MENTIROSO, LUNÁTICO OU DEUS?


“Eu e o Pai somos um”
Jo 10.30


Josh McDowell, em seu livro “Mais que um carpinteiro” levanta a seguinte questão: “Jesus é mentiroso, lunático ou Deus”. Se Jesus não era quem ele disse ser, então era um mentiroso; se Jesus pensava ser quem não era, então era um lunático; mas, se Jesus é quem ele disse ser, então, é Deus. Aqueles que negam a divindade de Cristo, automaticamente, chamam-no de mentiroso ou lunático.

E se Jesus foi um mentiroso ou lunático, então, precisaremos admitir que uma mentira salvou o mundo e um lunático libertou das garras do diabo milhões de pessoas. Aqueles que negam a divindade de Cristo e, ao mesmo tempo, afirmam que ele é um espírito iluminado ou um mestre do bem, caem em contradição, pois se ele mentiu sobre sua identidade, então foi um enganador e jamais poderia ser exemplo para a humanidade.

Só nos resta uma opção: de fato Jesus é Deus. O Natal nos revela a grande verdade de que Deus se fez homem, o Rei da glória se fez servo e o autor da vida nasceu para morrer e morrer pelos nossos pecados. Este é o maior de todos os mistérios; a expressão superlativa do amor de Deus!


Deus, eu quero confessar diante de ti e dos homens que Jesus Cristo é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores, que se fez servo por causa do teu amor por mim. Em nome de Jesus. Amém.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A UNIÃO ENTRE OS IRMÃOS

O Conflito entre Israel e os Palestino à Luz da Bíblia

Mateus 6:16-18