11.8.12

'JesusBook': nova rede social cristã é lançada na web

O portal Fé em Jesus lançou a rede social JesusBook, com conteúdo exclusivo para usuários evangélicos nesta última quinta-feira. A expectativa de adesão à ferramenta semelhante aoFacebook é de três milhões de cristãos nos próximos meses.

Segundo o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB- RJ), mentor deste projeto, era necessário um ambiente comum de encontro dos cristãos, em que pudessem compartilhar dos mesmos interesses na web.

“O objetivo é permitir que todos aqueles que professam a nossa fé estejam restritos a um grupo de rede social em que só eles estejam presentes”, afirmou o deputado em seu portal.

O JesusBook oferece canais interativos, espaço para debates, criação de fóruns e grupos de discussões, divulgação de agendas e eventos.

O portal cristão Fé em Jesus estreado em julho na Marcha para Jesus, com a presença de cerca de 5 milhoes de evangélicos, tem como proposta inovar e revolucionar os meios de comunicação gospel.

“Teremos e-mails grátis, Facebook e Youtube exclusivos para o povo cristão, que serão o JesusMail, JesusBook e JesusTube”, detalha Eduardo Cunha.

No portal, além do “Facebook gospel”, o email e canal de vídeos exclusivos para os evangélicos, outros canais estão em funcionamento como, a rádio e TV. São disponibilizados notícias, vídeos com mensagens bíblicas, shows e apresentações de todos os estilos. O acesso é gratuito.

E os serviços não param por aí. Os coordenadores pretendem lançar programas exclusivos e transmissão de cultos online realizados por pregadores espalhados pelo mundo. E mais, as igrejas poderão até recolher dízimos pelo site.

Para o bispo Robson Rodovalho, presidente da Comunidade Cristã Sara Nossa Terra, o portal é inovador. “Parabenizo os idealizadores, pois há muita ousadia nesse projeto”.

Cristãos no Brasil

O número de cristãos no Brasil está crescendo. De acordo com dados do último censo, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil esse número aumentou 64,45% em 10 anos. No ano de 2000 cerca de 26,2 milhões se disseram evangélicos, ou seja, 15,4% da população. Já em 2010 os evangélicos passaram a ser 42,3 milhões, 22,2% dos brasileiros.
Com informações do  The Christian Post. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Não sou cristão,mas é uma iniciativa louvável,parabéns.