6.1.09

Ateus saem do armário em Londres

Iracema Sodre

"Deus provavelmente não existe. Agora, pare de se preocupar e aproveite a vida". Este é o slogan de uma campanha milionária, com anúncios em ônibus e metrôs da capital britânica, que pretende estimular os ateus a saírem do armário.
A idéia começou com um certo tom de brincadeira, quando a comediante Ariane Sherine sugeriu que um "ônibus ateu" circulasse pela cidade como contrapartida às propagandas religiosas que condenavam os não-cristãos ao inferno.
Ela começou a coletar doações para a campanha com a meta de arrecadar 6 mil libras, o equivalente a R$ 20 mil. Nem ela acreditou quando, em menos de dois dias, a conta do banco já registrava 87 mil libras.
A modesta campanha planejada para os ônibus londrinos se transformou em um mega esforço publicitário de mais de 135 mil libras, com anúncios extras no metrô - citando ateus famosos como a atriz Katharine Hepburn e a poetisa Emily Dickinson - e mensagens em telas eletrônicas no centro da cidade.
Alguns teólogos elogiaram a iniciativa dizendo que o slogan encoraja as pessoas a pensarem sobre a existência de Deus e pode dar início a discussões interessantes em torno das religiões, mas há quem diga que a coisa boa dos ateus era justamente que eles não tentavam convencer ninguém de sua não-crença.
Agora, eles teriam se igualado aos pregadores religiosos...


Fonte: BBC Brasil

Nenhum comentário: