Mãos à obra!

PORTAL PRESBITERIANA

O chamado ministerial de Deus para o crente é encarado como motivo de angústia por muitos, que acabam buscando de Deus uma revelação sobrenatural do que Ele quer que façam, sem, contudo, atentarem que o começo da resposta está nos dons espirituais que receberam.
Deus não chama ninguém para fazer algo para o qual não foi ainda capacitado. Por outro lado, se descobrirmos quais são nossos dons, teremos uma boa dica de qual atividade Deus nos preparou para exercer. Uma pessoa que pensa em ser um missionário, mas nenhum de seus dons aponta este caminho, deve rever sua trajetória. Alguém que sonha em liderar equipes de trabalho, mas não tem o dom de liderança, deve perguntar-se a motivação deste sonho.
Portanto, se você não sabe qual é o chamado de Deus para sua vida, comece pelos dons espirituais, procurando saber quais são e, principalmente, procurando exercê-los. O chamado de Deus para você, com certeza, começará a tomar forma em sua vida.
Se Deus lhe deu determinado dom, isso não quer dizer que nessa área não há nada mais a melhorar. Muito pelo contrário: é aí que você deveria se esforçar mais ainda para desenvolver este dom (veja 2 Timóteo 1.6). Participe de cursos que o ajudem a crescer; continue adquirindo experiência nessa área; deixe-se avaliar por outros cristãos; e deixe Deus trabalhar continuamente em sua vida.

Como descobrir meu dom? Alguns passos práticos podem ser dados neste sentido:

1. Coloque-se diante de Deus em oração – Se o dom é espiritual e dado por Deus, Ele tem com isto um propósito específico e nada melhor do que buscar a Sua vontade em oração para saber quais e como usar tais dons.

2. Esteja disposto a colocar os seus dons em prática – Descobrir quais são os seus dons é importante, mas mais importante ainda é colocá-los em prática. Não existe crente sem dom espiritual, e, por isto, não existe crente sem ministério. Isto implica ter disposição e disponibilidade para colocar em prática o que Deus lhe deu de graça.

3. Informe-se a respeito dos dons – Procure saber quais são as características dos seus dons espirituais e quais são as melhores maneiras, no contexto em que você está, de praticá-los. Converse com outras pessoas que têm estes dons e que as usam para você descobrir as possibilidades que tem.

4. Descubra o que lhe dá satisfação – Dom espiritual está ligado à graça de Deus, e uma vida com exercício de dons é uma vida cheia de graça (ou seja, alegria!). Servir a Deus exige esforço e dedicação, mas você consegue identificar seu dom espiritual quando, além disto, você sente prazer em fazer o seu trabalho para Deus.

5. Experimente o máximo que puder – Se ainda não descobriu qual é a sua praia, experimente! Conheça os ministérios da igreja e participe por um tempo dos que mais chamam a sua atenção. Mas, cuidado! Não fique pulando de galho em galho. Uma vez que experimentou de vários, escolha um e dedique-se a ele.

6. Verifique de maneira honesta a sua eficiência – Se é de Deus, dará fruto. Assim, se você não vê os frutos no exercício de um dom espiritual, questione honestamente se você realmente tem aquele dom. Se chegar à conclusão que não tem, busque outro para praticar.

7. Procure a opinião de outras pessoas – Converse com outras pessoas, também, pois elas podem lhe ajudar a enxergar frutos e fatos de outra perspectiva. Costumamos nos surpreender quando escutamos o testemunho a nosso respeito das pessoas à nossa volta. Mas, atenção! Não é a opinião dos bonzinhos e bajuladores, mas de gente que nos ama e quer ver nosso crescimento.

Conhecer a teologia bíblica dos dons espirituais é importante para uma vida frutífera diante de Deus e da comunidade. Mas nada acontece se não arregaçarmos as mangas e trabalharmos. Deus é quem mais se empenha em ver sua Igreja sendo edificada e você é uma peça nesta estrutura abençoada. Portanto, mãos à obra!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A UNIÃO ENTRE OS IRMÃOS

O Conflito entre Israel e os Palestino à Luz da Bíblia

Mateus 6:16-18