nas mais belas paisagens, o homem começou a dizer: “Que maravilha!”. E novamente repetia: “Que maravilha!”. Passava mais um pouco, e ele dizia outra vez: “Que maravilha!”. Chegou um momento que outro passageiro ficou incomodado. Esse passageiro foi àquele homem e disse: “Por que você não pára de dizer ‘que maravilha! Que maravilha! ’?”. O homem respondeu: “Eu era cego e acabei de fazer uma cirurgia.

Agora posso ver. O que para você pode ser algo comum, para mim é uma maravilha!”.
Se não renovarmos continuamente nosso fascínio pelo evangelho, se não nos renovarmos em Deus todos os dias, a mensagem de Cristo pode se tornar algo trivial em nossa vida.

4.8.09

Exibição de filme cristão é interrompida por adolescentes bêbados

A exibição de filmes é um meio de evangelismo

ÁSIA - Recentemente, a projeção de um filme cristão foi interrompida quando um grupo de adolescentes ameaçou agredir fisicamente os missionários envolvidos no evento.

O vilarejo onde o filme estava sendo exibido tem mais de 100 casas, mas nenhum cristão. O povo é conhecido por um sentimento anticristão, principalmente entre os jovens, e os missionários não podem realizar visitas. No entanto, o chefe do vilarejo permitiu que os missionários da Gospel for Asia, Badal Ahuja e Caleb Saini, exibissem um filme sobre a vida de Jesus Cristo.

Eles traduziram o diálogo para o idioma local e reuniram uma multidão de cerca de 300 pessoas. A resposta foi positiva, até que os adolescentes chegaram bêbados e prontos para brigar.

“Eles disseram para os missionários pararem o filme ou iriam agredi-los. Então, eles disseram que se houvesse qualquer outro filme que não fosse cristão, permitiriam que os missionários o exibisse.”

Com a segurança em jogo, e sem possibilidade de continuar o evento, os missionários desmontaram seus equipamentos e deixaram o vilarejo.

Ore para que o trecho do filme que foi exibido desperte um interesse por Jesus entre os moradores do vilarejo. Ore por sabedoria e proteção para Badal e Caleb, enquanto continuam a ministrar nessa área.


Tradução: Portas Abertas


Fonte: ASSIST - News Service

3.8.09

IGREJA É...

A Igreja é o corpo de Cristo; é nela que Cristo está completamente presente, ele que completa todas as coisas em todos os lugares. Efésios 1:23



Definições da Igreja são difíceis de achar. A Bíblia não nos dá uma definição clara e simples. Mas ela nos dá vários indícios da Igreja em atividade, de sua estrutura e comportamento, o que nos ajuda a compor sua efígie.

A igreja é um organismo entrelaçado, unificado, inter-relacionado, interdependente, integrado, na medida em que todas as suas faculdades e membros se juntam numa maravilhosa unidade controlada pelo Cabeça, Jesus Cristo. Cada membro honra o Cabeça pela obediência à sua vontade e pelo amor de uns para com outros de seus membros.

Não há nada neste mundo semelhante à Igreja, que é a forma terrena, embora ainda imperfeita, da Igreja Gloriosa que Ele instalará na sua vinda com todos os santos, mártires e os que forem fiéis até o fim. A Igreja é a testemunha viva da sua presença conosco por meio do Espírito Santo, contra a qual as portas do inferno não prevalecerão.

A igreja deve ser um agente de transformação na sociedade e no mundo. Sua missão foi definida pelo próprio Cristo antes de sua ascensão: “Vão a todos os povos do mundo e façam que sejam meus seguidores, batizando esses seguidores em nome do Pai, do Filho do do Espírito Santo.”



Ore

Deus, nosso Pai, louvamos-te pelo mistério da Igreja, o Corpo de Cristo. Faze-nos dignos de pertencer a ela, sendo obedientes e fiéis a nosso Salvador e Cabeça.
Em nome 
de Jesus. Amém.

Pense

A igreja é o fermento que leveda a massa — a sociedade ou o mundo.

www.cadadia.com.br