26.3.12

Tibetano ateia fogo ao corpo contra visita do presidente chinês

(Foto: Reuters)
Protestante tibetano ateia fogo no próprio corpo
Por Keyla Cezini | Colaboradora do The Christian Post
Um exilado tibetano ateou fogo contra o próprio corpo nesta segunda-feira (26), em Nova Déli, Índia. O ato foi um protesto contra a visita do presidente da China, Hu Jintao, que em breve estará na Índia.

O manifestante foi identificado como JanphelYeshi, de 27 anos. Segundo a agência de notícias Associated Press, o jovem foi levado para o hospital, onde se encontra em estado crítico, com 85% do corpo queimado.

No último ano, ao menos 30 tibetanos atearam fogo ao corpo em protesto contra o controle chinês na região do Tibete e pela volta do Dalai Lama. Destes, 20 morreram.

O protesto ocorre dias antes da abertura da Quarta Cúpula dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). O encontro acontece nos dias 28 e 29 de março, em Nova Déli, e terá também a presença da presidente Dilma Rousseff.

Quarta Cúpula dos Brics

No encontro que acontece esta semana estarão em pauta assuntos como a criação de um banco único de desenvolvimento para os Brics, a parceria entre Brasil e Índia para o programa Ciência Sem Fronteiras (que prevê bolsas de estudo no exterior) e formas de estimular o crescimento de forma sustentável e equilibrada.

A cúpula também irá avaliar a atuação dos países no Conselho de Segurança da ONU e os desdobramentos no Oriente Médio e no norte da África.

A presidente Dilma Rousseff chega à Índia no dia 28 e permanece até o dia 31 de março. Além de participar da cúpula, ela vai assinar atos bilaterais entre Brasil e Índia.

Segundo a embaixadora e subsecretária-geral de política do Ministério das Relações Exteriores, Maria Edileuza Fontenele Reis, devem ser assinados acordos de assuntos de cooperação técnica, meio ambiente, cultura, promoção da igualdade de gênero e avanços na área científica e tecnológica. Com informações do 
The Christian Post. 

Nenhum comentário: