27.11.12

FILHO DE PEIXE É PEIXINHO



“Por um só homem entrou 
o pecado no mundo...”
Rm 5.12

Ouvi de um missionário amigo e amado: Filho de crente não é crentinho, filho de crente é campo missionário. Às vezes não enxergamos a importância e a urgência de apresentarmos a verdade do Evangelho aos nossos filhos. Eles, assim como nós, precisam confessar com sua boca que Jesus Cristo é Senhor de suas vidas e com os seus corações crerem que Jesus ressuscitou dentre os mortos. Assim, e só assim, eles serão salvos. 

Quando apresentamos nossos filhos ou os batizamos em nossas igrejas, estamos declarando que nós e nossa casa servimos ao Senhor. Nossos filhos são herdeiros da promessa e do pacto de salvação em Cristo Jesus. Mas eles precisarão reconhecer em seus corações sua própria necessidade de arrependimento e da redenção em nosso Salvador. Não se trata de uma orientação pesada ou difícil demais para os pais. 

Este é um caminho para a bênção e a alegria verdadeira no lar. Nossos filhos precisam beber o leite da piedade. Devemos repartir com eles também a alegria de receberem a salvação em Cristo.

ORE


Senhor, abençoa nossas crianças. Que o Senhor seja o Deus adorado e exaltado por todos os pequeninos, a quem amamos. Em Jesus, amém!

Nenhum comentário: