Mídia secular destaca petição contra Jô Soares por piada com a bíblia


Um abaixo-assinado criado na internet pede que o apresentador Jô Soares e os cantores Tom Zé e Moraes Moreira se desculpem por terem feito piada com a Bíblia no "Programa do Jô" do dia 17 de novembro, na Globo.
No programa, foi exibido um trecho do documentário "Filhos de João, o Admirável Mundo Novo Baiano", no qual um entrevistado fala que o grupo Novos Baianos fazia cigarros de maconha com páginas da Bíblia. Jô, que entrevistava Tom Zé e Moraes Moreira, comentou que a Bíblia tem "mil e uma utilidades".
O abaixo-assinado, assinado por mais de 13 mil pessoas até a noite desta quinta (15), foi criado pelo pastor Renê de Araújo Terra Nova, do Ministério Internacional da Restauração.
"Nós, abaixo-assinados, repudiamos as declarações apresentadas no Programa do Jô, veiculado no dia 17 de Novembro de 2011, sobre o fato de fumar maconha com as páginas da Bíblia. A Bíblia é o Livro Sagrado da Nação Brasileira para todos os cristãos. Reivindicamos a retratação dos senhores Jô Soares, Moraes Moreira, Tom Zé e Henrique Dantas que zombaram da situação e menosprezaram o valor inenarrável da Bíblia Sagrada. Este é um ato que deve ser compartilhado por todos os que temem a Deus e zelam pela Sua Palavra", diz o texto.
 
À Folha a Central Globo de Comunicação diz que "evidentemente, não foi um comentário ofensivo, mas é assustadora toda iniciativa contra a liberdade de expressão". O pastor foi procurado pela Folha, mas não atendeu às ligações.
Em seu blog, Tom Zé disse que é "inveterado leitor [da Bíblia]" e que "converso sobre ela com amigos, ouço o que os doutores têm a dizer. E divulgo".
 
 
Com informações da Folha

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A UNIÃO ENTRE OS IRMÃOS

O Conflito entre Israel e os Palestino à Luz da Bíblia

Mateus 6:16-18