Deputado, Pastor, Sargento Isidório: "ESTOU SENDO ADVERTIDO POR NÃO SER MAIS VIADO"


Reclamação é do deputado Pastor Sargento Isidório, conhecido Brasil a fora depois de se associar ao presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, deputado Pastor Feliciano (PSC-SP); Isidório tomou advertência do PSB por declarar que os negros e os homossexuais são "amaldiçoados"; "Eu vou estar sendo advertido por não ser mais viado, por ser contra casamento homossexual"ele diz que é "ex-gay", "ex-bandido" e "ex-drogado"

Bahia 247
Conhecido em nível nacional por se declarar "ex-gay" e por sair em defesa do polêmico deputado Pastor Feliciano (PSC-SP), o deputado estadual baiano Pastor Sargento Isidório (PSB) voltou à ativa depois de quase um mês em silêncio na Assembleia Legislativa.
O socialista acusa seu partido de "perseguição" religiosa pelo fato de ele também condenar a relação afetiva entre pessoas do mesmo sexo e reage à advertência do diretório estadual do PSB por suas declarações polêmicas.
"Me advertir por quê? Por não ser viado? Imagine você. Eu vou estar sendo advertido por não ser mais viado, por ser contra casamento homossexual".
Isidório foi advertido formalmente pelo PSB depois de se associar ao presidente da Comissão de Diretitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, Marco Feliciano e de dizer, entre outras coisas, que os negros são de fato "amaldiçoados".
O deputado baiano se declara, além de "ex-homossexual", "ex-drogado" e "ex-bandido".
Fonte: Brasil 247

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A UNIÃO ENTRE OS IRMÃOS

O Conflito entre Israel e os Palestino à Luz da Bíblia

Mateus 6:16-18