8.1.09

Cruz Vermelha acusa Exército de Israel de não prestar assistência a civis feridos.

Também nesta quinta-feira, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha disse que Israel não está cumprindo sua obrigação de ajudar os civis feridos pelos ataques na Faixa de Gaza.
Segundo a organização, seus funcionários presenciaram cenas "chocantes". Em um incidente, uma equipe médica disse ter encontrado pelo menos 12 corpos em uma casa destruída por bombardeios em Zeitun, ao sul da Cidade de Gaza.
Junto aos cadáveres, segundo a Cruz Vermelha, estavam quatro crianças apavoradas, muito fracas para conseguir levantar, sentadas ao lado dos corpo de suas mães.
A Cruz Vermelha afirma que os agentes humanitários foram impedidos de chegar ao local por dias após o bombardeio.
"Esse é um incidente chocante", disse o chefe de operãções da Cruz Vermelha para Israel e territórios palestinos, Pierre Wettach, em um comunicado.
"O Exército de Israel deve ter tomado conhecimento da situação, mas não prestou assitência aos feridos", acrescentou. "E também não permitiu que nós e as equipes do Crescente Vermelho levassemos auxílio aos feridos."

Fonte:BBCBrasil.com

Nenhum comentário: