Cid Guerreiro nega que a canção “Ilariê” tenha mensagem subliminar

Hoje ele é convertido e segue em carreira gospel mostrando a transformação que Jesus fez em sua vida

Durante muito tempo a música “Ilariê” interpretada por Xuxa foi alvo de polêmicas que diziam que havia uma mensagem subliminar na letra que fazia um pacto com o diabo.

Escrita por Cid Guerreiro em 1987, o músico fala sobre o significado dessa palavra e desmente os boatos de pacto com o mal.

Cid se tornou evangélico há oito anos e hoje se dedica à sua carreira gospel e ao seu ministério que, segundo ele mesmo, não é ganhar ovelhas, mas cuidar delas. Mas antes de sua conversão o músico foi espírita e também frequentou o candomblé, mas mesmo assim não escreveu a canção com mensagens religiosas.

“Nunca teve teor demoníaco”, disse ele questionado pela reportagem do portal IG sobre se a canção “Ilariê” tem ou não pacto com o diabo. “Hoje sou evangélico, mas já fui espírita, do candomblé, e não tem nada a ver. ‘Ilariê’ vem de hilariante, engraçado, assim como ‘Tindolelê’”, explicou Cid Guerreiro.

Mantendo seu visual ripongo, com cabelos compridos e roupas despojadas, o músico afirma que sua transformação aconteceu por dentro e não por fora. “Meu coração é limpo, puro e cristalino”, disse. Cid conheceu a Jesus em uma reunião de louvor dentro da casa da Carla Perez e Xanddy.

“A reunião acontecia na casa deles. E como estava há anos fora do Brasil (ele passou uma temporada na Argentina), assim que cheguei, achei que fosse pegadinha de TV.

Mas quando o bispo Ivo Dias começou a orar, percebi que Deus bateu na porta do meu coração. Comecei a chorar sem parar, levantei a mão involuntariamente e pedi a confirmação de Deus”, revela.

Fonte: Gospel Prime

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A UNIÃO ENTRE OS IRMÃOS

O Conflito entre Israel e os Palestino à Luz da Bíblia

Mateus 6:16-18