NA TERRA DA PAIXÃO DE CRISTO, CUBANOS TÊM FESTA

População de Brejo da Madre de Deus, a 200 quilômetros de Recife, promoveu evento festivo para receber casal de médicos cubanos Teresa Rosales e Alberto Vicente; “Precisamos de quem dê valor ao ser humano”, disse moradora; pequena cidade torna-se famosa em todo mundo durante a Semana Santa, quando ali é encenada a Paixão de Cristo, no teatro aberto de Nova Jerusalém; enquanto população recebe profissionais de braços abertos, CRMs criam dificuldades para conceder registros e habilitam apenas 10% dos médicos estrangeiros; crucificação.
Do Brasil 247 - A carência de médicos em Brejo da Madre de Deus (a 200 km do Recife) transformou em evento neste final de semana a chegada do casal de médicos cubanos Teresa Rosales, 47, e Alberto Vicente, 43. A população da cidade promoveu uma festa para receber os profissionais.
O município de 45 mil habitantes ganha atenção internacional durante a Semana Santa por causa da encenação da Paixão de Cristo na cidade-teatro de Nova Jerusalém. Porém, no restante do ano, tem rotina pacata de cidade do interior.
"Tem muito médico que nem olha para a gente. Nossa saúde precisa de profissionais que deem valor ao ser humano. Não importa de onde seja, desde que seja bom profissional", disse a dona de casa Maria Eunice Ferreira, 51.
"[A comunidade pode esperar de nós] o melhor. Vamos trabalhar muito, tratando de melhorar a saúde deles. Sempre vai ser assim", disse Teresa. Com informações Brasil 247

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A UNIÃO ENTRE OS IRMÃOS

O Conflito entre Israel e os Palestino à Luz da Bíblia

Mateus 6:16-18