Postagens

Ministério Público alerta igrejas sobre propaganda eleitoral irregular em templos

Do Gospel+
Com o clima efervescente no país, as eleições presidenciais se aproximam e o Ministério Público Eleitoral (MPE) reforçou a ilegalidade dos atos de propaganda eleitoral durante a campanha em templos religiosos, prática amplamente comum nas igrejas evangélicas. A procuradora Regional Eleitoral Cristina Nascimento de Melo fez uma recomendação para que as igrejas e candidatos evitem problemas com a Justiça Eleitoral por propaganda irregular nos templos. De acordo com informações do portal O Documento, a procuradora eleitoral decidiu fazer o alerta a pastores e outros líderes religiosos de forma antecipada, e assim, prevenir o descumprimento da lei e o uso de comunidades de fé como feudo político.

Doria e Flávio Rocha participam da Marcha para Jesus em SP

Imagem
Um dia após anunciar o apoio do PRB à pré-candidatura de João Doria (PSDB) ao governo de São Paulo, o empresário Flávio Rocha, presidenciável do PRB e membro da igreja Sara Nossa Terra, parcipa junto com o tucano à 26ª Marcha para Jesus, evento organizado pela igreja Renascer na capital paulista, que acontece nesta quinta (31). O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), também pré-candidato ao Planalto, chegou ao evento às 16h. Antes do evento, Doria e Rocha pararam para tomar café em uma lanchonete e cumprimentar eleitores. Fonte: Uol

Bolsonaro participa da Marcha para Jesus em São Paulo

Imagem
Poder360 O deputado federal Jair Bolsonaro, embora se diga católico, participou em 2015. Nesta quinta-feira (31) ele voltará a prestigiar o evento, desta vez na condição de e pré-candidato à Presidência pelo PSL. Este ano, o convite a Bolsonaro foi feito pelo senador Magno Malta (PR/ES), que é especulado para ser o vice da chapa.

Vigília Lula Livre: Frente Evangélicos pelo Estado de Direito, em Curitiba

Defender Lula hoje é defender a democracia e o restabelecimento de direitos extintos depois do golpe contra Dilma Rousseff, analisou Wagner Wilian. "Os direitos básicos do ser humano são defendidos pelo cristianismo. Lula não queria ver o brasileiro passando fome, sem saneamento básico. O papel do evangélico hoje não é se tornar petista, mas ler a Bíblia é entender que cristianismo não combina com derrocada de direitos", afirmou.  Promover o debate sobre as desigualdades sociais é atribuição dos evangélicos nesse momento crítico para o país, afirmou o pastor Mike Viana. Ele considera que os pastores "midiáticos", como Silas Malafaia, Magno Malta e Marcos Feliciano, não representam a integridade da comunidade evangélica. "Temos uma nova geração. Quando da ocupação das escolas públicas, vários estudantes evangélicos encabeçaram o movimento", aponta.  O pastor João Mario acredita que o debate puxado pela Frente Evangélica vai contribuir para levar os fiéis …

Delator que acusou Cunha também fez repasse à Assembleia de Deus

Imagem
O lobista e delator da Lava Jato Júlio Camargo repassou R$ 125 mil para a igreja evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira, em Campinas (SP). A informação consta da quebra de sigilo bancário da empresa Treviso, utilizada por Camargo para repassar propinas no esquema de corrupção na Petrobras revelado pela Lava Jato. Nem o pastor da igreja nem a defesa de Júlio Camargo quiseram dar explicações sobre o repasse. Laudo da Polícia Federal aponta que a quantia foi repassada entre 2008 e 2014, sem detalhar se o valor foi pago de uma só vez ou em parcelas. A movimentação é a única feita no período pelas duas empresas de Júlio Camargo (Piemonte e Treviso) que teve como destino uma instituição religiosa. O repasse mostra que o delator, que disse à Justiça ter sido pressionado pelo presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a pagar propina de US$ 5 milhões, também repassou dinheiro para uma igreja simpática ao deputado expoente da bancada evangélica. Culto Em fevereiro deste ano, Cunh…

Bancada evangélica tenta dar às igrejas poder de questionar Supremo

Imagem
A bancada religiosa prepara uma nova ofensiva na Câmara para, desta vez, aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que inclui as igrejas na lista de instituições capazes de propor ação direta de inconstitucionalidade ou ação declaratória de constitucionalidade ao Supremo Tribunal Federal (STF). Para analisar a proposta, o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), formou uma comissão especial composta em sua esmagadora maioria, por parlamentares a favor da medida. A comissão se reunirá por mais 40 sessões e o objetivo dos evangélicos é aprovar o projeto até o final do ano.
Leia mais em IG

Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico lança “Guia Gospel”

Imagem
Os evangélicos tem por princípio a monogamia, por isso a questão “sexo” só pode ocorrer se for com o cônjuge e após o casamento. Contudo, “Deus não se importa com o que o casal faz entre quatro paredes”, acredita João Ribeiro, proprietário da sexshop Secret Toys e membro da Congregação Cristã do Brasil. “Na igreja, não falamos que vendemos produtos eróticos porque isso pode gerar constrangimento. Se perguntam, explicamos que somos consultores de casais e isso desperta muita curiosidade”, diz Lídia. “Sempre ouvimos: “Mas ajudam como?”. Respondemos que ajudamos o casal a se reaproximar e até esquentar a relação”, esclarece Ribeiro. Para ele e muitos outros evangélicos, as regras e os medos foram impostos por homens, no início da Igreja Cristã. De fato, algumas denominações defendem a completa liberdade dentro de quatro paredes. Por outro lado, muitos pastores ainda condenam o sexo oral e anal, também proibidos pela Igreja Católica. O site IG entrevistou alguns evangélicos que defendem uma …