25.3.14

Pagliarin comenta interdição da Rádio Vida e celebra nova emissora

Do Guia-me
Há pouco mais de 20 dias, a Rádio Vida (96,5 FM) foi interdidada e proibida de continuar com suas atividades. Na última quarta-feira, 20/03, o pastor Juanribe Pagliarin (o então responsável pela emissora) comentou a intervenção em um texto publicado em sua página oficial do Facebook.

A intervenção foi feita por agentes da Polícia Federal e da Anatel. A organização reguladora das telecomunicações no país indicou a existência de irregularidades no alcance da emissora.

Por ser uma rádio de São José dos Campos, a 96.5 FM não poderia ter o seu transmissor em Mogi das Cruzes - o que permitia que seu sinal entrasse na cidade de São Paulo, desrespeitando uma das normas estabelecidas pela Anatel. Os motivos estavam registrados pelos agentes, que também exibiram uma mandado de Busca e Apreensão, emitido pela 1ª Vara Federal de Mogi das Cruzes.

Segundo o líder conta em seu texto, a interdição o pegou desprevenido, porém a ordem não foi por ele desacatada.

"Sou advogado e sei que ordem da Justiça é para ser obedecida. Esclareço que não houve da parte dos agentes qualquer arrogância, truculência ou violência. A cortesia foi de parte a parte", disse.

Pagliarin também afirmou ser vítima de perseguição, pois indicou diversas outras emissoras que também estão em situação irregular e não foram interditadas.

"Ocorre que há, na cidade de São Paulo, 39 emissoras FMs. Destas, 16 NÃO SÃO da cidade de São Paulo e transmitem normalmente há anos, apesar de suas outorgas serem de munícipios diferentes. São elas: Alpha (FM 101,7) e Rock (FM 89,1) de Osasco, Nativa (FM 95,3) e Mix (FM 106,3) de Diadema, Energia 97 (FM 97,7) e Rede Aleluia de rádio (FM 99,5) de Santo André, Sulamérica Trânsito (FM 92,1) de Mogi das Cruzes, Tupi (FM 104,1) de Guarulhos, Terra (FM 97,3) de Atibaia, FM 98,1 de Itatiba, Bandeirantes (FM 90,9) de Itanhaém, Expressão (FM 106,9) e Scalla (FM 102,1) do Arujá, 106 Love (FM 105,7) e Tropical (FM 107,9) de Itapecerica da Serra. Nenhuma dessas emissoras atende completamente aos requisitos estabelecidos pela lei. Então, por que só a Rádio VIDA FM 96,5 foi retirada do ar, sem sequer dar à sua Diretoria o direito de explicar tal fato ao seu imenso público?", contestou.

Celebração
Apesar das dificuldades com a interdição da 96.5 FM, o pastor celebra hoje o que ele considera um presente de Deus.

"Deus nos entregou o que parecia impossível: a melhor e mais importante emissora da cidade de São Paulo: 92,5 FM!
Hoje, à meia-noite, ela não transmitirá mais a programação da Iguatemi Prime - que migrará para outro dial - e passará a transmitir a programação que São Paulo (e o Brasil) tanto ama", destacou.

Apesar do novo nome ("Feliz FM"), o pastor esclarece que a programação continuará sendo a mesma de antes.

"É POR ISSO QUE eu, FELIZ, comunico a você que a mais potente emissora da Capital será FELIZ FM 92,5, com a mesma programação e conteúdo que você ama!", disse.

A "Feliz FM" também terá este nome nas seguintes capitais, onde já está funcionando 24 horas / dia: Salvador (FM 92,3), Curitiba (FM 92,9), Natal (FM 97,9), Porto Alegre (FM 105,9), Recife (FM 105,7), Brasília (FM 101,3), Maceió (FM 99,1), João Pessoa (FM 107,7), Fortaleza (FM 90,7) e Londrina (FM 91,3), inclusive em Lisboa (FM 89,1).
Com informações de TudoRadio.com

Nenhum comentário: