2.10.13

Precisamos Ser Útil ao Senhor

Em sua orientação ao discípulo Ananias, o Senhor disse que Saulo seria um vaso escolhido e útil para fazer Seu Nome conhecido entre todos os povos (At 9:15). Qualquer servo de Jesus deve se preocupar em fazer a vontade de Deus da forma que Ele estabeleceu e não da nossa e também fomos chamados para sermos vasos de misericórdia, conforme registrado em Rm 9:23-24: “a fim de que também desse a conhecer as riquezas da sua glória em vasos de misericórdia, que para glória preparou de antemão, os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios?”

Na Igreja do Senhor, na Grande Casa,visível aqui na Terra, podemos perceber quatro tipos de vasos que podem ser iguais ou não na aparência e formato, mas o só o Senhor pode identificar a essência e conteúdo. Resumidamente vamos ver esses quatro tipos de vasos, conforme registrado em II Timóteo 2:20: “Ora, numa grande casa não há somente vasos de ouro e de prata; há também de madeira e de barro. Alguns, para honra; outros, porém, para desonra”. Esses tipos de vasos são tão atuais que até nos impressiona a profundidade da revelação bíblica e nos leva a refletir que tipo de vaso somos na presença de Deus?

Antes de continuar, quero, deixar claro que o que o apóstolo Paulo disse a jovem pastor Timóteo no versículo acima (II Tm 2:20) se refere à vida normal da Igreja, a uma reunião normal em um dia de culto, ao ajuntamento solene; onde há vasos das mais diversas formas e materiais (crentes e descrentes, salvos e perdidos, bons e maus, trigo e joio). Na Igreja de Jesus, Imaculada e Invisível, só há apenas vasos de honra.

Devemos estar à disposição de Jesus, como vasos de honra para sermos usados por Ele e somente Ele deve encher esses vasos com o conteúdo mais importante do Universo – a maravilhosa Presença do Espirito Santo.

Pelo simples fato de sermos vasos escolhidos pelo Senhor para diferentes obras em Seu Eterno Proposito, devemos depender unicamente dEle, tendo em mente que o que diferencia um vaso de honra de um vaso de desonra não é o seu material primário, sua aparência, se ele é de ouro ou de barro, mas o seu conteúdo e a forma como ele é utilizado.

Não é o ser vaso de ouro e prata que torna o homem vaso para honra. E não é o ser vaso de pau e barro que torna alguém vaso para desonra. O importante é o uso, o conteúdo e a essência. Leia mais...

Nenhum comentário: