"NÃO QUERO AJUDAR UM ATIVISTA GAY A SE ELEGER"

Bahia 247

Famoso Brasil a fora por suas declarações contra os homossexuais, o deputado Pastor Sargento Isidório avalia que sua permanência no PSB é insustentável e está anunciando que vai se filiar ao PSC, do amigo e ídolo Marco Feliciano, deputado federal por São Paulo e presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara.

Autodeclarado "ex-gay", "ex-bandido" e "ex-drogado", Isidório alega que não pode continuar no PSB porque o presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB), Marcelo Cerqueira, se filiou ao partido com aval da líder maior socialista no estado, a senadora Lídice da Mata. O dirigente da entidade homossexual será candidato a deputado estadual em 2014.

"Estou em processo de saída. Minha vontade primeira era ficar, mas, apesar de eu gostar muito dela (Lídice) e respeitar, ela fortaleceu o homossexual. Eu não quero ajudar a eleger um ativista gay", disse Isidório em entrevista ao site Bahia Notícias. Isidório também está chateado porque teve negado o pedido de criação de uma ala heterossexual no PSB.

Ele ainda não assinou sua ficha de filiação ao PSC, o que deve acontecer neste sábado, porque teme que o PSB abra processo de perda de mandato. Isidório está esperando uma saída "pacífica" ou "divina".

O deputado se diz injustiçado e discriminado e que sofreu "constrangimento da fé" depois de a senadora ser "pressionada" pelo GGB a ampliar o espaço ao ativismo gay.

"Não posso estar em uma legenda em que não posso ir de encontro ao homossexualismo. Quero ter liberdade para defender o que eu acredito. Não que eu seja discípulo do pastor Marco Feliciano, mas tinha ativista gay que não queria que ele descesse no aeroporto. Que democracia é essa? Temos que respeitar a área de culto. Se tem tendência de gay, tem que ter tendência de preservação da espécie".

Isidório ainda é alvo de processo disciplinar no PSB por ter dito que há muitos "viados e viadas" querendo que ele deixe o partido. Ele afirma que não há como recuar das suas convicções.

"Não tenho como recuar. Homem é homem e mulher é mulher. Não tem conversa. Quero ver homem menstruar. Tem preservação de macaco, tartaruga, baleia, por que não criar a defesa da preservação da espécie? Não vou deixar homem montar em homem e mulher roçar em mulher sem defender a minha tese. Se tiver de perder o mandato, perco o mandato, mas não perco minha dignidade". Com informações do Brasil 247

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A UNIÃO ENTRE OS IRMÃOS

O Conflito entre Israel e os Palestino à Luz da Bíblia

Mateus 6:16-18