31.10.12

“E também agora o machado está posto à raiz...”

Não posso negar que muitos na igreja de Cristo estão doentes, e também não estou interessando em achar ou apontar culpados. A nossa murmuração, nossas palavras críticas, fofocas e insatisfação transmitem “doença e morte” aos que nos ouvem. Mas alguns “pastores”, líderes vaidosos e irresponsáveis, visam apenas seus próprios interesses, pregando apenas aquilo que o “povo quer ouvir”, colocando suas opiniões pessoais acima do que Cristo ensinou e viveu. Esses liderem atraem multidões com uma graça falsificada, com um Evangelho sem a Cruz de Cristo.

          Cristo é a solução de Deus para o homem, mas muito de nossos problemas surgem de escolhas erradas que fazemos, e o que plantamos vamos colher os frutos – essa é a lei natural. Quando percebemos que nossas palavras não geram a Vida de Deus aos irmãos, precisamos orar e pedir ao Senhor que novamente ilumine nosso coração e nos purifique.Hoje o Senhor está nos convidando, de maneira nova e profunda, a tomar diariamente a nossa cruz para mortificar o nosso ego, colocando o machado na nossa raiz.
         Hoje, a centralidade do culto, no reino dos homens é a cura, prosperidade, sucesso, muito dinheiro, vida boa. Muito diferente do ensino de João Batista, que sempre focalizava JESUS CRISTO – O Homem que Venceu a Cruz e que foi o modelo de servo fiel e prudente.
         Para Deus, devemos dar sempre o melhor em todos os sentidos. Tive a oportunidade de no ultimo sábado, 27/10/2012, dar o meu melhor para Deus, na Ministração Profética do Pr. Fernandinho em Ilhéus-BA. Não foi nenhum “show gospel” como muitos julgam – mas foi um verdadeiro culto onde foi ministrado que precisamos voltar ao Evangelho de Cristo, precisamos voltar para Deus. No decorrer da ministração o Pr. Fernandinho disse por diversas vezes o machado está posto à raiz”.
          Essa afirmação encheu meu coração naquele momento do culto e o Pr. Fernandinho também pediu para que orássemos em grupos de quatro pessoas o que evidenciou a direção do Espírito Santo naquele evento. No domingo de manha fui para minha igreja dizendo isso a todos e também no delicioso churrasco que nosso pequeno grupo preparou para aquele domingo, esse foi o meu assunto central. Agora, resolvi compartilhar o que o Senhor liberou para mim nessa rica porção de Sua Santa Palavra.
            Deus sempre quer dar um basta naquilo que impede nossa correta visão dDele. Um dos “basta” de Deus foi afirmado por João Batista “E também, agora, está posto o machado à raiz das árvores; toda árvore, pois, que não produz bom fruto é cortada e lançada ao fogo” (Mt 3.10). Esse verdade da Palavra de Deus expressa uma profunda mudança na nossa forma de pensar e de agir. Estou convencido que para o Senhor liberar a Vida em nosso corpo mortal e abatido pela lei do pecado, Ele não esta querendo fazer pequenos ou grandes “reparos”. O Senhor não está disposto a nos “consertar” com essa ou aquela pregação. O que é apenas “consertado” ou apenas “reparado” poderá apresentar novamente defeito no futuro e acaba perdendo sua originalidade.
          Deus nos chama a irmos muito além do ritual da religião; a uma mudança radical no nosso pensamento e no nosso comportamento porque fomos eliminados do Jardim de Deus por sugestão de Satanás e desobediência de Adão e Eva. Paulo expressa essa verdade: “Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia. (2 Cor 4:16)”
          O ser humano pode ser representado por “árvores” (Mc 8:22 à 25) e é confortador saber que Deus não olha para a aparência da árvore, mas o que ela produz. Na verdade, o que o Senhor quer de nós é que estejamos ligados na Videira para receberem a liberação do Espírito Santo e assim darmos frutos permanentes. Entretanto, muitos estão apenas queremos mostras as “folhas” da árvore. Essas folhas representam nossas vontades, nossas conquistas, posições, status, nossa própria sabedoria e conhecimento. Alguns, no Jardim de Deus são como figueiras, apenas com folhas e sem frutos (Mt 21:19).
          Jesus é a representação profética, viva e atual do “machado de Deus”. Se o machado for usado apenas no caule, folhas, flores e frutos, por um tempo eles desaparecerão. Aparentemente passamos algum tempo bem em nossa vida espiritual... Não muito tempo depois as folhas começam a aparecer novamente juntos com os “nossos frutos” que não subsistem diante do Juízo de Deus. Não há regras contra a força do pecado, das folhas que não foram eliminados pela raiz. O que a religião ou um sermão podem produzir em uma “arvore” que não morreu ainda - apenas remendos ou consertosO machado precisa ser usado na raiz; isso irá gerar a morte da árvore, a nossa morte. Mas só assim poderemos nascer no Jardim de Deus sem deixar que as “feras” invadam esse Jardim.
          O apóstolo Paulo reconhecia a necessidade de permitir o uso do machado em sua própria raiz: “Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e, com efeito, o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem (Rom 7:18)”
         Para a vida de Deus ser implantada em nós, para que as folhas não cresçam novamente o “machado precisa ser posto na raiz”. Isso é muito esclaredor porque muitos ainda vivem na prática do pecado, quando o machado não é utilizado no lugar certo. Para o Senhor Deus gerar Sua Vida em nós primeiro precisa “matar” a árvore. O machado na raiz destrói completamente a árvore; destrói completamente nossa natureza pecaminosa, e somos “gerados” homem espiritual, jardim de Deus, plantação de Deus, lavoura de Deus (1 Co 3.9).
          Muitos nas igrejas dizem crer em Deus, mas não têm estabilidade, firmeza e caráter cristão por não se alimentarem da Palavra de Deus; não vivem por Jesus e nem para o Seu Reino. Essas árvores improdutivas, cujo machado não é aplicado na raiz, serão exterminadas definitivamente “... árvores em plena estação dos frutos, destes desprovidas, duplamente mortas, desarraigadas” (Jd 12)
        O machado está posto à sua raiz? O machado de Deus sempre existirá e é você quem precisa deixar Ele ser usado em sua raiz, em sua essência – no mais intimo do seu ser. Assim ocorrerão mudanças significativas em nossa vida. O machado posto à raiz representa:
  • a)     A morte do nosso “eu”, representado pelo velho homem com sua natureza pecaminosa;
  • b)     Que não devemos brincar com o pecado, mas devemos vencê-lo antes que ele nos arruíne;
  • c)      O entendimento que a questão do pecado já foi algo plenamente resolvido na base que Deus estabeleceu - a Cruz de Cristo;
  • d)     Nossa genuína conversão ao senhorio de Cristo e um não ao “evangelho light” e sem compromisso amplamente divulgado nos dias de hoje;
  • e)      O parâmetro para nossa função no Reino: dar frutos permanentes;
  • f)       A autenticidade da Palavra de Deus, que nos liberta do pecado e do “jugo de Satanás”;
  • g)     Nossa total dependência do Espírito Santo e submissão à vontade de Deus;
  • h)     O reconhecimento da Essência do Evangelho, Jesus Cristo, e nossa íntima relação com Ele;
  • i)       Mudança radical em nosso pensamento, vontade, emoção e ações, evidenciado pelo desprendimento das coisas terrenas e passageiras;
  • j)       A eliminação de práticas externas e religiosas que buscam aprovação dos homens, sem a real conversão. Misericórdia quero e não holocausto. 
         Tenho colocado minha vida à disposição do Senhor Jesus e lutado muito para combater a religiosidade, a frieza a e exclusão da Palavra de Deus de nossas vidas. Essa exclusão de Deus, de Seus Princípios tem sido uma tendência atual em nossos dias. Deus não muda e Sua Palavra também permanece para sempre.
          Mesmo vivendo na “era da informação” caracterizada pelos mais diversos recursos tecnológicos, onde alguns na igreja até substituíram a Bíblia por tablet ou smartphone,  se quisermos ser sábios e felizes precisamos nos voltar ao livro mais importante de todos: a BíbliaAqueles que desejam ser ensinados por Deus precisam permitir que o machado seja posto em sua raiz, precisam ler a Bíblia (II Tm 3:16-17). Já ouvi determinado “pastor” dizer: “Deus não é tão exigente assim”. Mas uma prova que o machado não está colocado na raiz. Grande engano desse e de diversos outros que dizem servir a Deus e assim como Sansão“procuram doçura na podridão” (Sansão encontrou um leão morto no qual havia um favo de mel, então ele tomou o mel o degustou sem nem mesmo se lembrar de seu voto com Deus – que por ser nazireu não podia tocar em qualquer coisa morta (Jz 14:8-9).
          Não perca a coragem de ser diferente, resplandeça como “luzeiro nas trevas”. Em Seu ministério terreno, Jesus orientou como deve ser a nossa vida. Apenas para ilustrar o Seu grande Ensino, devemos:
1.      Colocar em prática os ensinos da Palavra de Deus, vivendo o Evangelho Pleno.
2.      Permitir que o Espírito Santo santifique  seu espírito, alma e corpo (I Tes 5:23);
3.      Buscar Unção, paz e intimidade com Deus;
4.      Não temer se vivermos na Presença de Deus e se dependermos exclusivamente de Seus Cuidados.
5.      Agir diferente do “curso desse mundo”;
6.      Negar a nós mesmos, deixando tudo o mais de lado e permitindo que a Vida de Deus cresça mais e mais em nós;
7.      Não fazer pouco caso do nosso compromisso com Deus e ter vigor no testemunho;
8.      Servir e ajudar os outros;
9.      Não viver seduzidos pela busca pelo dinheiro, poder ou fama;
10. Pregar o Evangelho do Reino;
11. Compartilhar nossa fé e alimentar nossos conservos;
         Senhor Jesus, como preciso ser fortalecido em Sua Presença. Quero depender unicamente de Teu Cuidado e Auxilio. Pode colocar o Seu Machado em minha raiz. Atrai-me Senhor, seja o meu Deus.

  • Afirmativa-Chave:  O machado de Deus sempre existirá e é você quem precisa deixar Ele ser usado em sua raiz, em sua essência – no mais intimo do seu ser. Jesus é a representação profética, viva e atual do “machado de Deus”.
  • Pergunta Padrão: Você tem permitido diariamente que O machado esteja posto à sua raiz?

Gilvan Silva Santos, servo do Deus Altíssimo em espírito, alma e corpo(I Tes 5:23)

30.10.12

Briga em família

Malafaia: briga com o irmão
Silas Malafaia conseguiu eleger Neilton Mulim em São Gonçalo, segundo maior colégio eleitoral do Rio de Janeiro, mas brigou feio com o seu irmão.

O deputado estadual Samuel Malafaia levou bronca do pastor por aparecer no programa do rival, Adolfo Konder.

Mulim foi apoiado na campanha por Anthony Garotinho e Malafaia. Já Konder, por Dilma Rousseff, Sérgio Cabral, Eduardo Paes, Lindbergh Farias e Marcelo Crivella.

Com informações da coluna Radar on-line
Por Lauro Jardim

28.10.12

PERIGUETE GOSPEL

Por Dani Marques
Há muito se sabe que os homens são atraídos pelo olhar. Não é segredo pra ninguém que um homem consegue se excitar em questão de segundos, basta deslizar os olhos pelas curvas bem distribuídas de uma mulher, estando ela de roupa ou não. Existe uma comparação muito antiga e verdadeira que diz: "os homens são como forno elétrico, “acendem” num piscar de olhos, e as mulheres como forno a lenha, precisam de uma boa dose de carinho, atenção e afeto para que surja a primeira chama." Não, os homens não agem desta forma porque são tarados e maníacos sexuais, mas sim por causa da sua formação neurológica e hormonal. Eles foram criados assim! “Quer dizer então que se o meu marido trabalha com uma periguete vai passar o dia excitado e ardendo em desejo?” Depende. Se vocês tiverem uma vida sexual satisfatória e seu marido for um homem temente a Deus, capaz de controlar seus olhos e pensamentos, um decote ou bumbum bonitinho não causará muito estrago. Mas infelizmente esta não é a realidade da grande maioria dos casamentos. E existe algo que agrava um pouco mais a situação: a maneira como nós, mulheres, nos vestimos. E é sobre este assunto que quero falar.


Está em alta uma nova moda, uma moda que chegou para destruir vidas e relacionamentos. Estou falando do "estilo periguete”. Vamos juntos analisar alguns modelitos:

- Saias abajur de perereca - criada para cobrir nádegas e pelos pubianos, apenas;
- Blusinhas guardanapo - peça produzida para evitar que os mamilos apareçam;
- Vestidinho saída de banho - união das duas peças acima, mas com uma vantagem: cobre o umbigo;
- Peças segunda pele - deixa tudo em relevo, inclusive a cicatriz da cirurgia de apendicite.

O interessante, é que as adeptas a esse estilo não sentem frio. Não sei qual o segredo. Talvez o fogo que vem de dentro. Mas notei que quando a temperatura está abaixo de 10°C, o problema é solucionado com um casaquinho e uma meia arrastão. Leia mais em Genizah

25.10.12

CORRUPÇÃO, UM CÂNCER SOCIAL, afirma Hernandes Dias Lopes

O pastor presbiteriano pede em seu Facebook que as pessoas se posicionem contra toda a forma de corrupção.

Do Gospel Prime

O reverendo Hernandes Dias Lopes escreveu um texto em sua página do Facebook comentando os problemas que a sociedade brasileira enfrenta por causa da corrupção, lamentando ver o dinheiro de impostos – os mais caros do mundo – sendo desviados das principais necessidades da população.
“Entram governos e saem governos, mas a inclinação criminosa da corrupção continua como parasita, devorando os recursos destinados à saúde, à educação, à segurança e ao progresso”, escreveu.

O reverendo presbiteriano não fala só da corrupção política, mas pede o posicionamento dos leitores contra toda a espécie de corrupção, tanto no governo, como também nas igrejas e na família.

Leia:
“CORRUPÇÃO, UM CÂNCER SOCIAL

A corrupção é um câncer que está matando a sociedade brasileira. As famílias sentem-se exploradas pela corrupção endêmica e sistêmica dos poderes constituídos. Pagamos os impostos mais altos do planeta, e vemos pouco retorno.

Somos a sexta maior economia do mundo, e temos uma das mais perversas distribuições de renda conhecidas. Somos uma nação rica e um povo pobre. Nossos recursos caem no ralo da corrupção. Os partidos políticos perderam sua ideologia e servem apenas para lotear o poder e facilitar a roubalheira. Entram governos e saem governos, mas a inclinação criminosa da corrupção continua como parasita, devorando os recursos destinados à saúde, à educação, à segurança e ao progresso.

Neemias, governador de Jerusalém, mostrou que é possível ser um político íntegro. Por causa do seu temor a Deus e do seu amor ao povo, ele não roubou os cofres públicos nem permitiu que os escalões do seu governo roubassem. Quando homens avarentos e corruptos sobem ao poder, o povo geme, as famílias são roubadas e a injustiça campeia.

Deus abomina a riqueza mal adquirida. Deus abomina a opressão. Devemos posicionar-nos firmemente contra toda espécie de corrupção, seja no governo, na igreja ou na família.”

21.10.12

Como é o seu Deus?


“Elevo os meus olhos para os montes e pergunto: 
‘De onde virá o meu socorro?”
Sl 121.1

Quem é o seu Deus? Podemos ter falsas imagens de Deus. O deus Papai Noel é aquela imagem do velhinho de barbas brancas, bonzinho, condescendente e totalmente inofensivo. É um deus “açucarado” demais, que depende de um palco que lhe preparam, pois não tem poder algum para fazer algo por si mesmo. É doce demais para levar a sério as nossas aflições e nos consolar. Não mata a sede de nossas almas, nem nos traz paz.

O deus carrasco é aquele fiscal severo e enérgico que o vigia, atento a tudo, com o intuito de pegá-lo em alguma falha para o punir. É aquele deus de mão pesada, que desconsidera a fragilidade humana e lhe dá aquilo que é além de suas forças para suportar. Ele não se importa conosco, com nossa dor, mas tudo o que faz é para agradar a si mesmo.

O Deus verdadeiro é o Criador dos céus e da terra, que nos conhecia enquanto ainda estávamos no ventre de nossa mãe. Ele é o poderoso Deus que, ao mesmo tempo em que tem o poder para controlar todas as coisas, também nos ama profundamente, conhece o nosso sofrimento e nos carrega em meio à dor.

ORE


Pai, ajuda-me a conhecê-lo melhor e a ter uma imagem correta da sua pessoa, para que eu não seja decepcionado. Em nome de Jesus, amém.

Malafaia vem aí

Rei da baixaria, e alçado ao posto de figura central na campanha de José Serra com o apoio entusiasmado de figuras como Reinaldo Azevedo, o pastor procura terrenos em São Paulo para abrir templos para 4 mil fiéis/cada

 É de assustar: o pastor Silas Malafaia, protagonista da campanha municipal em São Paulo, quer abrir mil templos até 2020 e sua prioridade é a capital paulista, onde ele procura terrenos para abrir 4 mil fiéis/cada. Ele falou à jornalista Monica Bergamo, a quem anunciou seus planos dizendo também que Fernando Haddad é “sa-fa-do”, enfatizando cada sílaba. 
Com informações do Brasil 247

19.10.12

Folha de SP compara kit gay de Haddad com a cartilha de Serra

Uma reportagem da Folha On-line comparou o conteúdo dos materiais sobre diversidade sexual que geram polêmica entre os evangélicos e setores mais conservadores da sociedade brasileira.

O primeiro deles foi desenvolvido por ONGs ligadas ao movimento gay a pedido do Ministério da Educação que na época era coordenado por Fernando Haddad (PT). O kit anti-homofobia foi duramente criticado por parlamentares evangélicos e foi cancelado a pedido da presidente Dilma Rousseff em 2011.

O segundo material foi elaborado pelo Governo de São Paulo isso em 2009 durante o mandato de José Serra (PSDB). Ao contrário do projeto do MEC que seria distribuído aos alunos, o kit do Estado de SP foi distribuído apenas para professores, mas com um conteúdo bem parecido como comparou a equipe da Folha.

Apesar de serem projetos sem nenhuma ligação com os problemas da cidade de São Paulo, esses materiais entram em pauta depois que o candidato do PT à prefeitura de São Paulo passou a ser criticado por líderes evangélicos pela criação do chamado “kit gay”.
A imprensa logo encontrou o material elaborado por Serra, que também está no segundo turno, para questionar porque os evangélicos se aproximam mais do candidato tucano do que de Haddad se ele também elaborou propostas para discutir a homossexualidade nas escolas. Com informações Gospel Prime 

17.10.12

O Segredo para a Vitória - "Não ore de acordo com o óbvio"


Por Gilvan Silva Santos

 Paulo conhecia as dificuldades que os cristãos de Éfeso estavam sofrendo. Essa cidade era o centro da idolatria pagã da época e centro de culto a Ártemis ou Diana, que eles diziam ser grande, conforme registrado em Atos 19:28: “Ouvindo isto, encheram-se de furor e clamavam: Grande é a Diana dos efésios!”. No ataque que os companheiros de Paulo sofreram nessa cidade, Paulo ao invés de orar pedindo proteção e livramento, ele orou pra que houvesse progresso e desenvolvimento espiritual na unidade dos efésios: “Por isso, também eu, tendo ouvido da fé que há entre vós no Senhor Jesus e o amor para com todos os santos, não cesso de dar graças por vós, fazendo menção de vós nas minhas orações, para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele, iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos e qual a suprema grandeza do seu poder para com os que cremos, segundo a eficácia da força do seu poder; (Ef 1:15-19).
Mesmo nos importando com o que a pessoa está passando, devemos fazer orações em favor do Reino. Essas orações devem ser feitas para que a situação contribua para estreitar o relacionamento da pessoa com Deus. O apóstolo Paulo sempre orava para que o caráter das pessoas fosse em conformidade com a verdade do Evangelho; que as pessoas se parecessem mais com Jesus com sabedoria, discernimento e vida abundante no Espírito Santo. Novamente ele orou pelos efésios dizendo: “para que, segundo a riqueza da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no homem interior; e, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé, estando vós arraigados e alicerçados em amor, a fim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus. (Ef 3:16-19).

É muito difícil, em reuniões de oração, vê alguém pedindo pelo crescimento espiritual de outro cristão. Normalmente já vamos com uma lista cheia de pedidos, como se estivéssemos indo ao supermercado e queremos resposta imediata da oração. Como precisamos orar para “que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção, para aprovardes as coisas excelentes e serdes sinceros e inculpáveis para o Dia de Cristo, cheios do fruto de justiça, o qual é mediante Jesus Cristo, para a glória e louvor de Deus. (Fp 1:9-11) Leia mais...

16.10.12

Kit evangélico

A imagem do candidato tucano José Serra já foi mais associada a valores liberais, cultivados por grupos tanto à esquerda quanto à direita do espectro partidário.
Tais valores informam que preferências sexuais e religiosas são assunto da órbita privada; ao homem público caberia manter equidistância de lobbies que, na defesa legítima de seus interesses, acabam por conferir relevo exagerado a temas da esfera íntima.

Na corrida presidencial de 2010, ao explorar contradição da petista Dilma Rousseff -que se dizia favorável à descriminalização do aborto, mas recuou na campanha de maneira oportunista-, Serra já havia selado uma aliança com o conservadorismo evangélico. Sua atual peregrinação por templos e a aceitação graciosa de apoiadores que flertam com a intolerância indicam um caminho sem volta.
Tal rota pode render-lhe resultado nas urnas, sem dúvida. Pesquisas, como a realizada pelo Datafolha em setembro, indicam que convicções conservadoras são partilhadas por amplos setores da sociedade paulistana. Mas não há como comer do bolo conservador e, ao mesmo tempo, passar-se por liderança moderna, arejada.

Daí um certo cansaço, misturado a frustração, que se nota nos círculos mais liberais. Tanto mais quando um pastor, Silas Malafaia, defende com o espírito de cruzados medievais a candidatura de Serra. "Vou arrebentar em cima do Haddad", jactou-se o líder religioso.
O pretexto é o famigerado "kit gay", tentativa desastrada do então ministro da Educação, Fernando Haddad (PT), de produzir um material -de formulação discutível- contra intolerância sexual nas escolas. Como já se tornou hábito no petismo, após o estrago e a grita dos religiosos, recuou-se completamente, e o próprio Haddad tentou desvencilhar-se da proposta.

O "kit gay", por qualquer ângulo que se olhe, é assunto de somenos na política pública federal. Que dirá na municipal, em que os destinos da ocupação do solo, do transporte, da assistência à saúde e do ensino assumem peso avassalador na lista de prioridades.

Ocupação do solo, aliás, integra o "kit evangélico" real, a agenda de interesses que religiosos apresentam aos candidatos. Desejam tratamento diferenciado para os templos -a fim de que possam ultrapassar os níveis de ruído exigidos de outros estabelecimentos e fixar-se onde e como queiram, a despeito das normas urbanísticas.

É preocupante a atitude amistosa de Serra com esses lobbies, bem como a disposição de Haddad de também acomodar-se a eles.

Editorial da Folha de São Paulo

15.10.12

Haddad e Chalita rebatem Malafaia que apoia PSDB

O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, participou na  sexta-feira (12) de uma missa na Paróquia Nossa Senhora de Aparecida, em Itaquera, na Zona Leste. Ele estava acompanhado de Gabriel Chalita, que concorreu à Prefeitura pelo PMDB. Após a missa, Haddad rebateu críticas a ele feitas por um pastor num vídeo postado na internet.

Ao conversar com jornalistas, o petista foi questionado sobre as declarações do pastor evangélico Silas Malafaia, da Assembleia de Deus. Um dos repórteres relatou ao candidato que o religioso o acusa de andar de braços dados com os petistas condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por envolvimento no mensalão e que ele teve uma gestão terrível à frente do Ministério da Educação.Haddad rebateu as críticas, atrelando Malafaia,
que declarou apoio a José Serra (PSDB), ao candidato tucano.

“Quem está por trás disso é o Serra, posso te assegurar. Ele fez isso com a Dilma e vai fazer isso comigo. Ele promove esse tipo de coisa, sobretudo nas redes sociais. Ele tem um exército na rede social que promove o ódio. Ele fez isso, está comprovado por todos os meios de comunicação que noticiaram isso. Será que nós vamos esquecer dois anos depois o que ele fez em 2010? Ele está por trás disso, posso te assegurar que o que ele está fazendo é a mesma estratégia de 2010, só que deu errado. O que ele tinha que entender é que esse tipo de prática vai dar errado”, disse Haddad.

Em evento à tarde, ao comentar a mesma polêmica, Serra disse que o petista reagiu às críticas porque não sabe explicar "o chamado kit gay" e que segue o "padrão José Dirceu". "
Haddad a cada dia está virando o Zé Dirceu", disse ele.

No vídeo em questão, publicado em um site evangélico, Malafaia afirma que Haddad foi um dos piores ministros da Educação do país. “O senhor, como ministro da Educação, foi um dos piores do país. O senhor não teve nem competência para coordenar o Enem”, afirma. “Quem tentou instrumentalizar políticos é gente que você [Haddad] anda de braço dado, e que foram agora condenados no Supremo Tribunal Federal”, diz ainda o pastor.

Convite de Chalita
Haddad, que tem criticado o atrelamento de religião à política, afirmou que sua ida à missa ocorreu em resposta a um convite feito por Chalita. O peemedebista, que já teve um programa de televisão em um canal católico, fez uma das leituras previstas para a celebração -- um trecho do livro de Ester, do Antigo Testamento.

“Eu tenho estado presente em algumas solenidades importantes. No fim do Ramadan eu fui em uma mesquita, no Ano Novo judaico eu fui numa sinagoga. Penso que São Paulo tem essa característica de congregar muitas crenças, num espírito de muita paz. Acho importante para a cidade a sinalização de que o poder público vai respeitar a fé do povo, qualquer que seja ela, sem privilegiados", disse Haddad.

O candidato conversou com o padre Rosalvino Morãn sobre uma possível parceria envolvendo a Obra Social Dom Bosco, fundada em 1981 pelos padres salesianos na região do Itaquera, e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), programa do governo federal que oferece educação profissional para jovens.

"A instituição Dom Bosco pode chegar com mais forca em São Paulo. Eles vão poder fazer um plano de trabalho de quatro anos, durante todo o próximo mandato, e com recursos federais e seleção do governo municipal nós vamos poder duplicar ou até triplicar o atendimento que ele tem hoje. Hoje ele praticamente não tem apoio governamental", disse Haddad.

O petista lembrou que a obra social já possui equipamentos e laboratórios, mas que pode ser "potencializada" para atender de 5 mil a 6 mil jovens. Hoje, o projeto tem cerca de 2 mil alunos.

Fonte: G1 

10.10.12

O ADVOGADO INCOMPARÁVEL


“[...] temos Advogado junto ao Pai, 
Jesus Cristo, o Justo.”
1 Jo 2.1

O sono vai-se embora. Medo e ansiedade tomam seu ser. O poço é fundo, e nem ao menos uma réstia de luz ilumina seu coração abalado. Deus! Por que eu? Por que agora? O que fiz para merecer isso? Não é só você que está passando por este deserto escaldante. Muitas pessoas têm enfrentado este “vale da sombra da morte”, um deserto tenebroso e apavorante. Ninguém está livre deste tipo de pesadelo, nem mesmo o rei Davi. Grande rei, poderoso sobre nações, homem tão amado, que o significado de seu nome era “homem segundo o coração de Deus.” Mas ele também passou pelo vale.

Em meio à dor, compartilhou sua tristeza dizendo: “Estou muito abatido e encurvado e choro o dia todo... Sinto-me profundamente abatido e desanimado; o meu coração está aflito, e eu fico gemendo de dor.” (Sl 38.6,8). Quando a dor nos esmaga, tendemos a perder a perspectiva, desistir de lutar e entregar os pontos. Mas aguarde! Deus quer andar com você em meio a este vale. Com ele, o caminho será seguro. Nas horas difíceis, ele tomará você pela mão e o guiará pelo vale.


Ore

Senhor, confesso que não suporto quando alguém mente a meu respeito. A princípio, só penso em como me vingar. Porém agora, quero que Jesus pleiteie as minhas causas! Nele eu peço.

4.10.12

Igreja Mundial oferece Colher de Pedreiro ungida por R$ 153


Quem acompanha os cultos da Igreja Mundial do Poder de Deus através da televisão já deve ter visto que o apóstolo Valdemiro Santiago está vendendo a colher de pedreiro “Prudente Construtor” por R$153,00 para ajudar na construção da Cidade Mundial.
A campanha começou no final de setembro e vai durar até o dia 12 de outubro, esse é o período para quem deseja participar da construção do novo templo (o local onde será construído não é citado no vídeo).
Ao falar sobre o objeto, Santiago brinca com os fiéis dizendo que esta colher não deve ser usada no cimento, mas para ser colocada nos projetos pessoais. “Onde você tocar vai ser abençoado”, profetizou o líder religioso.
O vídeo postado no Youtube foi editado, depois da explicação sobre a colher e de falar o valor, Valdemiro Santiago faz uma oração por aqueles que já adquiriram dizendo que estes receberão a “unção para realizar projetos”.
Vale lembrar que este é apenas mais um dos símbolos oferecidos nas campanhas da IMPD, recentemente o ministério de Valdemiro Santiago estava oferecendo a “Fronha dos Sonhos” por R$ 91. As campanhas anteriores foram as da meia e da toalha Sê Tu Uma Bênção e ainda o Martelo da Justiça.
Veja o vídeo com o anúncio da colher:
Com informações do Gospel Prime

1.10.12

Um Grande Mistério: Porque os Justos Sofrem? 1ª Parte

Jó é o exemplo mais detalhado de porque os justos sofrem. Sua história nos revela uma paralelo de verdade no mundo espiritual como nunca visto antes. Jó tinha tudo que nós desejamos ter hoje em dia: riquezas, prosperidade, posses e uma maravilhosa família. Entretanto a maior virtude na vida de Jó e tomara que também seja a da nossa era que ele um homem temente a Deus (Jo 1:8). As provações que Jó sofrera mo mundo espiritual refletiram paralelos no mundo natural, no mundo material e também no seu próprio corpo físico.
De repente, Jó perdeu riquezas, perdeu prosperidade, perdeu seus filhos; até sua esposa não o compreendia e nem o ajudava. Que situação extrema Jó viveu. As provações na vida de Jó foram seqüenciais e ele mal tinha para respirar. Quando ela acaba de receber o relatório de uma desgraça, outro relatório de uma desgraça ainda maior acabara de chegar. Algo amedrontador estava acontecendo na esfera espiritual.
Se o que aconteceu com Jó ocontecesse com muitos de nós, certamente esmagaria a muitos. A crise não esmagou a Jó, porque em meio a tanta desgraça, ele não perdeu a sua fé em Deus (Jó 1:22). Que grande lição aprendemos da vida de Jó; ela sabia que a sua vida não consistia na abundancia de bens que possuía nem naquilo que era visível. Ele permaneceu confiante em Deus, apreendeu a confiar no Único que domina o mundo material e também o mundo espiritual.
Na época em que Jó viveu, ele não conseguiu discernir as razões que o fizeram chegar ao miserável estado de tamanhas desgraças. Mas Deus estava no controle e deixou registrado o cenário da batalha espiritual que se passava nos bastidores. Em nossa simples análise era uma verdadeira luta entre Deus e Satanás e o campo de batalha era a vida de Jó.
Não foi Deus quem enviou a tentação a Jó, nem Quem lhe deu sofrimentos. O Senhor não envia sofrimentos sofre os justos e nem tampouco contraria Sua Palavra. A vida abundante que Jesus nos trouxe, elimina esses sofrimentos (Jo 10:10). Mas é Deus quem permite o que acontece conosco.
Sempre haverá uma razão espiritual para o que ocorre no nosso mundo natural. No caso que estamos estudando, Deus deixou Jó nas garras de Satanás sem que Jó soubesse. Foi o próprio Deus quem apresentou Jó diante de Satanás como exemplo de homem bom e justo (Jó 1:8). O amor de Deus por Jó e também por nós é incondicional. Seu plano e Seu desejo é nos abençoar.
A verdade espiritual era que Jó estava vivendo na fronteira entre dois mundos. Por um lado é o Senhor quem permite que a nossa fé seja provada, por outro lado o desejo de Satanás é nos destruir.
Nessa mesma linha de raciocínio vemos Davi, o homem segundo o coração de Deus, sendo provado por Satanás com a permissão de Deus. Já ouvir pessoas dizerem que há contradição nas seguintes passagens bíblicas: II Samuel 24:1: “Tornou a ira do SENHOR a acender-se contra os israelitas, e ele incitou a Davi contra eles, dizendo: Vai, levanta o censo de Israel e de Judá” e I Cron 21:1 “Então, Satanás se levantou contra Israel e incitou a Davi a levantar o censo de Israel”. Lendo essas passagens percebo que não há nenhuma contradição e que a questão crucial era se Davi acreditava mais no Poder e na Glória do Senhor do que no seu próprio poder ou na sua própria gloria. O poder executivo foi de Satanás que o incitou. Davi pecou gravemente. Em sua prepotência e orgulho, ele mandou realizar o censo em Israel e o juízo divino foi inevitável: caíram setenta mil homens. Isso não honrou o nome de Deus como no caso de Jó.
Também o apóstolo Paulo passou por algo semelhante. Deus permitiu que um anjo de Satanás o esbofeteasse (II Co 12:7-9). Paulo orou por três vezes ao Senhor, na tentativa de afastar esse enviado de Satanás. Mas a resposta do Senhor foi: “A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza... (II Cor 19:9). Foi mais um encontro entre a luz e as trevas, onde novamente o campo de batalha foi a vida de um consagrado servo de Deus.
Estamos vivendo em uma constante guerra e nossa alma e corpo é o campo de combate entre a luz e as trevas. Gálatas 5:17 confirma essa verdade “Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer”. Tudo àquilo que diabo faz ou tentará fazer em sua vida foi desfeito pelo poder de Jesus, “Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo (I Jo 3:8).
Quantos poderes guerreiros comemoraram a morte de Jesus, naquela tarde de sexta, quando Ele voluntariamente entregou seu corpo. A morte não venceu Jesus. Mesmo havendo um forte ataque dos mais terríveis poderes do inferno contra Jesus conforme registrado no Salmo 22:12-13: “Contra mim abrem a boca, como faz o leão que despedaça e ruge. Derramei-me como água, e todos os meus ossos se desconjuntaram; meu coração fez-se como cera, derreteu-se dentro de mim.” Satanás deve ter dado várias gargalhadas quando Cristo estava pendurado na cruz, no madeiro maldito. O que Satanás sabia, mas não esperava era que no domingo, de madrugada, Deus iria agir, reconciliando o mundo consigo através da ressurreição de Seu Filho. Onde está a vitória da morte? Cristo ressuscitou. Essa é a nossa garantia.
Satanás sempre nos ataca no ponto mais fraco, para nos levar na direção que ele quer. Sua tentativa é nos fazer “cegos” ao perdão que Cristo obteve definitivamente na cruz para os nossos pecados. Nossa conversão foi um tapa na “cara” do diabo, pois o Senhor nos livrou de seus grilhões. Sabendo dessa verdade, não dê importância demasiada aos seus fracassos. Assuma uma atitude ofensiva contra o reino das trevas. Retire a atenção de você mesmo e de seus problemas. Olhe para Jesus. nEle você pode confiar. Descubra as verdades bíblicas, lendo e vivendo constantemente a Palavra de Deus. Assim, em sua mente não crescerá as suas fraquezas naturais e humanas e você não se sentirá inferior a ninguém.
Não deixe crescer em seu interior o orgulho, como se você fosse superior aos outros e nem permita que o ciúme traga divisão entre os membros do corpo de Cristo; não divida o corpo de Cristo por divergências doutrinarias. Hebreus 12:15 nos exorta “atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus; nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados”. Combata a “miopia espiritual” em sua vida.
Onde você se julga suficiente na sua capacidade humana, você será testado e verá que precisa depender completamente de Deus. Quem disse que o diabo, ou o mundo tem “bandejas” ruins. No primeiro momento são coisas boas em si. Satanás permite que se prove um pouco da vida vitoriosa, da fama, do lucro e depois, quando se está completamente envolvido, ele ataca com artilharia pesada e como é difícil se libertar nesse caso, que até resultam e opressão e no ultimo estagio, em possessão mesmo.
Ninguém peca sem querer; todo pecado é consciente e se você não relacionar o pecado com a cruz de Cristo e o perdão obtido por Ele, irá desenvolve r a culpa e a alienação. Quando você vence o mundo, a carne e o diabo, você está demonstrando a realidade da vitória de Jesus e honra o Seu Santo Nome. Tenha visão clara e não permita que você mesmo “naufrague na fé” (I Tm 1:19)
Aprender que a liberdade que Cristo conquistou na cruz é o passo mais fundamental da vida cristã. Contar com o pleno perdão de Cristo é o fundamento para uma vida plena e abundante; a cruz é a nossa base.
Satanás tem tentado nos derrotar, mas não posso deixar de crer que, do ponto de vista de Deus, eu já estou perdoado, quando confesso o meu pecado com sincero arrependimento (I Jo 1:19). Não conseguimos conviver com a culpa e Cristo não me defende em relação ao Pai, Ele é meu Advogado contra Satanás diante do Pai. Deus já acabou com nossos pecados na cruz. Satanás nos acusa de dia e de noite (Ap 12:9-10) e o Senhor Jesus Cristo nos defende (I Jo 2:1-2)
Agora, nesse exato momento, Satanás o está acusando diante de Deus; por isso não devemos permitir “brechas” em nossas vidas. Por onde o diabo tem entrado em sua vida. Feche a porta na cara do diabo.
Será que somos o servo em quem Deus pode confiar? Será que somos fiéis em meio ao nosso cotidiano. Vivem os tempos difíceis e os poderes satânicos estão pressionando esse mundo tenebroso. Mas podemos e devemos manifestar a vitória obtida por Jesus na cruz; o Poder de Cristo é Superior. Estou dizendo isso a todo o mundo.
O nosso grito de vitória foi expresso por Jesus na cruz: “
“Esta consumado (no grego: “Tetelestai”) – Jo 19:30

Que Jesus nos abençoe.
Gilvan Silva Santos, servo do Deus Altíssimo em espírito, alma e corpo (I Tes 5:23)