30.4.09

Nem uma unha ficará

ÊXODO 10:24-28

O texto que estudamos hoje trata de um diálogo tenso entre Faraó e Moisés. Mais tenso para Faraó do que para o servo de Deus. Acontece após a nona praga, a das trevas. Sabendo que Moisés era um libertador instituído pelo Senhor, o rei do Egito (que se considerava um deus) tenta negociar, propondo algo diferente dos planos do Senhor para Seu povo. A resposta de Moisés é categórica: “Nem uma unha ficará.” Afinal, eles iriam oferecer culto ao Deus de Israel ou, como diriam algumas versões bíblicas, celebrar festa ao Senhor. Faraó sempre fizera oposição a que o povo de Deus saísse do Egito. Afinal, o povo era escravo ali – vivia debaixo de seu domínio. E já no final do processo, vendo ser inferior ao poder de Deus, tentava fazer com que Seu plano não se cumprisse por completo. Satanás é assim: tenta fazer com que você e eu jamais saiamos da escravidão. Por isso, tome uma decisão: nunca negocie com ele. Tudo o que ele quer é que a vontade do Pai não se cumpra na sua vida. Faça como Moisés e diga: vou celebrar festa ao meu Senhor. Minha vida por inteiro é dEle. Nem uma unha (ou área da minha vida) ficará. Meus pais, meu trabalho, a família que eu vou constituir, meus bens, tudo pertence ao meu Senhor. E deixe que Deus cuide do resto.
Que Ele nos abençoe.


Nenhum comentário: