21.8.10

Pregando o Evangelho sem vender a sua essência




Márcio de Souza

Estava em casa outro dia ouvindo minha banda preferida "CROMBIE" e percebi o quanto fica fácil entender o cristianismo ouvindo as músicas dos meninos. É tudo muito claro, apesar do palavreado escolhido e delicadamente posicionado, você ouve a canção e entende tudo que eles querem dizer. São facilitadores do evangelho.

Outra vez ouvi o Pr. Ariovaldo Ramos pregando e sabendo de sua formação em filosofia e teologia pensei comigo: "apesar de sua formação, ele fala como um leigo" O Ari, É mestre em fazer a gente entender as coisas de Deus sem perder a profundidade. Ele consegue falar inteligivelmente para o mais culto e para o menos letrado.

Não adianta rebuscar muito, falar difícil, incrementar o sermão ou a música com floreios intermináveis e complicados de entender, ao passo que, a multidão que se chega para ouvir o Evangelho é em sua maioria simples e sem muita cultura. Nossa missão enquanto ministros do evangelho é facilitar a comunicação do mesmo sem vender a sua essência. É falar e ser compreendido, é chegar ao coração do intelectual e do analfabeto da mesma maneira. Falar complicado e estabelecer músicas impossíveis de se compreender, são falácias e não resultam em nada. É perda de tempo, não melhora sua imagem, nem te dá status, apenas atrasa a vida de quem quer ouvir o verdadeiro e simples evangelho da graça. Seja um facilitador, pare de inventar moda, o evangelho é simples e precisa ser pregado de forma simples para alcançar o coração.

E no mais, tudo na mais santa paz!

Por Márcio de Souza

Fonte: Blog pr. Márcio de Souza



Via: www.guiame.com.br

Nenhum comentário: