31.1.12

A Edificação do Corpo de Cristo


Ler a Bíblia apenas por ler não traz nenhum beneficio; quando a lemos, colocando em prática seus ensinamentos, exercitando o nosso espírito ganhamos vida (Jo 6:63). Por meio desses Alimentos Semanais, tenho tentando ser instrumento de ajuda para mostrar a direção de Deus e conhecermos mais a Sua Palavra. A leitura desse instrumento e o estudo sistemático da Bíblia despertarão em nós uma maior comunhão com o Senhor e assim desfrutaremos da realidade espiritual que o Senhor tem para cada um de nós. Certa ocasião, o Espírito Santo me disse de forma bem clara: "Deus fará maravilhas quando estivermos na total dependência dEle, como vasos disponíveis, vazios, vasos de honra e sedentos por Sua Eterna Vontade e Palavra"
Nosso desejo é que vocês, amados irmãos do Pequeno Grupo, passem a ter uma vida de leitura normal da Bíblia, passando a amá-la cada vez mais e permitindo que ela seja realidade em nosso viver diário. Dessa forma, por meio de um contato constante e diário com o Criador do Universo, somos levados a viver no Espírito para a gloria do Senhor.
A vontade que muitos cristãos têm em aparecer consiste em alimentar no homem o desejo de se projetar. Interessante é que percebo que o desejo de Satanás não é atrair a glória para si e, sim, desviá-la de Deus. Em um mundo cheio de pessoas procurando o papel principal no grande teatro da vida, Satanás é perito em acender as luzes sobre quem quer que seja, desde que o mundo na olhe para Deus. Nesse grande teatro todos aparecem em seus melhores ângulos, tendo seus defeitos meticulosamente maquiados para que o público não se desencante com as suas falhas. Vestimos sempre nossas melhores roupas, exibimos nossas mais impressionantes aptidões, sempre escondendo a realidade que se esconde nos bastidores da alma.
Cada vez mais, a imagem se distancia da realidade, e a maioria de nós acaba se especializando na arte de representar, na esperança de que um dia possamos nos tornar o que mostramos, ou que o espetáculo nunca acabe.
O que mais me impressiona é que o Senhor Jesus escolheu exatamente o oposto do teatro (Is 53:2). Ele não precisou representar. Foi por meio da humilhação que ele foi exaltado à direita de Deus, a renúncia foi a sua conquista, a dor foi a sua vitória. Autêntico sincero, real. ESSE É O MODELO.
O fato de querer aparecer também se manifesta no consumismo. O errado não é adquirir e, sim, consumir sem restrições, motivados por uma ganância que sempre nos transmite a sensação de não termos o suficiente, quando na verdade temos mais do que o suficiente.
Infelizmente, o acumulo de bens tornou-se o objetivo final da humanidade - o que transmite um ilusório sendo de satisfação pessoal. As pessoas passaram a ser definidas pelo volume de suas contas bancarias...
Toda adoração que se baseia numa ralação de troca é idolatria. Deus não é um negociador de barganhas. A mentalidade consumista pode corromper até mesmo nosso relacionamento com Deus, levando-nos a nos “adorar” a Deus pelos motivos errados.
Pare por um instante e reflita sobre isso. Por que você está fazendo o que está fazendo? Para que você tem dedicado o seu tempo? Qual o verdadeiro propósito de sua vida? Jesus definiu quem somos e qual a nossa missão: (Ef. 2.10)
O apóstolo Paulo levava as pessoas a estar no Espírito e essa tem sido minha tentativa de prática constante. Uma vez que aceitamos o Senhor Jesus, Ele passou a habitar em nosso espírito e devemos permitir que Ele assuma o controle total de nossa alma, mente, vontade e emoção. Precisamos fazer o que agrada a Deus. Quando a Palavra de Deus penetra em todo o nosso ser, nossa alma (mente, vontade e emoção) é preenchida com a Vida Divina e passamos a ser participantes da Natureza Divina, como afirma o apostolo Pedro: “Pelas quais nos têm sido doadas as suas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas vos torneis co-participantes da natureza divina, livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo... (II Pe 1:4)”.
A nossa obra deve ser segundo o que o Senhor nos concedeu, cumprindo cada um o seu chamado. Os doze apóstolos tinham cada um o seu ministério, mas todos tinham o mesmo principio e objetivo – edificar o Corpo de Cristo (Ef 4:11-12). Todos tinham uma única meta: conduzir os novos crentes para que cresçam em vida “com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo. Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo”.
Para fazermos a obra do Senhor de maneira eficaz, devemos estar atentos a três pontos fundamentais:
a) Precisamos reconhecer a necessidade local, ou de cada pessoa;
b) Deve ser realizada conforme o encargo que Deus concedeu a cada um de nós, enquanto Seus servos;
c) Tudo deve ser feito conforme a direção do Espírito Santo.

  • Afirmativa-Chave:Deus fará maravilhas quando estivermos na total dependência dEle, como vasos disponíveis, vazios, vasos de honra e sedentos por Sua Eterna Vontade e Palavra.
  • Pergunta Padrão: Qual a nossa meta na Obra do Senhor?
Unidos na mesma unção, na esperança da salvação.
Gilvan Silva Santos, servo do Deus Altíssimo em espírito, alma e corpo (I Tes 5:23)
Itabuna-Bahia 29.01.2012 (7h22min)
[gilvansilva00@hotmail.com; (73) 9191-0910; 8848-3714; 9995-4551]
Siga-me no Twitter: http://twitter.com/Gilvan1973_BA
 

30.1.12

Sarah Sheeva dá entrevista a Marília Gabriela: “Deus adormeceu o meu desejo sexual porque pedi”

Sarah Sheeva participou do programa “De frente com Gabi” que foi ao ar no último domingo (29), onde falou de seu ministério com o “culto das princesas”, em Copacabana, e de sua mudança de postura perante o sexo.
Ex-ninfomaníaca, Sarah afirmou que o amor por Deus interferiu nos seus desejos sexuais: “Deus adormeceu o meu desejo (sexual) porque eu pedi”, explicou. Ela disse também que embora esteja há muito tempo sem fazer sexo, não perdeu a vontade: “Quando eu vi o filme “Thor”, eu falei: ‘Meu Deus, é o meu número!’. Jesus me curou mas não me cegou”, comentou Sarah.

Solteira, Sarah falou de sua espera pelo companheiro ideal e afirmou “Estou esperando a minha hora para poder beijar muito”. Pastora na Igreja Celular Internacional, a ex-cantora é autora de dois livros sobre sexo e prega a abstinência sexual completa antes do casamento. “O sexo tem o poder de unir espiritualmente as pessoas”, disse.
Segundo o Jornal do Brasil durante a entrevista Sarah disse que mesmo antes de se converter nunca usou drogas, e afirmou que “tem gente que não frequenta igreja e tem um caráter muito melhor do que alguns que estão lá dentro”.
Ela contou também sobre sua formação como pastora: “Me tornei pastora só em 2010, mas eu não queria isso porque é muita responsabilidade. Eu recebo uma ajuda de custo da igreja que não paga nem o meu aluguel”, explicou. Com informações do Gospel+ \ YouTube

29.1.12

FUJA DO MEXERIQUEIRO


“O mexeriqueiro revela o segredo; portanto,
não te metas com quem muito abre os lábios.”
Pv 20.19

O mexeriqueiro não é um amigo verdadeiro. Quem não sabe guardar segredos não é uma pessoa confiável. Um indivíduo que se deleita em espalhar informações que maculam a honra do próximo torna-se uma companhia perigosa. Devemos nos manter longe de quem fala demais. A língua do mexeriqueiro é pior do que a peçonha de uma víbora, pois o veneno da víbora foi colocado nela pelo criador, mas o veneno da língua do mexeriqueiro foi colocado nele pelo diabo. O veneno da víbora pode tornar-se remédio, mas o veneno da língua do mexeriqueiro mata.

A boca do mexeriqueiro é uma cova de morte, é uma fagulha que provoca incêndios devastadores, é uma fonte poluída que lança de si lodo e lama. O amigo não expõe seu companheiro, mas o protege. O amor cobre multidão de pecados em vez de expô-los. Não há forma mais degradante de autoexaltação do que diminuir os outros. Não há forma mais vil de autopromoção do que espalhar os segredos dos outros com o propósito de envergonhá-los em público. A companhia do mexeriqueiro é uma ameaça; sua língua, uma destruição.

Ore


Deus, tu és soberano. Tu conheces o íntimo de cada um. Guia-me, pois, os passos em direção a boas amizades. Afasta de mim amigos falsos, lobos em peles de ovelhas. Em nome de Jesus. Amém.

28.1.12

Vídeo de Pureza Sexual torna-se viral no Youtube (Vídeo)

 Um vídeo promovendo a pureza sexual vira sucesso e alcança quase 250 mil visualizações na quinta-feira, em um período de cerca de 10 dias.


O vídeo atraiu a atenção das pessoas em diferentes países. Depois desse vídeo outros também se seguiram sobre o tema.
O Dia da Pureza é o dia em que os jovens fazem demonstração pública de seu compromisso em permanecerem puros sexualmente, em mente e em ações.
“Eu estou emocionado que a mensagem de espera para o casamento está chegando a tantas pessoas”, diz Amber Haskew, diretora internacional do Dia da Pureza, segundo o Charisma.
A diretora do projeto está entusiasmada em desencadear uma conversa sobre os benefícios emocionais, fisiológicos e até mesmo financeiros de se reservar para o casamento.
“Temos mais de 175 países que acessaram este vídeo, em todos os lugares, desde a Mongólia até o Sudão, Islândia e Gana, todos os lugares que você pode imaginar”, disse Haskew.


O Centro de Relatório de Análise de Dados sobre Educação Sexual e Abstinência apontou que os garotos jovens são quatro vezes mais prováveis de sofrerem de depressão sexual e mulheres são três vezes mais prováveis de ficarem deprimidas todo o tempo ou a maior parte do tempo.
Segundo um estudo nos Estados Unidos feito pela Family Research, dois terços dos jovens que tiveram relações sexuais antes do casamento lamentaram terem feito.
O Dia Internacional da Pureza é reconhecido a cada dia 14 de Fevereiro, no dia dos Namorados nos Estados Unidos.


27.1.12

Jornalista critica atletas cristãos no MMA: “Bate na cara do rival e diz que foi Jesus?”


Para o profissional, Cristo não pode estar envolvido com o esporte, muito menos com a luta que é tão violenta         

Não são só pastores que comentam as atitudes dos lutadores de MMA que ao final da luta agradecem a Deus pela vitória, dizendo que sem ajuda divina não conseguiriam derrubar o adversário. O jornalista João Carlos Assumpção, do Lance! publicou na versão impressa do jornal e também em seu blog no site do periódico sobre essa questão, dizendo que não consegue entender como Cristo tem parte com o esporte.
No texto ele fala dessa aproximação entre os atletas e a religião lembrando que no futebol as ações de jogadores como o Kaká chegou até mesmo a incomodar a FIFA e que hoje além dos gramados a fé também está invadindo os octógonos.
“Agora, além dos campos de futebol, virou moda também no octógono os brasileiros festejarem suas vitórias louvando Cristo e atribuindo a ele os murros, cotoveladas, pancadas na cabeça e todo o sangue que tiram de seus adversários”, escreve o jornalista.
Assim como muitos pastores e evangélicos não entendem como Deus pode abençoar um esporte tão violento, Assumpção também questiona esse envolvimento entre Cristo e a luta. “O sujeito quebra o maxilar do rival, arrasa seu rosto, abre a testa, tira sangue da orelha, faz o adversário dormir e sai comemorando e agradecendo Jesus, dizendo que o mérito foi dele. Por ter apagado o outro? Teve o dedo de Cristo aí?”
No final de seu texto o jornalista cita que as religiões são usadas para tudo, tanto para justificar uma guerra como para explicar as injustiças e desgraças da vida. “As religiões são usadas para tudo. Para justificar guerras (e isso não é de hoje), preconceitos e discriminações, “explicar” as injustiças e desgraças da vida, mas agora, além de jogar bola, parece que Jesus entrou no octógono e partiu para a pancadaria”, escreveu.
Leia o artigo na íntegra aqui. Com informações do GOSPEL PRIME
jovensqueoram.blogspot.com

26.1.12

Para o enchimento com o Espírito, precisamos da Palavra de Deus

Jesus ministrou ensinamento aos doze apóstolos, mas ao apóstolo Paulo foi ministrado ensinamento pelo próprio Espírito Santo. O Senhor Jesus disse a Ananias que Paulo era um instrumento escolhido para levar seu nome perante os gentios e reis e também perante os filhos de Israel (At 9:15). Mais tarde, o próprio Paulo deu testemunho de sua missão dizendo: “Então, eu perguntei: Quem és tu, Senhor? Ao que o Senhor respondeu: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Mas levanta-te e firma-te sobre teus pés, porque por isto te apareci, para te constituir ministro e testemunha, tanto das coisas em que me viste como daquelas pelas quais te aparecerei ainda, livrando-te do povo e dos gentios, para os quais eu te envio, para lhes abrires os olhos e os converteres das trevas para a luz e da potestade de Satanás para Deus, a fim de que recebam eles remissão de pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim. Pelo que, ó rei Agripa, não fui desobediente à visão celestial” (At 26:15-19)
Em II Corintios 12:2-4, Paulo afirma de si mesmo: “Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos, foi arrebatado até ao terceiro céu (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe) e sei que o tal homem (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe) foi arrebatado ao paraíso e ouviu palavras inefáveis, as quais não é lícito ao homem referir”. Um nível espiritual elevado permitiu que o apóstolo tivesse tal revelação; é bom entender que essa revelação ocorreu no nível de seu espírito humano, na dependência do Espírito Santo. Igualmente nós também precisamos ter visão em nosso espírito (em outra ocasião, vou detalhar como isso pode ocorrer).

Em seu ministério, Paulo supria as pessoas com a Vida de Deus, conduzindo-as a invocar o Nome de Jesus (Rm 10:12-13). Precisamos andar no Espírito para termos experiências com o Espírito. Os que almejam ser usados por Deus para conduzir Seu povo a experiências mais profundas e ricas com Cristo, precisam permitir que Deus os treine diariamente, através da leitura constante da Palavra de Deus e da oração, como permitiu o apóstolo Paulo.

A Bíblia afirma que ninguém pode dizer “Senhor Jesus”, senão pelo Espírito Santo (I Cor 12:3). O enchimento do Espírito Santo ocorre pela leitura da Palavra de Deus. Por meio dela, podemos andar e estar no Espírito, porque as palavras do Senhor são espírito e vida (Jo 6:33). Não podemos querer entender a Bíblia com a nossa própria racionalidade, senão não obteremos a vida; viveremos na “rotina do evangelho” e na normalidade da vida cristã. O Cristianismo puro e verdadeiro contra a normalidade está em I Jo 5:12: a Vida é Uma Pessoa que habita em nós.

Em nossa vida cristã precisa haver uma similaridade, uma identificação entre nós e Jesus. O Pai habita no Filho e o Filho habita em você na pessoa do Espírito Santo. Um dia Deus se tornou um homem, e Ele foi o Homem que Venceu a Cruz. Conseqüentemente, nossa função e ser um canal aberto para a passagem do Espírito.

Jesus quer que entendamos que nós somos a chave para fazer a ligação entre Ele e o mundo; assim como Ele é a chave entre o Pai e nós. Isso só é possível mediante o Espírito Santo (que é o Pai e o Filho – I Jo 5:7) que habita em nós e compartilha o fluir da Vida de Deus, que é a única Vida que produz resultados.

Somos habilitados para sermos ministros de uma Nova Aliança, não da letra, mas do Espírito; porque a letra (o simples conhecimento) mata, mas o Espírito vivifica (II Co 3:6). Meu amado irmão, aplique tempo na leitura da Bíblia; leia a Bíblia com o coração aberto, sem reservas ou preconceitos; admita que nada sabe; leia a Palavra de Deus com e em oração. Precisamos perceber a maneira correta que o Senhor nos exorta a estudar Sua Santa Palavra, através da orientação de Paulo a essa prática em Efésios 6:17-18: Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos.

Será que poderemos ser elogiados como foi a igreja em Filadélfia porque os santos que ali estavam perseveraram em dois fundamentos extremamente importantes: o Nome de Jesus e a Palavra do Senhor (Ap 3:8). A Bíblia é Palavra Viva de Deus; deixe-a ser seu Alimento Diário.

  • Afirmativa-Chave: Os que almejam ser usados por Deus para conduzir Seu povo a experiências mais profundas e ricas com Cristo , precisam permitir que Deus os treine diariamente, através da leitura constante da Palavra de Deus e da oração.

  • Pergunta Padrão: Como podemos ser elogiados como foi a igreja em Filadélfia em Apocalipse 3:8



Unidos na mesma unção, na esperança da salvação.

Gilvan Silva Santos, servo do Deus Altíssimo em espírito, alma e corpo (I Tes 5:23)

Itabuna-Bahia 21.01.2012 (2h22min)

[gilvansilva00@hotmail.com; (73) 9191-0910; 8848-3714; 9995-4551]


Siga-me no Twitter: http://twitter.com/Gilvan1973_Ba.

25.1.12

Proposta proíbe interferência do Estado em atividades religiosas

Enviado por FOLHA GOSPEL 
Está em análise na Câmara projeto que garante aos clérigos o exercício dos atos litúrgicos em estrita conformidade com os ordenamentos religiosos.

Pela proposta (Projeto de Lei 2756/11), dos deputados Eros Biondini (PTB-MG) e João Campos (PSDB-GO), a atividade sacerdotal ficaria livre da interferência do Poder Público.

Os autores afirmam que a separação Igreja-Estado é uma doutrina política e legal, que estabelece que o governo e as instituições religiosas devam ser mantidos separados e independentes uns dos outros. Eles dizem que modernamente, a autonomia entre estas duas entidades é reconhecida pelas constituições da maioria dos Estados democráticos e, também, por diversos tratados internacionais. E lembram que no Brasil, a separação entre a Igreja e o Estado ocorreu em 7 de janeiro de 1890, pelo Decreto 119-A, de Rui Barbosa, e é constitucionalmente consagrada desde a Constituição de 1891.

“O princípio da separação entre o Estado e a Igreja traz como consequência a impossibilidade de o Estado interferir nas normas e nos dogmas da Igreja. Isto significa que os órgãos do Estado não podem obrigar os integrantes da Igreja a adotar práticas que contrariem suas convicções ou doutrinas religiosas”, afirmam os autores da proposta. “As religiões estabelecidas têm o direito de conduzir seus ritos, doutrinas e dogmas e seus atos litúrgicos de acordo com os ditames dos respectivos códigos religiosos”, acrescentam.

João Campos e Eros Biondini afirmam que a Bancada Católica e a Frente Parlamentar Evangélica apoiam o projeto.

Tramitação

A proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e depois será votada em Plenário.

Íntegra da proposta:
PL-2756/2011

Fonte: Agência Câmara
jovensqueoram.blogspot.com

O PODER DAS PALAVRAS

“Águas profundas são as palavras da boca do homem,
 e a fonte da sabedoria, ribeiros transbordantes.”
Pv 18.4

A linguagem humana é profunda como o mar, e as palavras dos sábios são como os rios que nunca secam. Nossas palavras são profundas porque brotam do coração e esse é um território desconhecido. Por mais que pesquisemos essa terra distante, jamais chegaremos ao pleno conhecimento dela. Nosso coração é um universo ainda insondável. O que sabemos é que ele é como um mar profundo. O que lemos nas Escrituras é que o nosso coração é desesperadamente corrupto e enganoso. Só Deus pode conhecê-lo perfeitamente.

Por isso, as palavras que sobem do nosso coração e saltam dos nossos lábios são como águas profundas, cujo fundo não conseguimos medir. As palavras do sábio, porém, são como ribeiros transbordantes, como rios que jamais secam, cujas águas correm dentro do leito, levando vida por onde passam. As palavras do homem sábio são conhecidas. Os rios de água que fluem de sua boca abastecem os sedentos, irrigam a alma aflita daqueles que vivem na sequidão e produzem prosperidade para aqueles que os ouvem. Nossas palavras nunca são neutras. Carregam a morte ou transportam a vida.

Ore


Senhor Deus, chegou a hora de mudar radicalmente o modo como tenho usado as palavras. Continua inspirando em mim o desejo de transformar minha boca numa fonte de vida. Em Jesus. Amém.
www.cadadia.com.br

24.1.12

Rei Davi, nova superprodução da Rede Record estreia nesta terça-feira (24)

Para voltar três mil anos no tempo, a vida em Israel foi recriada nos mínimos detalhes

Para contar uma história fascinante, uma produção grandiosa. Hoje, terça-feira (23) estreia a nova minissérie da Record, Rei Davi, às 23h.
Com 29 capítulos e mais de quarenta personagens, você vai conhecer a emocionante a saga do pastor de ovelhas que derrotou o gigante Golias e se tornou rei de Israel por volta de 1035 A.C.
Inspirada em uma das mais bonitas e conturbadas passagens da Bíblia, Rei Davi é também o conto de um amor proibido e de suas consequências devastadoras, da qual nasceu um dos maiores reis de todos os tempos, Salomão.
Atores, diretores e equipe técnica viajaram muito para dar o máximo de realismo à trama. Passaram pelo Canadá, Chile e Minas Gerais e contou com o trabalho de mais de trezentas pessoas e investimento de mais de R$ 25 milhões.

Segundo Hiran Silveira, diretor de Teledramaturgia da Rede Record, todo o processo de concepção da minissérie foi um desafio muito maior do que aparenta.
-É um desafio de uma complexidade muito maior, por que essa história reflete, representa e acompanha a vida de Davi dos 17 aos 70 anos. É uma saga, com muitas locações, guerras, com muitas cenas gravadas em externa, afirma Silveira.
Davi ainda é um jovem pastor que leva uma vida simples. E, apesar da vida no campo parecer calma e tranquila, o herói vai passar por diversos desafios. Filho mais novo de Jessé, é um jovem temente a Deus, que não tem muito talento para a guerra como seus irmãos.
Com alma de artista, ele fica responsável por tarefas domésticas e do pastoril das ovelhas da família, e nas horas vagas escrevia salmos, compunha músicas e tocava harpa. De uma hora para outra, Davi é escolhido por Deus para ser o novo governante de Israel.

-A minissérie tem uma história muito bonita, muito densa, que fala muito das emoções humanas, diz a autora Vivian de Oliveira, satisfeita e muito orgulhosa de todo o trabalho que foi feito durante nove meses de gravações intensivas em diversas locações, além do RecNov.
A partir de hoje você vai descobrir todas as terças e quintas, às 23h, como um homem simples transformou as doze tribos de Israel em uma grande nação, em uma história de fé e coragem.
Leonardo Brício, que dá vida ao rei Davi, convida os telespectadores para assistir à minissérie e diz que será possível conhecer muito melhor a história da humanidade:
-Dos trabalhos que eu fiz, Rei Davi é o mais difícil para mim. De histórias como a dele originaram-se várias outras. É uma história muito rica e as pessoas conhecem muito pouco. A gente vai poder entender um pouco mais a nossa humanidade.
Com direção geral de Edson Spinello e texto de Vivian de Oliveira, Rei Davi estreia dia 24 de janeiro na Record. Você não pode perder!

Assista ao vídeo e prepare-se para muitas emoções:
Fonte: R7
 
jovensqueoram.blogspot.com

23.1.12

Google é acusado de esconder o número da besta na logo de seu navegador como mensagem subliminar

Desde que se consolidou no mercado o Google recebe acusações de invasão de privacidade e controle sobre a vida de seus usuários.

 A grande acusação que recai sobre o Google é que sobreviver de publicidade, a empresa tem o hábito de rastrear o conteúdo pessoal dos usuários para lhes apresentar comerciais com maior potencial de interesse. De certa forma monitora tudo o que uma pessoa faz online e armazena essas informações, como comentários na internet, em redes sociais e, em especial, os e-mails.

Sempre estão surgindo teorias que procuram mostrar como os seres humanos serão controlados pelos computadores por causa da crescente dependência de tecnologia. E recentemente sites e fóruns evangélicos trouxeram a discussão sobre mensagens subliminares nos produtos da empresa. Uma delas tenta provar que existe um “666” escondido no logo do Chrome.

Por causa da passagem presente no capítulo 13 do livro bíblico de Apocalipse o número é associado à besta, ou a uma nova ordem mundial.

Assista ao vídeo e tire suas próprias conclusões:
Fonte: Gospel+

jovensqueoram.blogspot.com