Cristãos se reúne do lado de fora do Estádio Olímpico de Seul para protestar contra Lady Gaga.

Foto: Reuters
Grupo se reúne do lado de fora do Estádio Olímpico de Seul para protestar contra Lady Gaga.
A popstar Lady Gaga apresentou-se no primeiro show de sua nova turnê, The Born This Way Ball, em meio à diversos protestos e manifestações, na última sexta-feira (27), em Seoul.

Antes de a cantora subir ao palco, grupos cristãos sul-coreanos realizaram protestos clamando pela moral e pelos bons costumes ameaçados pela cantora.

Segundo a emissora CBS, manifestantes se juntaram em frente ao Estádio Olímpico de Seoul e afirmavam que Lady Gaga tem uma conduta pornográfica e faz apologia ao homossexualismo.

Insatisfeitos, eles pediam pelo cancelamento da turnê e exigiam que o concerto não fosse realizado.

"Algumas pessoas podem aceitar isso como outracultura, mas seu impacto é enorme, atravessa a arte e degrada as religiões. Mesmo os adultos não podem ver sua performance, que é muito homossexual e pornográfica", disse o reverendo Jung Yoon-Hoon para a agência Reuters.

Yoon-Hoon é responsável pelo grupo "Rede de Civis contra o Concerto de Lady Gaga".

Ele ainda mencionou que iria comparecer à exibição de Gaga para monitorar o conteúdo homossexual de sua performance.

Além do grupo que esteve hoje no Estádio Olímpico, vários outras comunidades cristãs se reuniram ou saíram nas ruas para dizer o quanto a presença da artista agredia o bem-estar dos coreanos.

Mesmo com a restrição da faixa etária, para 18 anos, a venda dos ingressos se esgotou e milhares de coreanos compareceram ao evento.

Este foi o único espetáculo de Lady Gaga na Coreia do Sul, e agora parte para Hong Kong para uma nova apresentação no dia 2 de maio.

PorLuciano Portela | Colaborador do The Christian Post 
Fonte:  The Christian Post 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A UNIÃO ENTRE OS IRMÃOS

O Conflito entre Israel e os Palestino à Luz da Bíblia

Mateus 6:16-18