24.12.13

O aniversariante


“E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra” (Mateus 2.11)

Estamos na época do ano em que a palavra “Natal” é, sem dúvida, uma das mais pronunciadas, mas ouso acreditar que ela ainda perde para a palavra “presentes”. E algo neste tempo me causa angústia. Dar e receber presentes é realmente maravilhoso, faz bem ao coração e aos relacionamentos.

Mas tente imaginar comigo a seguinte cena: hoje é seu aniversário, você decidiu dar um grande jantar para comemorar, convidou sua família, melhores amigos, preparou muitos alimentos saborosos e, no fundo do coração, espera receber presentes dos seus convidados.

Então, no horário marcado, a família e os amigos chegam, cada um leva um presente, o jantar é servido e a alegria é visível, pois todos estão felizes em comemorar essa data com você.

Bela cena, sim?! No entanto, um fato inusitado acontece: os convidados começam a trocar presentes entre si, compartilham uns com os outros os presentes que trouxeram e todos, exceto você, tem um presente nas mãos. Se você se colocou na cena, talvez esteja sentindo-se mal ou indignado com a atitude dos seus convidados.

Trazendo para o contexto que me angustia, quando o dia 25 de Dezembro se aproxima, vejo a euforia que a data causa e então lembro-me que esse dia foi escolhido para, em todo o mundo, comemorarmos o nascimento do Salvador Jesus.

No entanto, à medida que o dia 25 se aproxima, vejo pessoas cada vez mais preocupadas com os presentes que precisam comprar para seus familiares e amigos, preocupadas com o jantar que oferecerão aos convidados na “ceia de Natal”, enfim, é a época em que mais nos dedicamos em agradar aos outros.

Por isso, nesse momento, é propício lembrar a você e a mim mesma que o Aniversariante – Jesus – deseja não apenas estar presente nas festas e comemorações que serão feitas em nome Dele, mas também espera não ser esquecido no momento da troca de presentes.

Os reis magos que visitaram Jesus, levaram presentes para Jesus e não para outra pessoa, lembra? Concordo que “trocar” presentes é uma tradição, mas deixar o aniversariante sem presente é uma afronta, desfeita, etc.

Por isso, não somente no dia 25 de Dezembro, mas todos os dias que puder, reserve para Jesus o melhor presente que você tem para oferecer, seja em forma de gratidão, de uma prece, uma música, uma adoração e, até mesmo, sua própria vida, afinal, foi isso que Ele ofertou por mim e por você: a própria vida! Que essa seja a melhor comemoração que Jesus vai receber de cada um de nós e que 2014 seja um ano especial, surpreendente e abundante de graça e sabedoria!
::Denise Tomaz de Souza – Colaboradora do Portal Lagoinha.com

Nenhum comentário: